CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Criança


Um dia uma criança sentou-se ao meu lado
e sorriu-me…
Perguntou-me se o paraíso existe?

Mergulhei na lágrima
que do rosto lhe escorria…
Quanta negligência transparecia
este subtil rosto!
As mãos…as mãos pequenas
tão pequenas
já carregavam calos duros
amarelados…
Os ombros frágeis
eram uma força atroz,
imprópria nesta petiz idade…

E os sonhos?
Onde poderiam estar os sonhos
desta criança
a quem
alguém…os saqueou
sem dor na alma!

Ao seu redor
os brinquedos eram uma utopia
descolorida…

Pestanejei
no mais intimo sentir
engoli a raiva
que nas veias me escorria
por vislumbrar um mundo
onde ser criança
é ser escravo da negligencia
do adulto deplorável …

Respirei…respirei
e respondi!
Sim o paraíso existe
os “homens” é que o destruíram
com as mãos ávidas de ambição
assim como aniquilaram os jardins
onde agora se esfumam
nuvens cinza…
As flores morrem a cada dia,
para que as contas da industrialização
prosperem em somas da luxúria….
Sem alma!

Ela inclinou a cabeça
transpôs a íris
nas minhas pálpebras tremulas…

Continuei…

Ainda que tudo pareça
uma capa negra
dentro de ti, criança
está o paraíso
não o deixes morrer,
agarra-o nessas faces rosadas
nessa pele suave da tua infância…

Acredita…
Quando despes as sombras do olhar
um jardim de bálsamos infindos
brotam para lá de ti
no canteiro da esperança
que crer é a razão para vencer!

As mãos da criança moveram-se
tocaram as minhas
…e disse
aqui e agora eu sinto
um pedaço do paraíso!

 

 

 

Submited by

quarta-feira, junho 1, 2011 - 20:39

Poesia :

No votes yet

AnaCoelho

imagem de AnaCoelho
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 6 anos 11 semanas
Membro desde: 11/14/2008
Conteúdos:
Pontos: 1789

Comentários

imagem de gege

comentário

Ana Coelho:

Esse seu poema me fez lembrar de um poema

da Cora Coralina, as tranças de aninha,

que virou um belo filme,

Parabéns por esse seu.

imagem de SuzeteBrainer

Um poema encantador que nos

Um poema encantador que nos envolve e aprofunda,apontando uma esperança que é o amor...

Gostei muito!smiley

imagem de Nanda

Aninha

Belíssimo poema, forte, obriga a refletir.

Beijinhos

Nanda

imagem de Hisalena

Um poema forte, cheio de

Um poema forte, cheio de emoçao, de sentir...de revolta e de impotência também.

Um poema que nos lembra que nem todas as crianças vivem o sonho que é ser criança, nem todas têm uma escola, um colo, um abraço, um brinquedo...mas que existem e mais do que isso sobrevivem, coisa que muitos adultos não sabem fazer.

Belo, intenso e cheio de alma...

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of AnaCoelho

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Meditação Densidade do olhar 2 1.311 03/15/2018 - 09:38 Português
Poesia/Amor Contigo aprendi a sonhar 2 1.336 03/15/2018 - 09:37 Português
Poesia/Meditação Onde as nuvens pousam 1 814 11/07/2015 - 11:14 Português
Poesia/Meditação Lágrimas quentes 0 1.053 12/22/2012 - 20:02 Português
Poesia/Amor Juntos galgaremos as margens 0 1.387 12/20/2012 - 02:10 Português
Poesia/Aforismo Há uma pauta aberta 0 934 10/08/2012 - 06:36 Português
Poesia/Intervenção Fazer das letras os gestos 0 1.621 07/21/2012 - 21:14 Português
Poesia/Meditação Os vales da realidade 3 828 07/09/2012 - 08:10 Português
Poesia/Meditação Um oásis que flutua 0 536 06/25/2012 - 16:33 Português
Poesia/Dedicado Não há lábios nem lágrimas 0 1.115 06/24/2012 - 12:16 Português
Poesia/Meditação Num grito estagnado 1 1.105 06/21/2012 - 18:21 Português
Poesia/Amizade Amigo...preenchimento do verbo amar 1 1.093 06/20/2012 - 20:54 Português
Poesia/Meditação Cadências cálidas 1 912 06/14/2012 - 10:10 Português
Poesia/Meditação Esquina da palavra 1 1.622 06/13/2012 - 08:40 Português
Poesia/Intervenção Pura ilusão cega 3 1.012 04/15/2012 - 17:35 Português
Poesia/Meditação Esquina de cada utopia 1 1.211 01/06/2012 - 17:32 Português
Poesia/Meditação Os braços sonham ser asas 0 1.594 12/31/2011 - 01:49 Português
Poesia/Meditação Mar de nada 1 1.277 12/11/2011 - 19:44 Português
Poesia/Meditação Traição do destino 0 1.278 12/04/2011 - 22:41 Português
Poesia/Meditação Caminho aberto 0 1.157 11/30/2011 - 22:23 Português
Poesia/Meditação Desígnios da vida 0 1.034 11/29/2011 - 21:06 Português
Poesia/Amor Amor entre poetas 2 2.193 10/20/2011 - 13:08 Português
Poesia/Dedicado Agora Setembro Renasce 0 2.581 09/23/2011 - 05:35 Português
Poesia/Meditação Os argumentos de um poema 0 1.923 09/22/2011 - 03:49 Português
Poesia/Meditação EXCERTOS DA ALMA 1 1.700 09/19/2011 - 15:25 Português