CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

O Retrato - Capítulo III - continuação

"- Olha a minha sobrinha favorita! - cumprimentou o tio João quando chegou.
- Isso é ironia. Dizes sempre o mesmo à minha irmã. – respondeu ela, imitando um tom afectado.
- Lá estás tu, sempre séria. Ninguém pode brincar contigo.
Novamente, o empregado da pastelaria veio atender aquela mesa. Depois do pedido feito, João olhou para a sobrinha, agora, com ar mais sério.
- Passa-se alguma coisa contigo? - inquiriu.
Ela não respondeu de imediato. Fitou por momentos o chão decorado da loja e só depois fixou o olhar no tio.
- Estou confusa, tio.
- Com o quê?
- Sabes aquele meu amigo, o Luís... - começou, mas João interrompeu-a, sorrindo.
- Bem me parecia que aquilo não era só amizade.
- Não é nada disso. Dá para me ouvires? - pediu e, após receber um aceno de confirmação, continuou - Bem, sabes que ele está a estagiar em Londres como, aliás, sempre foi o sonho dele.
- Sim, tu contaste-me.
- Pois. Ele quer que no próximo ano eu vá para lá em Erasmus. - ao dizer isto, não conseguiu disfarçar um certo entusiasmo.
- E tu não sabes se hás-de aceitar ou não. Estou certo? – perguntou ele num tom neutro.
Ela olhou-o nos olhos tentando, desesperadamente, descobrir o que estava ele a pensar.
- Sim. - acabou por confessar.
Fez-se um silêncio. João estava pensativo. Marta nervosa brincava com um guardanapo de papel. Finalmente o gelo foi quebrado:
- Linda, compreendo que estejas com medo. E acredita que ao pedires-me este conselho me colocaste numa situação difícil.
Imagina que sabias que tudo o que fizesses ia correr bem. Qual seria a graça? Deixavas de ter expectativas. Deixavas de sonhar. Se assim fosse, a vida perdia todo o interesse.
Mas felizmente a vida não é assim. Ela não nos pertence. Não somos senhores de escrever o nosso próprio destino. E é isso que torna cada dia tão especial, simplesmente pelo facto de não sabermos como será o próximo. Não tenhas medo de viver, de te aventurares, de tentares a felicidade.
Se a ideia te agrada, porque não tentar? Se correr bem, fantástico. Se correr mal, estarei cá para te apoiar.
Marta sentiu um incrível alívio no peito. Era como se o ar, de repente, voltasse a ser respirável. Olhou o tio com todo o carinho que tinha. Sabia que podia contar com ele sempre que precisasse. Sabia que ouviria um conselho ou uma palavra amiga sempre que o resto do mundo se calasse. Sorriu para si e prometeu, no seu íntimo, que ainda o havia de orgulhar muito. Um dia seria uma boa veterinária, tal como ele."

(in O Retrato - Autora: Luzia Gomes - Corpos Editora)

Submited by

sexta-feira, junho 12, 2009 - 17:39

Prosas :

No votes yet

Luzia

imagem de Luzia
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 8 semanas 4 dias
Membro desde: 03/08/2008
Conteúdos:
Pontos: 114

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Luzia

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Desilusão Sabes como é? 8 422 03/23/2011 - 22:55 Português
Fotos/ - 1250 0 1.751 11/24/2010 - 00:38 Português
Videos/Poesia O Retrato - Video 0 741 11/19/2010 - 23:20 Português
Prosas/Mistério O Retrato - Capítulo X 0 484 11/18/2010 - 23:48 Português
Prosas/Mistério O Retrato - Capítulo VIII - continuação 0 463 11/18/2010 - 23:48 Português
Prosas/Mistério O Retrato - Capítulo VII 0 377 11/18/2010 - 23:48 Português
Prosas/Mistério O Retrato - Capítulo VI - Continuação 0 274 11/18/2010 - 23:47 Português
Prosas/Comédia O Retrato - Capítulo VI 0 368 11/18/2010 - 23:47 Português
Prosas/Mistério O Retrato - Capítulo III - continuação 0 339 11/18/2010 - 23:47 Português
Prosas/Mistério O Retrato - Capítulo IV 0 312 11/18/2010 - 23:47 Português
Prosas/Mistério O Retrato - Capítulo III 0 346 11/18/2010 - 23:47 Português
Prosas/Mistério Querido Luís 0 491 11/18/2010 - 23:47 Português
Prosas/Mistério O Retrato - Capítulo I 0 419 11/18/2010 - 23:47 Português
Prosas/Mistério O Retrato - Capítulo II 0 374 11/18/2010 - 23:47 Português
Prosas/Mistério O Retrato - Capítulo V 0 343 11/18/2010 - 23:45 Português
Poesia/Dedicado Cidade linda, Vila Real! 2 2.824 05/01/2010 - 14:25 Português
Poesia/Amor Fujo 2 462 03/05/2010 - 04:08 Português
Poesia/Poetrix Poeta desmedido 3 333 03/02/2010 - 04:21 Português
Poesia/Geral A alegria de um estudante 2 534 02/27/2010 - 16:26 Português
Poesia/Amor As Palavras Amantes São 1 435 02/24/2010 - 03:10 Português
Poesia/Geral NADA 1 575 02/07/2010 - 15:17 Português
Prosas/Mistério O Retrato - Capítulo VIII 2 482 07/15/2009 - 16:56 Português
Prosas/Mistério O Retrato - Capítulo IX 1 374 07/14/2009 - 17:05 Português
Prosas/Mistério O Retrato - Capítulo V - continuação II 1 446 06/27/2009 - 14:28 Português
Prosas/Mistério O Retrato - Capítulo V - continuação 0 402 06/23/2009 - 11:56 Português