CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Nos ombros do sonho

Debrucei o olhar
No parapeito do vórtice,
Indistintas águas
Alucinavam lá no fundo…

Amortecidas cores de porcelana
Despiam o brilho
Na penumbra em luto,
Indignos pensamentos
Com os pés longe do altar…

Nasce a noite
Num parto estremecido
No regaço de um manto estrelado.

Breves instantes
Que alugam o meditar…

As pálpebras
Reerguem-se
Nos ombros do sonho,
Espuma branca
Que beija os pés…

Irradiam flores misteriosas
Vindas do céu…
Nas mãos que nunca abandonam
A esperança…

Nos cantos da boca
Rasga-se um sorriso de esplendor…

Submited by

quinta-feira, dezembro 17, 2009 - 22:13

Poesia :

No votes yet

AnaCoelho

imagem de AnaCoelho
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 6 anos 20 semanas
Membro desde: 11/14/2008
Conteúdos:
Pontos: 1789

Comentários

imagem de mariamateus

Re: Nos ombros do sonho

AnaCoelho 8-)

Amiga este poema está fantástico.
Parabéns!

Beijo luz :-?

imagem de danyfilipa

Re: Nos ombros do sonho

'Nos ombros do sonho'...há a esperança! :)

gostei

beijo

imagem de RobertoEstevesdaFonseca

Re: Nos ombros do sonho

Grande poema!

Gostei deveras.

Um abraço,
REF

imagem de Angelo

Re: Nos ombros do sonho

Parabéns Ana pelo magnifico poema.

Um beijo amigo
Angelo M

imagem de MarneDulinski

Re: Nos ombros do sonho

LINDO, ESPERANÇOSO E ESPLENDOROSO POEMA!

Irradiam flores misteriosas
Vindas do céu…
Nas mãos que nunca abandonam
A esperança…

Nos cantos da boca
Rasga-se um sorriso de esplendor…

Meus parabéns,
MarneDulinski

imagem de Gisa

Re: Nos ombros do sonho

Belo e terno, amei ao todo. Abraços

imagem de Manuelaabreu

Re: Nos ombros do sonho

Bonito poema concentrado na esperança, enquanto isso:

"Nos cantos da boca
Rasga-se um sorriso de esplendor…"

Um abraço :-)

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of AnaCoelho

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Meditação Densidade do olhar 2 1.460 03/15/2018 - 09:38 Português
Poesia/Amor Contigo aprendi a sonhar 2 1.475 03/15/2018 - 09:37 Português
Poesia/Meditação Onde as nuvens pousam 1 963 11/07/2015 - 11:14 Português
Poesia/Meditação Lágrimas quentes 0 1.157 12/22/2012 - 20:02 Português
Poesia/Amor Juntos galgaremos as margens 0 1.530 12/20/2012 - 02:10 Português
Poesia/Aforismo Há uma pauta aberta 0 992 10/08/2012 - 06:36 Português
Poesia/Intervenção Fazer das letras os gestos 0 1.701 07/21/2012 - 21:14 Português
Poesia/Meditação Os vales da realidade 3 971 07/09/2012 - 08:10 Português
Poesia/Meditação Um oásis que flutua 0 563 06/25/2012 - 16:33 Português
Poesia/Dedicado Não há lábios nem lágrimas 0 1.241 06/24/2012 - 12:16 Português
Poesia/Meditação Num grito estagnado 1 1.228 06/21/2012 - 18:21 Português
Poesia/Amizade Amigo...preenchimento do verbo amar 1 1.222 06/20/2012 - 20:54 Português
Poesia/Meditação Cadências cálidas 1 1.037 06/14/2012 - 10:10 Português
Poesia/Meditação Esquina da palavra 1 1.690 06/13/2012 - 08:40 Português
Poesia/Intervenção Pura ilusão cega 3 1.179 04/15/2012 - 17:35 Português
Poesia/Meditação Esquina de cada utopia 1 1.361 01/06/2012 - 17:32 Português
Poesia/Meditação Os braços sonham ser asas 0 1.667 12/31/2011 - 01:49 Português
Poesia/Meditação Mar de nada 1 1.390 12/11/2011 - 19:44 Português
Poesia/Meditação Traição do destino 0 1.386 12/04/2011 - 22:41 Português
Poesia/Meditação Caminho aberto 0 1.276 11/30/2011 - 22:23 Português
Poesia/Meditação Desígnios da vida 0 1.109 11/29/2011 - 21:06 Português
Poesia/Amor Amor entre poetas 2 2.316 10/20/2011 - 13:08 Português
Poesia/Dedicado Agora Setembro Renasce 0 2.692 09/23/2011 - 05:35 Português
Poesia/Meditação Os argumentos de um poema 0 2.087 09/22/2011 - 03:49 Português
Poesia/Meditação EXCERTOS DA ALMA 1 1.795 09/19/2011 - 15:25 Português