CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

O Retrato - Capítulo X

"X

Londres, 8 de Janeiro 2008

Querida Marta,

Apesar do nosso telefonema de há pouco, tive a necessidade de pôr por escrito aquilo que estou a sentir neste momento. Acho que esta nossa ideia dos e-mails se está a tornar viciante. É como se ao escrever-te os meus problemas passassem por magia de mim para o PC. Eu sei que isto pareceria muito esquisito se eu estivesse a falar com outra pessoa, mas contigo é diferente. Eu sinto que me entendes, mesmo sabendo que não nutres o mesmo gosto pela escrita que eu. E depois, o facto de estarmos os dois a viver estes acontecimentos todos, acho que me tem feito sentir que só nos temos um ao outro. Como se o mundo tivesse enlouquecido e fosse nossa missão restabelecer a ordem.
Pronto, pronto. Já sei que estou a divagar. Mas não te chateies comigo.
Acho que hoje fiquei assim, especialmente melancólico, depois de os médicos me terem dito para parar com o estágio e voltar uns tempos para Portugal. É tão estranho o que sinto! Um misto de alegria e pena. Alegria por voltar para junto daqueles que amo e com quem vivi os melhores momentos da minha vida. Pena, por deixar para trás este mundo tão fascinante e ainda tão inexplorado. Deixar esta terra de reis e rainha, príncipes e princesas. Este lugar onde tudo parece tão mágico, que nem em história de encantar.
Como já te disse uma vez, Londres faz-me sentir criança.
Oh, amiga! Eu tinha planeado tanta coisa. Sabes que no próximo fim-de-semana ia com o Harry e a Jodie visitar, finalmente, o Museu de Cera Madame Tussauds. Ia tirar uma fotografia com o Príncipe
William, só para te enviar. E ainda me faltam tantos sítios para visitar, mesmo até fora de Londres. Inglaterra é um país grande e com tanto para descobrir.
Mas agora, tenho que voltar para aí e nem sei mesmo se algum dia voltarei para cá. Porque é que a vida nos enche com esperança, para depois nos tirar tudo? Porque vem ela trazendo-nos mil promessas inacreditáveis, falando docemente, para, subitamente, tirar-nos o tapete debaixo dos pés e acabarmos caídos na calçada lamacenta da realidade. Isto é tão injusto!
Agora que penso bem, tudo nos começou a correr mal desde que começaram estes sonhos e que ouviste aquela mulher a pedir ajuda.
Tenho que concordar contigo. Temos que começar a investigar o que se passa. Mas como? Por onde podemos começar? Apenas temos dois primeiros nomes, que ainda por cima devem ser os mais usados neste nosso país. Quase toda a gente se chama João ou Maria. E o que os sonhos dão a entender é que isto já se passou há tanto tempo. Será que estas pessoas ainda são vivas? Ou andarão os seus fantasmas a perseguir-nos?
Olha, eu não faço a mínima ideia. Tu é que costumas ver tudo, onde mais ninguém vê, por isso espero que tenhas alguma ideia.
Fico por aqui nas minhas reflexões. Vou aproveitar os últimos tempos que tenho por cá para ver aqueles que são os verdadeiros responsáveis pela minha estadia cá, os PSI.

Beijos e até breve
Luís"

(in O Retrato - Autora: Luzia Gomes - Corpos Editora)

Submited by

quarta-feira, julho 15, 2009 - 12:58

Prosas :

No votes yet

Luzia

imagem de Luzia
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 8 semanas 3 dias
Membro desde: 03/08/2008
Conteúdos:
Pontos: 114

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Luzia

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Desilusão Sabes como é? 8 421 03/23/2011 - 22:55 Português
Fotos/ - 1250 0 1.750 11/24/2010 - 00:38 Português
Videos/Poesia O Retrato - Video 0 740 11/19/2010 - 23:20 Português
Prosas/Mistério O Retrato - Capítulo X 0 483 11/18/2010 - 23:48 Português
Prosas/Mistério O Retrato - Capítulo VIII - continuação 0 462 11/18/2010 - 23:48 Português
Prosas/Mistério O Retrato - Capítulo VII 0 377 11/18/2010 - 23:48 Português
Prosas/Mistério O Retrato - Capítulo VI - Continuação 0 273 11/18/2010 - 23:47 Português
Prosas/Comédia O Retrato - Capítulo VI 0 368 11/18/2010 - 23:47 Português
Prosas/Mistério O Retrato - Capítulo III - continuação 0 338 11/18/2010 - 23:47 Português
Prosas/Mistério O Retrato - Capítulo IV 0 312 11/18/2010 - 23:47 Português
Prosas/Mistério O Retrato - Capítulo III 0 346 11/18/2010 - 23:47 Português
Prosas/Mistério Querido Luís 0 489 11/18/2010 - 23:47 Português
Prosas/Mistério O Retrato - Capítulo I 0 417 11/18/2010 - 23:47 Português
Prosas/Mistério O Retrato - Capítulo II 0 373 11/18/2010 - 23:47 Português
Prosas/Mistério O Retrato - Capítulo V 0 343 11/18/2010 - 23:45 Português
Poesia/Dedicado Cidade linda, Vila Real! 2 2.824 05/01/2010 - 14:25 Português
Poesia/Amor Fujo 2 462 03/05/2010 - 04:08 Português
Poesia/Poetrix Poeta desmedido 3 333 03/02/2010 - 04:21 Português
Poesia/Geral A alegria de um estudante 2 534 02/27/2010 - 16:26 Português
Poesia/Amor As Palavras Amantes São 1 435 02/24/2010 - 03:10 Português
Poesia/Geral NADA 1 574 02/07/2010 - 15:17 Português
Prosas/Mistério O Retrato - Capítulo VIII 2 481 07/15/2009 - 16:56 Português
Prosas/Mistério O Retrato - Capítulo IX 1 374 07/14/2009 - 17:05 Português
Prosas/Mistério O Retrato - Capítulo V - continuação II 1 446 06/27/2009 - 14:28 Português
Prosas/Mistério O Retrato - Capítulo V - continuação 0 402 06/23/2009 - 11:56 Português