CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Juntos no amor

Estou aqui
nua no espelho da lua
vibrante de paixão
anseio teu corpo no meu.

Estou contigo
nesse desejo carnal
onde os delírios
são poderosos sentidos.

Nesta noite fria
o calor do teu corpo
quando em mim entras
como um vulcão em erupção.

Movimentos vibrantes
os dedos loucos
de frenesim lambuzam
a humidade do teu intimo
no estremecer do corpo.

As tuas mãos fortes
tocam os seios com ternura
plenas de sedução
no abrigo da minha flor
aberta para ti em chamas.

Dois corpos mergulhados
na fantasia da noite,
nuas as bocas enrolaram-se
por todos os lugares dos corpos.

No refúgio da lua cheia
o ruído oculto da madrugada
a vociferar a volúpia
no teu intenso calor.

Rendido ao teu poder
sentindo-te rugir amada
pelo meu sexo que te tocava
dentro e fora, carnal...
em plena satisfação.

Deslizo em teu corpo
com os lábios carentes
a saborear o teu e meu apetite
derretes jovialidade extasiaste
num despertar, louco de amor.

Teus olhos nos meus
Meus olhos nos teus
em perfeita comunhão.

Dueto de Ana Coelho e José Antunes

Republicado

Submited by

sexta-feira, fevereiro 12, 2010 - 21:39

Poesia :

No votes yet

AnaCoelho

imagem de AnaCoelho
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 6 anos 5 semanas
Membro desde: 11/14/2008
Conteúdos:
Pontos: 1789

Comentários

imagem de Henrique

Re: Juntos no amor

Adorei este vosso dueto verdadeiro e sincero como há poucos!!!!

:-)

imagem de HAEREMAI

Re: Juntos no amor

Um poema muito sensual numa união perfeita.
Muito simbiotico este poema

Parabéns aos dois poetas

Beijo azul

imagem de MarneDulinski

Re: Juntos no amor

LINDO POEMA, COM UM BELO DUETO!
MEUS PARABÉNS,
Marne

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of AnaCoelho

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Meditação Densidade do olhar 2 1.212 03/15/2018 - 08:38 Português
Poesia/Amor Contigo aprendi a sonhar 2 1.258 03/15/2018 - 08:37 Português
Poesia/Meditação Onde as nuvens pousam 1 729 11/07/2015 - 10:14 Português
Poesia/Meditação Lágrimas quentes 0 1.001 12/22/2012 - 19:02 Português
Poesia/Amor Juntos galgaremos as margens 0 1.333 12/20/2012 - 01:10 Português
Poesia/Aforismo Há uma pauta aberta 0 914 10/08/2012 - 05:36 Português
Poesia/Intervenção Fazer das letras os gestos 0 1.593 07/21/2012 - 20:14 Português
Poesia/Meditação Os vales da realidade 3 758 07/09/2012 - 07:10 Português
Poesia/Meditação Um oásis que flutua 0 518 06/25/2012 - 15:33 Português
Poesia/Dedicado Não há lábios nem lágrimas 0 1.059 06/24/2012 - 11:16 Português
Poesia/Meditação Num grito estagnado 1 1.043 06/21/2012 - 17:21 Português
Poesia/Amizade Amigo...preenchimento do verbo amar 1 1.023 06/20/2012 - 19:54 Português
Poesia/Meditação Cadências cálidas 1 858 06/14/2012 - 09:10 Português
Poesia/Meditação Esquina da palavra 1 1.588 06/13/2012 - 07:40 Português
Poesia/Intervenção Pura ilusão cega 3 940 04/15/2012 - 16:35 Português
Poesia/Meditação Esquina de cada utopia 1 1.179 01/06/2012 - 16:32 Português
Poesia/Meditação Os braços sonham ser asas 0 1.575 12/31/2011 - 00:49 Português
Poesia/Meditação Mar de nada 1 1.238 12/11/2011 - 18:44 Português
Poesia/Meditação Traição do destino 0 1.176 12/04/2011 - 21:41 Português
Poesia/Meditação Caminho aberto 0 1.124 11/30/2011 - 21:23 Português
Poesia/Meditação Desígnios da vida 0 991 11/29/2011 - 20:06 Português
Poesia/Amor Amor entre poetas 2 2.124 10/20/2011 - 12:08 Português
Poesia/Dedicado Agora Setembro Renasce 0 2.535 09/23/2011 - 04:35 Português
Poesia/Meditação Os argumentos de um poema 0 1.849 09/22/2011 - 02:49 Português
Poesia/Meditação EXCERTOS DA ALMA 1 1.649 09/19/2011 - 14:25 Português