CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

No âmago que sou

Sou a viagem
Do tempo
Em rasgos de memória
Nos ombros alicerço a esperança
E nela caminho
Com as mãos nos bolsos
E a mala oca…

Os lábios
Preencho com sorrisos
E dos olhos
Descem lágrimas
Com o sal que os pés visitam…

Do sul
Colho ventos
Em fios de luminosidade
Onde o norte
Os perdeu
Nos compassos dos temporais…

Continuo
Com os cabelos na brisa dos dias
Em prumos
No âmago que sou…

Viajo
Nos caminhos
Que a alma me inspira…

Submited by

quinta-feira, fevereiro 18, 2010 - 18:53

Poesia :

No votes yet

AnaCoelho

imagem de AnaCoelho
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 6 anos 5 semanas
Membro desde: 11/14/2008
Conteúdos:
Pontos: 1789

Comentários

imagem de jopeman

Re: No âmago que sou

uma viagem interior, onde ser se reafirma em cada letra escrita...o tempo não o moldou

gostei mto

bjo

imagem de mariamateus

Re: No âmago que sou

Ana,querida

Nem sei o que te dizer!!!!

Aplausoss!!!! :hammer: :hammer:

Beijo carinhoso ...

mm

imagem de Clarisse

Re: No âmago que sou

Uma poesia que diz muito acerca deste ser.

Lindissima. :-)

Realço:
"Continuo
Com os cabelos na brisa dos dias
Em prumos
No âmago que sou…

Viajo
Nos caminhos
Que a alma me inspira… "

Beijo,
Clarisse

imagem de Henrique

Re: No âmago que sou

Sou a viagem
Do tempo
Em rasgos de memória...

Uma poesia que nos preenche o ser!!!

:-)

imagem de mariacarla

Re: No âmago que sou

Pioneiras em tudo! Colhemos sempre o que mais gostamos! Claro que enfrentamos temporais, não fossemos nós “mulheres imortais!” e continuamos e… viajamos! SEMPRE!
Beijo eterno para ti.
Carla

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of AnaCoelho

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Meditação Densidade do olhar 2 1.212 03/15/2018 - 08:38 Português
Poesia/Amor Contigo aprendi a sonhar 2 1.258 03/15/2018 - 08:37 Português
Poesia/Meditação Onde as nuvens pousam 1 729 11/07/2015 - 10:14 Português
Poesia/Meditação Lágrimas quentes 0 1.001 12/22/2012 - 19:02 Português
Poesia/Amor Juntos galgaremos as margens 0 1.333 12/20/2012 - 01:10 Português
Poesia/Aforismo Há uma pauta aberta 0 914 10/08/2012 - 05:36 Português
Poesia/Intervenção Fazer das letras os gestos 0 1.593 07/21/2012 - 20:14 Português
Poesia/Meditação Os vales da realidade 3 758 07/09/2012 - 07:10 Português
Poesia/Meditação Um oásis que flutua 0 518 06/25/2012 - 15:33 Português
Poesia/Dedicado Não há lábios nem lágrimas 0 1.059 06/24/2012 - 11:16 Português
Poesia/Meditação Num grito estagnado 1 1.043 06/21/2012 - 17:21 Português
Poesia/Amizade Amigo...preenchimento do verbo amar 1 1.023 06/20/2012 - 19:54 Português
Poesia/Meditação Cadências cálidas 1 858 06/14/2012 - 09:10 Português
Poesia/Meditação Esquina da palavra 1 1.588 06/13/2012 - 07:40 Português
Poesia/Intervenção Pura ilusão cega 3 940 04/15/2012 - 16:35 Português
Poesia/Meditação Esquina de cada utopia 1 1.179 01/06/2012 - 16:32 Português
Poesia/Meditação Os braços sonham ser asas 0 1.575 12/31/2011 - 00:49 Português
Poesia/Meditação Mar de nada 1 1.238 12/11/2011 - 18:44 Português
Poesia/Meditação Traição do destino 0 1.176 12/04/2011 - 21:41 Português
Poesia/Meditação Caminho aberto 0 1.124 11/30/2011 - 21:23 Português
Poesia/Meditação Desígnios da vida 0 991 11/29/2011 - 20:06 Português
Poesia/Amor Amor entre poetas 2 2.124 10/20/2011 - 12:08 Português
Poesia/Dedicado Agora Setembro Renasce 0 2.535 09/23/2011 - 04:35 Português
Poesia/Meditação Os argumentos de um poema 0 1.849 09/22/2011 - 02:49 Português
Poesia/Meditação EXCERTOS DA ALMA 1 1.649 09/19/2011 - 14:25 Português