BRINCANDO COM AS PALAVRAS

Se o lôbrego cenário em que te fechas,
recrudesce e amodorra a tua vida,
não quero mais ouvir as tuas queixas,
fundadas na tua mente empedernida.

Cada vez que, rangendo ao meu ouvido,
me vens falar da tua fé e crença,
afadigas  meu ser que, consumido,
acredita que em ti, é já doença.

Aurindo uma doutrina em que não creio,
coleias, devagar, no meu caminho,
sem perceberes que eu, não serpenteio …

Se aquilo em que acredito, tu não crês,
prefiro mudar meu rumo, e estar sózinho,
Ao remansar da tua insensatez.

Submited by

Wednesday, November 21, 2012 - 16:54

Poesia :

No votes yet

Maria Letra

Maria Letra's picture
Offline
Title: Membro
Last seen: 4 weeks 3 days ago
Joined: 11/20/2012
Posts:
Points: 2218

Comments

Maria Letra's picture

BRINCANDO COM AS PALAVRAS

Muito obrigada, Star Girl. Farei o mesmo em relação ao que escreves.
Um grande abraço.
Maria Letra

Star Girl's picture

"Cada vez que, rangendo ao

"Cada vez que, rangendo ao meu ouvido,
me vens falar da tua fé e crença,
afadigas meu ser que, consumido,
acredita que em ti, é já doença."

Que bela bricadeira, muito boum ler-te, andarei a apreciar mais vezes teus versos, Abraços da StarGirl!

Add comment

Login to post comments

other contents of Maria Letra

Topic Title Replies Views Last Postsort icon Language
Prosas/Terror UM GALINHEIRO DE AVES ESCOLHIDAS A DEDO PARA PRODUZIR AUDIÊNCIAS 0 1.599 01/07/2014 - 07:47 Portuguese
Poesia/General UM CERTO FALSO AMAR 0 1.257 12/30/2013 - 04:26 Portuguese
Poesia/General ESTE NATAL EM PORTUGAL 0 536 12/29/2013 - 17:58 Portuguese
Poesia/General UM EGO CEGO 0 2.575 12/12/2013 - 13:38 Portuguese
Poesia/Poetrix SÓ, MAS FELIZ! 0 1.396 10/16/2013 - 07:35 Portuguese
Poesia/General ERROS MEUS 0 1.035 10/16/2013 - 01:48 Portuguese
Poesia/General QUANDO "SÓ", VALE A PENA 0 701 10/13/2013 - 18:43 Portuguese
Poesia/Intervention CERCO AOS MARRETAS 0 816 10/07/2013 - 11:11 Portuguese
Poesia/Disillusion VER..., PARA CRER! 0 866 09/28/2013 - 11:20 Portuguese
Poesia/General TEUS VENTOS 0 878 09/15/2013 - 09:14 Portuguese
Poesia/Love A TUA AUSÊNCIA 0 1.204 09/14/2013 - 15:03 Portuguese
Poesia/General A MORTE TRAINDO A VIDA 0 588 09/06/2013 - 21:20 Portuguese
Poesia/General A NATUREZA E NÓS 0 968 08/25/2013 - 16:20 Portuguese
Poesia/General PORQUÊ SETEMBRO? 0 769 08/25/2013 - 11:56 Portuguese
Poesia/General PROCESSO LENTO 0 1.080 08/20/2013 - 19:17 Portuguese
Poesia/General O HAVER DEVE MUITO AO SALDO 0 1.044 08/19/2013 - 00:03 Portuguese
Poesia/Love MEU SENTIR-TE 0 843 08/17/2013 - 13:38 Portuguese
Poesia/Poetrix SATURAÇÃO 0 737 08/17/2013 - 10:29 Portuguese
Poesia/General PROJECTO DE VIDA 0 893 08/17/2013 - 10:02 Portuguese
Poesia/Sadness MORTE, LEGADO ODIADO 0 789 08/16/2013 - 19:10 Portuguese
Poesia/Sadness TEMPOS QUE O TEMPO TE DEU 0 1.159 08/15/2013 - 11:08 Portuguese
Poesia/Sadness PERDÃO, MÃE! 0 2.934 08/13/2013 - 10:45 Portuguese
Poesia/General O LADO MAU DA CULTURA 0 763 08/11/2013 - 18:00 Portuguese
Poesia/General INDIFERENÇA 0 866 08/09/2013 - 17:52 Portuguese
Poesia/Poetrix ESPAÇOS MEUS 0 1.367 08/09/2013 - 10:55 Portuguese