CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Diário dos imperfeitos

Diário dos imperfeitos

Às vezes preciso tanto de saber
Porque ponho todas as minhas
esperanças nas rosas e ignoro
os malquereres, fazem-me lembrar

O aroma perdido da natureza, a seiva
O desejo de não saber o que quero,
Qual dos caminhos tomo, o coração
Ou o cérebro que não vê, nem tem

Dor odor, imagino milhares na minha
Campa quando não puder mais ver
Nem saber sequer quem as pôs, não
Preciso estar indeciso no que preenche

A divisão da minha alma nem agora,
Nem para sempre, digo quem me dera
Ter a esperança que tinha, líquida
Quanto no parque infantil e criança

Depois demiti-me de ser da terra
Pedaço chão, pedra e encarnei do poeta
O ofício de sonhar um mundo completo
E novo e é nele que ponho esperanças

E dele cuido, como se fosse jardim meu
E todo mundo, mesmo neste imperfeito
Tempo,às vezes preciso mesmo é de
Tempo e de ânimo onde deposite este

Sonho que fiz meu, este é o meu ofício …

Jorge Santos (02/2017)
http://namastibetpoems.blogspot.com

Submited by

sexta-feira, fevereiro 23, 2018 - 15:48

Ministério da Poesia :

Your rating: None Average: 5 (1 vote)

Joel

imagem de Joel
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 6 dias 22 horas
Membro desde: 12/20/2009
Conteúdos:
Pontos: 11333

Comentários

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

imagino milhares na minha Campa

imagino milhares na minha
Campa quando não puder mais ver

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Joel

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Ministério da Poesia/Geral Gostaria de ter um Cadillac novo, 20 312 12/07/2018 - 17:04 Português
Poesia/Geral Sonho d'Midas ... 21 329 12/07/2018 - 17:03 Português
Ministério da Poesia/Geral Que será da nossa viúva sombra, 20 204 12/07/2018 - 17:01 Português
Ministério da Poesia/Geral Sem casas não haveriam ruas ... 17 266 12/03/2018 - 16:54 Português
Ministério da Poesia/Geral Temo as sombras e o burburinho … 21 268 12/03/2018 - 16:53 Português
Poesia/Geral Último Poema 21 1.239 12/03/2018 - 16:51 Português
Poesia/Geral (1820) 23 395 12/03/2018 - 16:50 Português
Ministério da Poesia/Geral Convenço, convencei, convençai… 21 310 12/03/2018 - 16:48 Português
Ministério da Poesia/Geral Cansei. 25 373 12/03/2018 - 16:47 Português
Ministério da Poesia/Geral Eu sou tudo aquilo por onde me perco… 29 206 12/03/2018 - 16:45 Português
Ministério da Poesia/Geral Colossal o Oceano, 15 242 12/03/2018 - 16:44 Português
Ministério da Poesia/Geral Minha alma é um lego 14 276 12/03/2018 - 16:44 Português
Ministério da Poesia/Geral V de Vitória - Revolução - 14 271 12/03/2018 - 16:43 Português
Ministério da Poesia/Geral O Gebo e o Sonho. 11 225 12/03/2018 - 16:42 Português
Ministério da Poesia/Geral "Je ne dis rien, tu m'écoutes" 13 337 12/03/2018 - 16:42 Português
Ministério da Poesia/Geral À dimensão do horto … 12 218 12/03/2018 - 16:40 Português
Ministério da Poesia/Geral Ridículo q.b. 16 384 12/03/2018 - 16:40 Português
Ministério da Poesia/Geral Sofro por não ter falta , 14 267 12/03/2018 - 16:39 Português
Ministério da Poesia/Geral Calmo 30 255 12/03/2018 - 12:04 Português
Poesia/Geral (Vive la France) 39 399 12/03/2018 - 12:00 Português
Ministério da Poesia/Geral O Cavaleiro da Dinamarca. 23 252 12/03/2018 - 11:39 Português
Ministério da Poesia/Geral Frágil 30 363 12/03/2018 - 11:37 Português
Ministério da Poesia/Geral Qual viagem… 29 242 12/03/2018 - 11:26 Português
Ministério da Poesia/Geral Posso soltar as asas… 24 273 12/03/2018 - 11:17 Português
Ministério da Poesia/Geral Por amor ao meu país… 44 307 12/03/2018 - 10:55 Português