CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Aromas

O olhar preso no horizonte,
Caem no rosto saudades
Em carícias infinitas
Que a memória guarda
Para além da eternidade.

Os corpos emergem
Num vazio nostálgico,
Sem palavras nem versos
Que possam abranger
O fogo aceso desta agitação…

Na mão um lenço branco
Paira no ar em aromas
Infinitos de amor e dor.

Submited by

sexta-feira, março 12, 2010 - 21:28

Poesia :

No votes yet

AnaCoelho

imagem de AnaCoelho
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 6 anos 5 semanas
Membro desde: 11/14/2008
Conteúdos:
Pontos: 1789

Comentários

imagem de mariamateus

Re: Aromas

Ana querida :lol:

Fiquei encantada, com o aroma que emana da tua poesia!...

Muito me apraz reler-te!

Grande beijinho da amiga!

mm

imagem de Henrique

Re: Aromas

Os corpos emergem
Num vazio nostálgico,
Sem palavras nem versos
Que possam abranger
O fogo aceso desta agitação…

Um poema de boas fragrâncias nos agita o infinito!!!

:-)

imagem de Fatima-Rodrigues

Re: Aromas

A saudade tem rosto... cheiro...um aroma caracteristico, inconfundivel

gostei Ana!

beijinhos

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of AnaCoelho

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Meditação Densidade do olhar 2 1.212 03/15/2018 - 08:38 Português
Poesia/Amor Contigo aprendi a sonhar 2 1.258 03/15/2018 - 08:37 Português
Poesia/Meditação Onde as nuvens pousam 1 730 11/07/2015 - 10:14 Português
Poesia/Meditação Lágrimas quentes 0 1.001 12/22/2012 - 19:02 Português
Poesia/Amor Juntos galgaremos as margens 0 1.333 12/20/2012 - 01:10 Português
Poesia/Aforismo Há uma pauta aberta 0 914 10/08/2012 - 05:36 Português
Poesia/Intervenção Fazer das letras os gestos 0 1.593 07/21/2012 - 20:14 Português
Poesia/Meditação Os vales da realidade 3 758 07/09/2012 - 07:10 Português
Poesia/Meditação Um oásis que flutua 0 518 06/25/2012 - 15:33 Português
Poesia/Dedicado Não há lábios nem lágrimas 0 1.059 06/24/2012 - 11:16 Português
Poesia/Meditação Num grito estagnado 1 1.043 06/21/2012 - 17:21 Português
Poesia/Amizade Amigo...preenchimento do verbo amar 1 1.023 06/20/2012 - 19:54 Português
Poesia/Meditação Cadências cálidas 1 858 06/14/2012 - 09:10 Português
Poesia/Meditação Esquina da palavra 1 1.589 06/13/2012 - 07:40 Português
Poesia/Intervenção Pura ilusão cega 3 940 04/15/2012 - 16:35 Português
Poesia/Meditação Esquina de cada utopia 1 1.179 01/06/2012 - 16:32 Português
Poesia/Meditação Os braços sonham ser asas 0 1.575 12/31/2011 - 00:49 Português
Poesia/Meditação Mar de nada 1 1.239 12/11/2011 - 18:44 Português
Poesia/Meditação Traição do destino 0 1.176 12/04/2011 - 21:41 Português
Poesia/Meditação Caminho aberto 0 1.124 11/30/2011 - 21:23 Português
Poesia/Meditação Desígnios da vida 0 991 11/29/2011 - 20:06 Português
Poesia/Amor Amor entre poetas 2 2.124 10/20/2011 - 12:08 Português
Poesia/Dedicado Agora Setembro Renasce 0 2.535 09/23/2011 - 04:35 Português
Poesia/Meditação Os argumentos de um poema 0 1.849 09/22/2011 - 02:49 Português
Poesia/Meditação EXCERTOS DA ALMA 1 1.649 09/19/2011 - 14:25 Português