DERRAMAR

DERRAMAR

(Luana Alves)

Há tanto tempo
Não derramo sobre o papel
Versos mornos ou sedentos
Que intriga e dispersa
A inquietude atmosférica
Vos falo, têm sido insuportável
Indecisões açoitam
Estraçalham a alma apodrecida
À estaca zero, vencida
Quase adormecida...
Cansada da luta diária
Esfaqueia a própria áurea
E então suplica
Que a dor lhe ancore
No porto mais próximo
E por fim, descanse em monótono sepulcro
Gélido e duro, em cálido fundo.
26/12/2019

Submited by

Friday, December 27, 2019 - 17:38

Poesia :

No votes yet

Luana Alves

Luana Alves's picture
Offline
Title: Membro
Last seen: 3 weeks 1 day ago
Joined: 10/23/2019
Posts:
Points: 72

Add comment

Login to post comments

other contents of Luana Alves

Topic Title Replies Views Last Postsort icon Language
Poesia/Sadness ANSIEDADE & ANSEIO 0 48 03/18/2020 - 14:17 Portuguese
Poesia/Friendship NO ÚLTIMO COPO (Resposta à um amigo) 0 45 03/18/2020 - 14:13 Portuguese
Poesia/Fantasy FEITICEIRA 1 52 03/14/2020 - 12:18 Portuguese
Poesia/Love DEVANEIO 0 46 03/13/2020 - 14:23 Portuguese
Poesia/Sadness MEU CORPO QUASE MORTO 0 40 03/13/2020 - 14:22 Portuguese
Poesia/Sadness CARCAÇA 0 124 02/21/2020 - 18:23 Portuguese
Poesia/Sadness DERRAMAR 0 137 12/27/2019 - 17:38 Portuguese
Poesia/Fantasy VOZES 1 244 11/19/2019 - 23:37 Portuguese
Poesia/Sadness ANTE-MORTEM 1 363 11/13/2019 - 17:50 Portuguese
Poesia/Love O AMOR É UMA DOENÇA 0 244 11/06/2019 - 17:08 Portuguese
Poesia/Fantasy SOLITUDE IMAGINARIUM 4 386 11/05/2019 - 17:05 Portuguese
Poesia/Love À UMA LEMBRANÇA 0 264 10/24/2019 - 12:47 Portuguese
Poesia/Sadness MALDITO INSTANTE 0 178 10/23/2019 - 17:20 Portuguese
Poesia/Fantasy DELÍRIO 0 362 10/23/2019 - 17:17 Portuguese