CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

COISAS

E chega aquele momento em que você se pergunta: "e aí?". O que mudou na vida depois de quarenta e tantos anos. Você desperta com a sensação de dever cumprido, de viver plenamente? Ou com o incômodo de perceber que faltou alguma coisa?

Ja passei e ainda passo por isso! E quando esses pensamentos me assaltam, volto minha atenção para algumas lembranças felizes de minha existência: minha infância no interior, o meu primeiro carro de brinquedo (feito pelo meu pai, com um pedaço de madeira e quatro tampinhas de garrafa de cerveja pregadas como se fossem as rodas) o primeiro brinquedo (um caminhão de plástico - novidade na época - e que foi meu fiel companheiro durante muitos anos!), minhas aulas de flauta doce na igreja, meu primeiro violão, o nascimento de meus filhos.... então, tudo muda! E volto a acreditar nas coisas e reencontro forças para prosseguir.

Conheci muita gente nesses caminhos. Gente boa e gente ruim. E, durante essa caminhada, questionei a mim mesmo se eu era digno de pisar nessas terras, de beber dessa água. Se atrasar um conta de luz ou então uma prestação da tv me colocaria ao lado dos caras maus. E ainda hoje, mesmo ja me considerando um cara "calejado", ainda me surpreendo com minha incapacidade e falta de visão. Com minhas limitações e bloqueios.

Mas o maior questionamento é, justamente, sobre o amor. Será que sei amar? Será que não confundi o sentimento com o ato de fazê-lo? Talvez eu me enganei durante todo esse tempo. Ou, quem sabe, atualmente eu sou mais suscetível aos conceitos em voga? Não sei. E naõ quero saber!

Só sei que não será um blog escrito por algum aventureiro que irá me dizer do que é feito o amor. Ou então algum pseudo-pensador contemporâneo que, a despeito da bajulação gratuita, enche o mundo com um monte de asneiras a respeito do tema quando, na verdade, sequer viveu ou sentiu o amor em seu coração.

Mas tenho certeza de uma coisa. Existe algo dentro de mim que mexe com meus passos, altera meus sentidos e me transforma. Me traz alegria e leveza quanto encontro as pessoas com as quais convivo em família. Me traz satisfação quando abraço meus filhos e quando beijo minhas esposa. Será que isso também é amor??

Submited by

quarta-feira, agosto 27, 2014 - 12:28

Prosas :

No votes yet

Daniel Kobra

imagem de Daniel Kobra
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 1 ano 48 semanas
Membro desde: 08/20/2013
Conteúdos:
Pontos: 859

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Daniel Kobra

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Amor deixa 0 1.388 06/21/2018 - 17:54 Português
Poesia/Dedicado Esses dias... 0 1.307 06/18/2018 - 12:41 Português
Fotos/Pessoais Fazendo musica... por aí 0 792 06/18/2018 - 12:22 Português
Fotos/Pessoais Detalhes 0 1.114 06/18/2018 - 12:21 Português
Fotos/Pessoais Palcos da vida - V 0 1.096 06/18/2018 - 12:20 Português
Fotos/Pessoais Palcos da vida - IV 0 994 06/18/2018 - 12:20 Português
Fotos/Pessoais Palcos da vida III 0 1.113 06/18/2018 - 12:19 Português
Fotos/Pessoais retrato 0 1.799 06/15/2018 - 20:51 Português
Poesia/Amor eu desejo... 0 871 06/15/2018 - 12:41 Português
Fotos/Pessoais Nos palcos da vida - II 0 886 06/15/2018 - 12:37 Português
Fotos/Pessoais Nos palcos da vida 0 967 06/15/2018 - 12:36 Português
Poesia/Pensamentos O Retorno 2 1.163 06/14/2018 - 18:38 Português
Prosas/Outros NÃO É NÃO! 0 1.061 06/14/2018 - 18:31 Português
Fotos/Pessoais Calçadas, ruas e praças 0 1.282 06/14/2018 - 18:12 Português
Fotos/Pessoais Sob as luzes 0 832 06/14/2018 - 18:11 Português
Fotos/Outros Por ai 0 1.195 06/14/2018 - 18:10 Português
Fotos/Pessoais Nos palcos da vida 0 1.234 06/14/2018 - 18:09 Português
Prosas/Outros ICARO (Crônica) 0 1.821 10/14/2014 - 15:25 Português
Poesia/Tristeza AUSÊNCIA 0 1.635 10/10/2014 - 15:57 Português
Prosas/Outros 4.4 (crônica) 0 1.363 10/10/2014 - 15:48 Português
Prosas/Outros UM TEXTO (crônica) 0 1.271 10/10/2014 - 15:24 Português
Poesia/Fantasia LUA INVEJOSA 0 1.415 10/07/2014 - 20:30 Português
Prosas/Contos NOSSA ETERNA FOME DE AFETO GENUÍNO 0 1.822 10/06/2014 - 19:10 Português
Prosas/Outros QUAL É O TEU SIGNO? (crônica) 0 1.081 10/03/2014 - 21:25 Português
Prosas/Contos A GRANDE FESTA DO PORCOS 0 2.114 10/02/2014 - 13:20 Português