CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

O FLAGELO DA PERDA

O FLAGELO DA PERDA

Por conta própria vagueio
em busca de tanto ausente.
Estou farta do que é imundo,
quero encontrar o que anseio.
Minha’alma em luta crescente
se está escondendo do mundo.

Almas penadas caminham
aos encontrões, sem saída
do que se tornou fatal.
Maus tempos já se adivinham,
e a humanidade, perdida,
rende-se a quem lhes faz mal.

No céu esvoaçam em grupo
andorinhas que procuram
onde fazerem seus ninhos.
Com outras me preocupo.
Almas doentes não curam
se carentes de carinhos.

Maria Letr@

Submited by

domingo, junho 13, 2021 - 22:49

Poesia :

Your rating: None (1 vote)

Maria Letra

imagem de Maria Letra
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 4 dias 9 horas
Membro desde: 11/20/2012
Conteúdos:
Pontos: 2653

Comentários

imagem de Joel

Boas letras

a revejam, continuemos caminhando, palmilhando rumos paralelos, distintos por própria conta e destinos mudos até aos fins dos nossos pequenos mundos

(boa poesia como sempre)

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Maria Letra

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Geral QUEM NÃO ESTIVER BEM... QUE SE MUDE! 0 17 11/27/2022 - 23:18 Português
Poesia/Pensamentos OS MEUS QUERERES 0 13 11/27/2022 - 21:47 Português
Poesia/Meditação SÃO AMORES_PARTES DE MIM 0 16 11/27/2022 - 21:32 Português
Prosas/Outros O EXCEPCIONAL INTÉRPRETE MUSICAL DIMASH QUDAIBERGEN 0 12 11/26/2022 - 23:57 Português
Prosas/Outros O CUSCAS QUER IR AO QATAR 0 16 11/26/2022 - 23:51 Português
Poesia/Tristeza TOXIMUNDO 0 23 11/25/2022 - 22:07 Português
Críticas/Outros AINDA O IDOSO CARENCIADO 0 28 11/25/2022 - 17:42 Português
Poesia/Meditação O OBVERSO DO UNIVERSO 0 22 11/25/2022 - 17:15 Português
Poesia/Geral CORRIDA EM DIRECÇÃO À META 0 22 11/24/2022 - 16:37 Português
Poesia/Geral CAMINHADA DE AMOR 0 17 11/24/2022 - 16:19 Português
Poesia/Tristeza O MUNDO ESTÁ DOENTE 0 25 11/24/2022 - 13:29 Português
Poesia/Tristeza O FLAGELO DA PERDA 1 637 06/17/2021 - 15:23 Português
Poesia/Geral NA MIRA DE GENTE FALSA 0 531 06/13/2021 - 20:41 Português
Poesia/Intervenção SOCIALIZAR_OU NÃO? 0 475 06/13/2021 - 20:36 Português
Poesia/Geral RENOVAÇÃO 0 630 05/27/2021 - 16:34 Português
Poesia/Intervenção AUTO DA SUBSERVIÊNCIA 0 516 05/25/2021 - 00:03 Português
Poesia/Soneto LUZ E DESAIRE 0 667 05/21/2021 - 17:32 Português
Poesia/Desilusão ESPECTRO DO QUE ME RESTA 0 614 05/06/2021 - 23:10 Português
Poesia/Soneto QUERIA SER POMBA COM ASAS DE ESTANHO 0 620 05/06/2021 - 21:29 Português
Poesia/Soneto DEIXA-ME VIVER! 2 802 04/27/2021 - 20:40 Português
Poesia/Tristeza MUITOS FORAM OS QUE PARTIRAM 0 682 04/25/2021 - 10:42 Português
Poesia/Intervenção REVOLUÇÃO 0 686 04/25/2021 - 08:39 Português
Poesia/Dedicado UM HINO À NOITE 0 711 04/22/2021 - 23:15 Português
Prosas/Outros A MINHA PERPECTIVA SOBRE ALGUMAS DAS DIFERENTES CLASSES SOCIAIS 0 948 04/13/2021 - 12:14 Português
Poesia/Meditação ESPERO_POR_TI_MADRUGADA 2 536 04/07/2021 - 20:34 Português