ETERNA INFÂNCIA

Longo tempo de vivência
Muita coisa a ser lembrada
Vida parece parada
Mas o tempo faz sequencia
Levou embora a inocência
Que só a memória alcança
E os resquícios de lembrança
Que a mente ainda fareja
São meus motivos de inveja
Ao ver brincar a criança

É mesmo invejável cena
-Inveja no bom sentido
Ver no meu mundo perdido
Hoje a criança pequena
E até de mim tenho pena
Por não ter visto passar
Porém me deixo levar
Através do pensamento
E voltar nesse momento
A brincar, brincar, brincar...

Lá onde a luz sempre brilha
Nos olhos de quem retorna
Somente a criança adorna
Só crianças é a família
Ninguém apanha nem ralha
Só existe amor pra dar
Nesse encantado lugar
Que a imaginação alcança
O adulto é eterna criança
A brincar, brincar, brincar...

Sérgio da Silva Teixeira
BAGÉ/RS/BRASIL.

Submited by

Monday, March 8, 2021 - 01:19

Poesia :

No votes yet

Sérgio Teixeira

Sérgio Teixeira's picture
Offline
Title: Membro
Last seen: 15 hours 5 min ago
Joined: 01/24/2011
Posts:
Points: 529

Add comment

Login to post comments

other contents of Sérgio Teixeira

Topic Title Replies Views Last Postsort icon Language
Poesia/General SETEMBRO 4 368 09/21/2021 - 23:30 Portuguese
Poesia/Fantasy A DÚVIDA 2 408 08/14/2021 - 21:49 Portuguese
Poesia/General ABAIXO DE ZERO 0 99 07/29/2021 - 20:24 Portuguese
Poesia/General QUEBRA CABEÇA 1 183 06/28/2021 - 15:38 Portuguese
Poesia/General ALMA 0 179 05/17/2021 - 22:21 English
Poesia/General O PÃO E A LETRA 2 412 04/21/2021 - 23:20 Portuguese
Poesia/General PERIGO REAL E IMEDIATO 2 359 04/08/2021 - 15:09 Portuguese
Poesia/General A DERROTA DA MORTE 2 405 04/07/2021 - 15:46 Portuguese
Poesia/Fantasy ETERNA INFÂNCIA 0 269 03/08/2021 - 01:19 English
Poesia/General PLANOS PARA O FUTURO 1 581 02/28/2021 - 11:18 Portuguese
Poesia/Sonnet SONETO DO MORTO VIVO 2 790 01/27/2021 - 17:26 Portuguese
Poesia/General DÉCIMAS DO ATORMENTADO 2 342 01/27/2021 - 16:16 Portuguese
Poesia/Sonnet SONETO ANTAGÔNICO 3 582 01/27/2021 - 16:13 Portuguese
Poesia/General DESEJO DE MORTE 4 296 01/24/2021 - 23:24 Portuguese
Poesia/General DÉCIMAS DA PANDEMIA 1 449 12/04/2020 - 13:03 Portuguese
Poesia/Sonnet SONETO DA ESCURIDÃO 2 494 10/30/2020 - 12:15 Portuguese
Poesia/General POEMA DO HOMEM INVISÍVEL 0 465 10/10/2020 - 20:45 Portuguese
Poesia/Sonnet SONETO À ESPERANÇA 1 388 09/21/2020 - 13:05 Portuguese
Poesia/General DESPEDIDA 0 523 07/04/2020 - 21:40 Portuguese
Poesia/General POR UNS E OUTROS MOTIVOS (RACISMO) 3 797 06/16/2020 - 21:07 Portuguese
Poesia/General SOMOS TODOS IGUAIS (?) 2 800 05/25/2020 - 21:23 Portuguese
Poesia/General O CANTAR DO MEU SILÊNCIO 2 669 05/06/2020 - 16:26 Portuguese
Poesia/Sonnet SONETO ÀS FLORES DA SEXTA-FEIRA SANTA 0 630 04/10/2020 - 16:10 Portuguese
Poesia/General DÉCIMAS DO MAL QUE FEZ A PAZ MUNDIAL 2 776 03/27/2020 - 01:51 Portuguese
Poesia/General ANALISTA DE MIM MESMO 0 629 03/17/2020 - 14:38 Portuguese