Minha voz não vê …

(Minha voz não vê)

De significados nada sei,

A voz é a alma dos crentes
Com a qual se invadem os
Pulmões e outros hortos,
Assim como horizontes, lagos

Sem fundo, mares de sonhos
Pode-os haver na voz de quem
Se transponha da garganta
Ao coração e tantos pomares

Hortos assim, horizontes em fumo,
Sem fundo e só de ar raro
Feitos ou maremotos d’luas cheias,
A voz é isto e tudo o mais

Que eu aqui dispo do peito,
De significados pouco ou nada sei,
Deduzo o universo no que digo,
Ainda que finito o que penso,

A voz é a alma de quem sente,
Tudo dentro de mim nem gente é,
Apenas a sensação de sê-lo,
Por castigo idêntico ao da alma.

De significados nada sei,
Entre a onda e a cava há uma pausa
Depois do movimento,
A voz é outra coisa, no meio da alma,

Não vê, sente …

Jorge Santos (01/2018)
http://namastibetpoems.blogspot.com

Submited by

Thursday, February 8, 2018 - 10:27

Ministério da Poesia :

Your rating: None Average: 5 (1 vote)

Joel

Joel's picture
Offline
Title: Membro
Last seen: 3 hours 2 min ago
Joined: 12/20/2009
Posts:
Points: 41005

Comments

Joel's picture

.

.

Joel's picture

Como vês à vezes nem tenho voz

Como vês à vezes nem tenho voz

Add comment

Login to post comments

other contents of Joel

Topic Title Replies Views Last Postsort icon Language
Ministério da Poesia/General Foi Assim Será 10 227 03/20/2018 - 18:33 Portuguese
Ministério da Poesia/General Half cycle 10 170 03/20/2018 - 18:31 Portuguese
Ministério da Poesia/General Samarkand 10 136 03/20/2018 - 18:28 Portuguese
Ministério da Poesia/General Joel Matos "Contemplações do lago mudo" 10 492 03/20/2018 - 18:27 Portuguese
Ministério da Poesia/General A razão do tempo… 10 270 03/20/2018 - 18:26 Portuguese
Ministério da Poesia/General A Mariposa e Eu… 10 243 03/20/2018 - 18:25 Portuguese
Ministério da Poesia/General Homem duplicado… 10 277 03/20/2018 - 18:24 Portuguese
Ministério da Poesia/General O último poema 10 390 03/20/2018 - 18:23 Portuguese
Ministério da Poesia/General Quase toco naquilo que penso 10 253 03/20/2018 - 18:21 Portuguese
Ministério da Poesia/General As palavras que me Fitam 10 202 03/20/2018 - 18:19 Portuguese
Poesia/General Antes da manhã chegar … 10 785 03/20/2018 - 17:17 Portuguese
Ministério da Poesia/General Fui… 10 181 03/20/2018 - 17:16 Portuguese
Poesia/General Depois te escrevo ou a lucidez de Alice 10 848 03/20/2018 - 17:14 Portuguese
Ministério da Poesia/General Viagem sem retorno 10 348 03/20/2018 - 17:13 Portuguese
Ministério da Poesia/General O último poema 10 321 03/20/2018 - 17:13 Portuguese
Ministério da Poesia/General Takelamagan Shamo 1 10 185 03/20/2018 - 17:12 Portuguese
Ministério da Poesia/General Karim o barbeiro de Kulun 2 10 391 03/20/2018 - 17:11 Portuguese
Ministério da Poesia/General Que estranha Visão 10 197 03/20/2018 - 17:10 Portuguese
Ministério da Poesia/General Qual viagem… 10 78 03/20/2018 - 17:09 Portuguese
Ministério da Poesia/General De mim não falo mais 10 500 03/20/2018 - 17:09 Portuguese
Ministério da Poesia/General D’autres pas. 10 285 03/20/2018 - 17:07 Portuguese
Ministério da Poesia/General Rua dos sentidos orfãos 10 80 03/20/2018 - 17:06 Portuguese
Ministério da Poesia/General Quanto do malho é aço… 10 384 03/20/2018 - 17:06 Portuguese
Ministério da Poesia/General Tanto eu, como o mar em frente… 10 496 03/20/2018 - 17:06 Portuguese
Ministério da Poesia/General Alice e eu 10 371 03/20/2018 - 17:05 Portuguese