CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

SEM REGRESSO EXPRESSO

SEM REGRESSO EXPRESSO

Num enorme espaço aberto,
muito para Além do mundo,
entrou uma nova alma.
Encontrou outras dormindo
um sono muito profundo.
Ali não há Vida, nem ambição.
Entrou nele mais uma luz
que a um corpo deu tréguas
deixando-o na Terra
onde agora jaz
a milhões de léguas
desse Além em Paz.

Um corpo que morreu
lutando para continuar vivo
mas que perece, cativo
duma razão susceptível,
talvez, de confusão...
Uma guerra inconcebível,
para ajuste de contas
ou um acto da Morte
que ceifa a Vida
de quem deixou de ser forte...
Viagem que só tem ida.
A volta... nunca será prometida.

A partida é sempre triste
mas, na verdade, necessária.
É uma eterna adversária
contra a qual lutamos
para manter quem “existe”.
E o que fica dessa luta?
Uma revolta bruta
de quem amará sempre,
sem reservas, quem partiu
ou de quem já não amaria,
mas que a morte, enfim...
nunca lhe desejaria.

Maria Letra
P_2014D26

Submited by

terça-feira, dezembro 30, 2014 - 22:47

Poesia :

No votes yet

Maria Letra

imagem de Maria Letra
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 2 semanas 6 dias
Membro desde: 11/20/2012
Conteúdos:
Pontos: 2218

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Maria Letra

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Prosas/Outros LENTAMENTE... MUITO LENTAMENTE... 2 3.102 12/07/2019 - 21:01 Português
Poesia/Poetrix SE TU AMAS A CRIANÇA 0 725 03/10/2019 - 12:34 Português
Poesia/Desilusão BASTA DE GENTE A MORRER 0 503 03/10/2019 - 12:27 Português
Poesia/Poetrix SOU CONTRA! 0 782 03/10/2019 - 12:10 Português
Poesia/Poetrix É TEMPO DE AGIR 0 1.362 03/08/2019 - 21:13 Português
Poesia/Geral SABER SPERIOR 0 579 03/08/2019 - 20:09 Português
Poesia/Geral MULHR_VOCÊ_É_DIVINA! 0 476 03/08/2019 - 19:32 Português
Poesia/Geral PARA ALÉM DO SUPORTÁVEL 0 606 02/27/2019 - 22:37 Português
Críticas/Outros BAILE DE MÁSCARAS PERMANENTE 0 1.175 02/26/2019 - 00:35 Português
Poesia/Poetrix PRAGA DE CHACAIS 0 630 02/26/2019 - 00:20 Português
Poesia/Soneto TERMOS ESTRAMBÓTICOS 0 902 02/24/2019 - 11:14 Português
Poesia/Soneto VALES PELO QUE TENS 0 727 02/24/2019 - 11:07 Português
Poesia/Geral VOOS ALTOS 0 847 02/24/2019 - 10:53 Português
Poesia/Meditação SEGUIREI... 0 1.500 12/31/2018 - 11:46 Português
Poesia/Amor TU VIVI IN ME - (Revizione della traduzione: Carla Ghezzo) 0 797 12/28/2018 - 16:22 Português
Poesia/Poetrix QUE FUTURO? 0 830 12/16/2018 - 06:14 Português
Poesia/Intervenção O QUE QUERO ESTE NATAL 0 984 12/15/2018 - 23:12 Português
Poesia/Intervenção QUERIA O NATAL ASSIM 0 837 12/15/2018 - 08:44 Português
Poesia/Geral CORAGEM DE SER 0 812 12/15/2018 - 08:39 Português
Poesia/Geral EXEMPLO DE UM TAUTOGRAMA 0 1.287 12/10/2018 - 22:39 Português
Poesia/Meditação O ALÉM E EU 0 843 12/10/2018 - 19:24 Português
Poesia/Geral NATUREZA EU TE VENERO 0 1.325 12/10/2018 - 17:49 Português
Poesia/Meditação LUTA CONTRA O TEMPO 0 673 12/03/2018 - 23:12 Português
Poesia/Poetrix PUNIÇÃO POR TRAIÇÃO... 0 1.083 11/30/2018 - 18:13 Português
Poesia/Poetrix UNIÃO PERFEITA 0 953 11/30/2018 - 17:43 Português