CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

pária

De olhos vazios, abertos à noite
Absorvo o silencio, e o horizonte de luzes
Num dia distante, ainda por nascer
Haverá, algures, alguém á minha espera
Encontrarei a minha casa
E um sentido qualquer para os meus dias.
Quando a mudança, deixar de ser o mais constante e permanente da minha instável condição.
Poderei viver de outra forma?
Pária da minha própria mente.
Cigana por convicção.
Nómada do deserto.
Sigo o caminho do vento, para onde o destino me levar.
Não me prendo, não me ligo, não me dou.
Vou vivendo de passagem.
Cenários e personagens, enredos com prazo de validade.
Novas terras e cidades, vidas que cruzo, nomes que esqueço, rostos que gostava de guardar para sempre.
Existências imutáveis, estáticas, depois da minha partida.
Nada se altera, e eu reconheço os sinais. Sinto-os no ar.
Quando um capitulo termina, e me preparo para uma nova folha em branco no meu caminho.
Até ao dia, em que o Sol no horizonte, ilumine os meus passos.
E me mostre o caminho de casa.

Submited by

quarta-feira, junho 11, 2008 - 14:31

Poesia :

No votes yet

JillyFall

imagem de JillyFall
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 26 semanas 5 dias
Membro desde: 03/07/2008
Conteúdos:
Pontos: 880

Comentários

imagem de Henrique

Re: pária

Um poema escrito com alma!

:-)

imagem de Anonymous

Re: pária

Perde-te para te encontrares,fecha os olhos e vê o caminho,não deixes que a luz te cegue, beijo poetisa.

imagem de Tommy

Re: pária

a praia que descreves parece aquela na qual me passeio bem perto da minha casa, ciganos por convicção asas que ardem por voar...
maravilhoso para ser breve

imagem de PalomaStella

Re: pária

Minha querida,
O sol irá iluminar seus passos pela eternindade,
Assim como a Lua e as estrelas o iluminarão pela noite.
Os cenários em que passar serão imagens que sempre irá recordar, uns bons outros nem tanto, mas isso é a vida, a nossa pátria vivida.

Beijinhos

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of JillyFall

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Amor miragem 8 577 12/10/2011 - 16:27 Português
Prosas/Contos Oásis 0 628 07/09/2011 - 02:08 Português
Prosas/Contos Madrugada 2 710 07/08/2011 - 01:31 Português
Prosas/Contos Estrela da Manhã 2 1.350 04/19/2011 - 22:21 Português
Prosas/Contos Estrela da Manhã 0 1.376 04/15/2011 - 04:16 Português
Fotos/ - 3426 0 1.306 11/24/2010 - 00:55 Português
Fotos/ - 3322 0 1.296 11/24/2010 - 00:54 Português
Fotos/ - 2063 0 1.269 11/24/2010 - 00:45 Português
Fotos/ - 942 0 1.568 11/24/2010 - 00:37 Português
Anúncios/Outros - Precisa-se angariador de publicidade à comissão 0 1.546 11/19/2010 - 15:38 Português
Poesia/Aforismo fuga 0 777 11/17/2010 - 18:31 Português
Poesia/Fantasia saudade 0 1.766 11/17/2010 - 18:31 Português
Poesia/Geral fuga 0 1.448 11/17/2010 - 18:31 Português
Poesia/Amor era uma vez... 7 646 03/28/2010 - 17:44 Português
Prosas/Contos A Borboleta 1 643 03/28/2010 - 11:47 Português
Poesia/Amor viagem 2 755 03/27/2010 - 04:04 Português
Poesia/Amor diz-me.. 3 789 03/27/2010 - 03:58 Português
Poesia/Meditação think pink! 2 749 03/04/2010 - 16:11 Português
Poesia/Geral reflexo 3 613 03/04/2010 - 13:49 Português
Poesia/Amor disseste 6 605 03/04/2010 - 13:28 Português
Poesia/Amor papagaio de papel 3 717 03/03/2010 - 16:47 Português
Poesia/Tristeza melodrama 3 671 03/03/2010 - 16:36 Português
Poesia/Dedicado hoje morri 5 780 03/03/2010 - 16:07 Português
Poesia/Dedicado dia de rosas vermelhas 6 600 03/03/2010 - 16:03 Português
Poesia/Dedicado manhã 7 604 03/03/2010 - 15:14 Português