CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Felicitas

HIC HABITAT FELICITAS (“A felicidade mora aqui”). Essa frase com a ilustração foi colocada originalmente no centro do arco sobre o forno de um padeiro de Pompeia para espantar os maus espíritos. No começo do século XX, a placa foi transferida, juntamente com dúzias de artefatos que hoje em dia dificilmente seriam considerados ofensivos, para o “Gabinete de Objetos Obscenos” do Museu Arqueológico de Nápoles. A mesma inscrição, seguida de nil intret mali (“Que nenhum mal entre”), mas sem a ilustração, foi encontrada em um mosaico na entrada de uma casa de Salisburgo. Restaram muitos anéis decorados com um símbolo fálico daquela época, que eram usados por crianças como amuletos de proteção.

Seiva vontade “suber”,
Sei do indefinível,
O que me acciona
a pele, a seda,

Vontade seiva,
Que dispo/visto
E uso eu ilúcido
Destro, ó mudo,

seiva vontade,
Homúnculo elixir,
Herói grifo, viril,
Sei do indefinível,

Húmus nata,
Bela espátula,
Soro, vida ermita,
Vontade seiva,

Vinil pergamus,
Indecifrável vita,
Síncronus felicitas,
Romano Rómulo,

Vesúvio…

Jorge Santos (25/09/2015)
http://namastibetpoems.blogspot.com

Submited by

sexta-feira, fevereiro 23, 2018 - 13:01

Ministério da Poesia :

Your rating: None Average: 5 (1 vote)

Joel

imagem de Joel
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 3 dias 15 horas
Membro desde: 12/20/2009
Conteúdos:
Pontos: 39366

Comentários

imagem de Joel

obrigado a todos pelas mudas leituras

obrigado a todos pelas mudas leituras

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

HIC HABITAT FELICITAS (“A felicidade mora aqui”).

HIC HABITAT FELICITAS (“A felicidade mora aqui”). Essa frase com a ilustração foi colocada originalmente no centro do arco sobre o forno de um padeiro de Pompeia para espantar os maus espíritos. No começo do século XX, a placa foi transferida, juntamente com dúzias de artefatos que hoje em dia dificilmente seriam considerados ofensivos, para o “Gabinete de Objetos Obscenos” do Museu Arqueológico de Nápoles. A mesma inscrição, seguida de nil intret mali (“Que nenhum mal entre”), mas sem a ilustração, foi encontrada em um mosaico na entrada de uma casa de Salisburgo. Restaram muitos anéis decorados com um símbolo fálico daquela época, que eram usados por crianças como amuletos de proteção.

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Joel

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Ministério da Poesia/Geral É hoje o dia… 301 276 07/12/2019 - 12:47 Português
Ministério da Poesia/Geral As estrelas, os Estrôncios e os Sonhos. 34 534 06/23/2019 - 12:41 Português
Ministério da Poesia/Geral Sendo eu outro 77 347 06/10/2019 - 18:56 Português
Ministério da Poesia/Geral Meu cabelo é água e pêlo, sonho é sentir vê-lo… 37 354 06/10/2019 - 18:03 Português
Ministério da Poesia/Geral Sou feliz porque não escrevo… 49 343 06/10/2019 - 15:28 Português
Poesia/Geral O triunfo dos relógios ... 167 356 06/07/2019 - 20:02 Português
Ministério da Poesia/Geral O meu préstimo… 250 377 06/07/2019 - 19:59 Português
Ministério da Poesia/Geral (Busco a eternidade-num-saco-vazio) 265 408 06/07/2019 - 19:55 Português
Ministério da Poesia/Geral Pois tudo o que se move é sagrado. 368 347 05/23/2019 - 20:40 Português
Ministério da Poesia/Geral Minha voz não vê … 232 387 05/22/2019 - 19:48 Português
Ministério da Poesia/Geral (Ouçam-me, pra que eu possa…) 123 355 05/22/2019 - 15:34 Português
Ministério da Poesia/Geral Sou um homem complicado… 156 290 05/22/2019 - 09:22 Português
Ministério da Poesia/Geral Aos pássaros acresce o voar 112 342 05/22/2019 - 09:18 Português
Ministério da Poesia/Geral Tão livre quanto prisioneiro… 388 305 05/22/2019 - 09:03 Português
Poesia/Geral Nada tenho pra dizer ... 285 700 05/18/2019 - 16:54 Português
Ministério da Poesia/Geral Tudo isso me dói e odeio… 124 436 05/17/2019 - 12:42 Português
Ministério da Poesia/Geral Governador de mim… 416 634 05/16/2019 - 15:46 Português
Ministério da Poesia/Geral Atrás de mim Gigantes 200 469 05/16/2019 - 11:16 Português
Ministério da Poesia/Geral Qual viagem… 390 688 05/11/2019 - 16:37 Português
Poesia/Geral Morto vivo eu já sou … 496 679 05/09/2019 - 11:06 Português
Poesia/Geral Tesoureiros da luz, 677 846 05/09/2019 - 10:59 Português
Ministério da Poesia/Geral Na extrema qu’esta minh’alma possui. 156 312 04/24/2019 - 20:03 Português
Ministério da Poesia/Geral Como rei deposto numa nação de rosas ... 266 563 04/23/2019 - 09:37 Português
Ministério da Poesia/Geral Por amor ao meu país… 230 619 04/23/2019 - 09:05 Português
Ministério da Poesia/Geral Posso soltar as asas… 330 619 04/14/2019 - 19:58 Português