CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

HÁ QUE GANHAR E PERDER


Há que ganhar e perder...

Meu coração bate como se milagre se desse
E se eu voltasse ao dia da partida?!
E se voltasse atrás completamente?!
Ao vento selvagem que no rosto me batesse?!
Rever tudo o que ficou no coração silencioso.
A praça, o fontanário, o casario,
O rio, só ele murmurava, ele sómente!
É como estar em vésperas duma alegria desconhecida.
E tudo o resto se apagar da mente.

Esta ideia que me faz viver e palpitar
Num desejo de irreprimível felicidade
Ah, como fico ensurdecida pelo bater do coração
Fica-me um sorriso na cara, há uma razão!
Hoje só os meus pensamentos falam
Numa ansia louca de libertação
Não querem perder o fio à meada!

Deixar-me tranquilamente envelhecer? Nunca!
Ficar completamente grisalha? Nunca!
São momentos de loucura, não tentem entender.
Ficar com o olhar triste, a palavra em fallha?!
Bastam os anos perdidos!
As mãos que já não conheço!
Chega de sinais do tempo que me despedaçam
Quero de volta todos os sentidos!
O esquecimento? Não obrigada.
Deixem-me tranquila nesta minha maneira de ser
Deixem-me a sós com a poesia amada.
Logo se vê na luta tudo pode acontecer
Há que ganhar e perder...
Por agora quero apenas sonhar, viver.

 

natalia nuno

 


 

Submited by

segunda-feira, janeiro 17, 2011 - 00:09

Poesia :

No votes yet

natalianuno

imagem de natalianuno
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 6 semanas 3 dias
Membro desde: 12/17/2009
Conteúdos:
Pontos: 686

Comentários

imagem de Henrique

Há que ganhar e perder

Entre ganhar e perder, o aprender a chegar e o ensinar a partir!!!

Bem visto!!!

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of natalianuno

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Geral palavras d'água... 0 74 04/07/2019 - 13:18 Português
Poesia/Desilusão foi ao espelho e nunca mais voltou... 0 260 04/14/2016 - 17:46 Português
Poesia/Desilusão não matem os pássaros 0 228 04/14/2016 - 17:41 Português
Poesia/Desilusão pequena prosa poética 0 211 04/07/2016 - 00:11 Português
Poesia/Amor palavras por dizer... 0 254 04/05/2016 - 18:25 Português
Poesia/Amor passo o tempo a desejar-te 0 327 04/05/2016 - 18:18 Português
Poesia/Desilusão já não me sei... 2 362 04/05/2016 - 18:13 Português
Poesia/Geral tantas ilusões... 0 387 04/02/2016 - 17:29 Português
Poesia/Geral um resto de sonho... 0 543 01/25/2013 - 12:29 Português
Fotos/Cidades MOSCOVO-METRO 0 928 01/23/2013 - 01:13 Português
Fotos/História CHINA-MURALHA 0 978 01/23/2013 - 01:06 Português
Poesia/Meditação sonho dum momento só meu 6 532 01/23/2013 - 00:19 Português
Poesia/Geral desafio o silêncio 4 478 01/22/2013 - 00:58 Português
Poesia/Amor MEU AMOR 5 807 01/21/2013 - 16:36 Português
Poesia/Dedicado gosto de coisas simples 1 872 08/11/2012 - 20:19 Português
Poesia/Desilusão NO EXÍLIO DA MEMÓRIA 3 836 06/01/2012 - 19:44 Português
Poesia/Desilusão ESPELHO D'ÁGUA 1 661 04/26/2012 - 23:04 Português
Poesia/Tristeza ENTRE O SONHO E O VAZIO 5 581 04/19/2012 - 22:13 Português
Poesia/Geral GOTAS DE ORVALHO 3 636 04/17/2012 - 19:03 Português
Poesia/Geral ALGUÉM ME ABRIU OS BRAÇOS 4 431 04/17/2012 - 18:53 Português
Fotos/Monumentos CATEDRAL D'UOMO MILÃO 0 3.751 04/13/2012 - 15:27 Português
Fotos/Monumentos Catedral de Milão 0 922 04/13/2012 - 15:22 Português
Poesia/Geral HEI-DE SER LEMBRANÇA 4 475 04/11/2012 - 20:14 Português
Poesia/Geral SÚPLICA Á PRIMAVERA 2 462 04/11/2012 - 20:10 Português
Poesia/Geral RECOLHO AS PALAVRAS 4 694 04/11/2012 - 15:24 Português