CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

OS MEUS QUERERES

Quero viver comigo a liberdade de sonhar
acompanhada de ninguém, sem nada
que possa perturbar o meu jeito de saborear
o nascer do sol depois duma linda madrugada.

Não quero dó nem tão pouco comiseração
de quem outrora fingiu querer-me bem.
Eu amo o meu silêncio e sinto aberração
ao ruído da ribalta que este mundo tem.

Quero ser eu inteira, viver as minhas paixões
sem ser contrariada ou mesmo constrangida
a ter de ouvir as mais diversas opiniões,
de quem ousou meter-se na minha vida.

Não quero mais trair-me. Cansei-me de fingir
que iria adaptar-me a este mundo louco,
onde concorrência feroz e frequente traição,
exigem que semeies tanto... pra colher tão pouco. 

Quero viver mais leve e mais feliz, bem ajustada
ao meu dever social de convivência tolerante,
para sentir em pleno a condição de libertada,
que me permite ser eu de modo sempre constante.

Não quero, porém, ocasionar desconforto a alguém,
com a minha preferência de estar só comigo mesma.
Se alguém vier pedir-me ajuda, por não estar bem,
correrei como um guepardo, não como uma lesma.

Maria Letr@
2022-10-27
Imagem: Eberhard Grossgasteiger

Submited by

domingo, novembro 27, 2022 - 21:47

Poesia :

No votes yet

Maria Letra

imagem de Maria Letra
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 12 horas 48 minutos
Membro desde: 11/20/2012
Conteúdos:
Pontos: 2676

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Maria Letra

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Prosas/Tristeza VIOLÊNCIA DOMÉSTICA - ATÉ QUANDO? 0 150 11/30/2023 - 00:01 Português
Poesia/Geral AO SABOR DAS MARÉS 0 284 10/29/2023 - 10:30 Português
Prosas/Outros DEMOCRATICAMENTE... LETRA-SEM-TRETA! 0 632 07/09/2023 - 19:46 Português
Poesia/Geral COMO VIVI A PANDEMIA 0 391 07/09/2023 - 19:37 Português
Poesia/Geral AGARRA A VIDA 0 219 07/09/2023 - 19:33 Português
Poesia/Amor ELOS DE AMOR 0 287 06/27/2023 - 18:51 Português
Poesia/Meditação SINTO FRIO 0 451 06/27/2023 - 18:22 Português
Poesia/Meditação ESPERO_POR_TI_MADRUGADA 3 1.789 06/26/2023 - 19:54 Português
Poesia/Tristeza O FLAGELO DA PERDA 2 1.145 06/26/2023 - 19:48 Português
Poesia/Meditação ETERNA BUSCA 0 294 06/10/2023 - 15:54 Português
Poesia/Desilusão PRECE À VIDA 0 711 02/03/2023 - 20:51 Português
Poesia/Dedicado QUANDO JULGARES-ME É UM ERRO 0 516 02/03/2023 - 12:57 Português
Poesia/Geral ONDE COMEÇA A ESPERA 0 533 02/03/2023 - 12:52 Português
Poesia/Geral QUEM NÃO ESTIVER BEM... QUE SE MUDE! 0 502 11/27/2022 - 23:18 Português
Poesia/Pensamentos OS MEUS QUERERES 0 609 11/27/2022 - 21:47 Português
Poesia/Meditação SÃO PENAS...PARTES DE MIM 0 502 11/27/2022 - 21:32 Português
Prosas/Outros O EXCEPCIONAL INTÉRPRETE MUSICAL DIMASH QUDAIBERGEN 0 737 11/26/2022 - 23:57 Português
Prosas/Outros O CUSCAS QUER IR AO QATAR 0 1.208 11/26/2022 - 23:51 Português
Poesia/Tristeza TOXIMUNDO 0 526 11/25/2022 - 22:07 Português
Críticas/Outros AINDA O IDOSO CARENCIADO 0 716 11/25/2022 - 17:42 Português
Poesia/Meditação O OBVERSO DO UNIVERSO 0 650 11/25/2022 - 17:15 Português
Poesia/Geral CORRIDA EM DIRECÇÃO À META 0 558 11/24/2022 - 16:37 Português
Poesia/Geral CAMINHADA DE AMOR 0 727 11/24/2022 - 16:19 Português
Poesia/Tristeza O MUNDO ESTÁ DOENTE 0 826 11/24/2022 - 13:29 Português
Poesia/Geral NA MIRA DE GENTE FALSA 0 1.037 06/13/2021 - 20:41 Português