CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

NA MOLDURA DO SOL POSTO


Põe-se o sol mas não é noite ainda
A tarde vai levando o dia pela mão
Vaidosa se vestiu de dourado, linda!
Deixou meu olhar lembrando com emoção.

Nos derradeiros momentos deste olhar
Que sorveu tanta luz, o tempo parar.
Na moldura do sol posto
Lembrar, um sonho chamado infãncia
Os traços do rosto,
Agora esbatidos na distãncia
Ainda o verde terra nos olhos surgindo
E raios de Sol ainda a espreitar.
Na noite que vem vindo?!
Um sonho, um outro ainda sonhar.

 

Aconchegar-se às estrelas
Empoleirar-se em segredo,
na noite escura.
De palavras singelas,
o sonho afrontar de alma pura.
Rever-se ainda nesta moldura.

Porque o coração jamais olvida!?
Que a meninice o olhar guarde.
Para que não seja esquecida,
Os dez réis de gente.
Estrela perdida.
E a recorde sempre
No encanto d'outra tarde.

NATALIA NUNO

Dez réis de gente, me chamava com ternura minha
avó.

Submited by

sábado, janeiro 1, 2011 - 13:40

Poesia :

No votes yet

natalianuno

imagem de natalianuno
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 31 semanas 4 dias
Membro desde: 12/17/2009
Conteúdos:
Pontos: 697

Comentários

imagem de Susan

Ai está um belo quadro

Ai está um belo quadro poético !!!

Parabéns !!!

Beijos

Susan

imagem de natalianuno

Sempre atenta, obrigada amiga

Sempre atenta, obrigada amiga Susan pelo

teu interesse, fico feliz.

beijo

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of natalianuno

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Desilusão adeus ao que não volta mais... 1 317 07/23/2019 - 17:47 Português
Fotos/História Templo de Ho Che Minh/Camboja 0 433 07/23/2019 - 15:41 Português
Fotos/Cidades Hong Kong 0 353 07/23/2019 - 15:33 Português
Poesia/Geral palavras d'água... 0 341 04/07/2019 - 13:18 Português
Poesia/Desilusão foi ao espelho e nunca mais voltou... 0 412 04/14/2016 - 17:46 Português
Poesia/Desilusão não matem os pássaros 0 541 04/14/2016 - 17:41 Português
Poesia/Desilusão pequena prosa poética 0 505 04/07/2016 - 00:11 Português
Poesia/Amor palavras por dizer... 0 476 04/05/2016 - 18:25 Português
Poesia/Amor passo o tempo a desejar-te 0 475 04/05/2016 - 18:18 Português
Poesia/Desilusão já não me sei... 2 519 04/05/2016 - 18:13 Português
Poesia/Geral tantas ilusões... 0 517 04/02/2016 - 17:29 Português
Poesia/Geral um resto de sonho... 0 707 01/25/2013 - 12:29 Português
Fotos/Cidades MOSCOVO-METRO 0 1.267 01/23/2013 - 01:13 Português
Fotos/História CHINA-MURALHA 0 1.334 01/23/2013 - 01:06 Português
Poesia/Meditação sonho dum momento só meu 6 868 01/23/2013 - 00:19 Português
Poesia/Geral desafio o silêncio 4 1.278 01/22/2013 - 00:58 Português
Poesia/Amor MEU AMOR 5 1.089 01/21/2013 - 16:36 Português
Poesia/Dedicado gosto de coisas simples 1 1.102 08/11/2012 - 20:19 Português
Poesia/Desilusão NO EXÍLIO DA MEMÓRIA 3 979 06/01/2012 - 19:44 Português
Poesia/Desilusão ESPELHO D'ÁGUA 1 814 04/26/2012 - 23:04 Português
Poesia/Tristeza ENTRE O SONHO E O VAZIO 5 927 04/19/2012 - 22:13 Português
Poesia/Geral GOTAS DE ORVALHO 3 796 04/17/2012 - 19:03 Português
Poesia/Geral ALGUÉM ME ABRIU OS BRAÇOS 4 676 04/17/2012 - 18:53 Português
Fotos/Monumentos CATEDRAL D'UOMO MILÃO 0 4.332 04/13/2012 - 15:27 Português
Fotos/Monumentos Catedral de Milão 0 1.481 04/13/2012 - 15:22 Português