CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

As pedras

A beleza pode soar como o barulho das ondas
Que encharcam as pedras de uma praia;
Ruidosas defendem-se da erosão dos hábitos!
O belo está na simplicidade!
Inútil é a ânsia de acrescentar…
Por isso as pedras se defendem,
Porque cada onda que bate,
Cada corrente que as afoga,
O faz de forma diferente!
Mais ou menos intensa
Conforme os desígnios da maré.

Submited by

segunda-feira, novembro 2, 2009 - 19:27

Poesia :

No votes yet

MartaBaptista

imagem de MartaBaptista
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 10 anos 3 semanas
Membro desde: 07/05/2009
Conteúdos:
Pontos: 219

Comentários

imagem de RuiLima

Re: As pedras

Adoro a maneira como escreves e mais ainda as ideias.
Parabéns

imagem de MartaBaptista

Re: As pedras

Obrigada, Rui.

Tento sempre escrever com um sentido, não quero ser moralista, mas idealista.

Beijo,
Marta

imagem de FlaviaAssaife

Re: As pedras

MartaBaptista,

Grande verdade! Belo poema!

"O belo está na simplicidade!"

imagem de MartaBaptista

Re: As pedras

Muito obrigada a todos pelos comentários!

Beijos e abraços,
Marta.

imagem de MarneDulinski

Re: As pedras

MartaBaptista!
Lindo,o bater das ondas nas pedras!
Lindo seu Poema
MarneDulinski

imagem de LaRoche

Re: As pedras

MartaBaptista,
Há seixos que apreciam a harmonia do murmurar oceânico, sem que por isso queiram mudar o seu próprio cantar.
Gostei inemso deste poema de reserva interior.

imagem de RobertoEstevesdaFonseca

Re: As pedras

Parabéns pelo teu poema.

Adorei o paralelo do barulho das ondas com a beleza.

Parabéns,
Um abraço,
REF

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of MartaBaptista

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Videos/Perfil 591 0 674 11/24/2010 - 21:52 Português
Videos/Perfil 590 0 682 11/24/2010 - 21:52 Português
Fotos/ - 1411 0 1.201 11/23/2010 - 23:39 Português
Prosas/Outros Crónica incompleta: A linha do Douro 0 520 11/18/2010 - 22:51 Português
Poesia/Geral Eu sou feita também dos pássaros 5 537 03/18/2010 - 18:32 Português
Poesia/Geral Eu estou aqui! 3 434 03/18/2010 - 18:12 Português
Poesia/Geral A direcção do rio 5 407 03/14/2010 - 15:30 Português
Poesia/Geral O farol 3 471 03/09/2010 - 01:42 Português
Poesia/Geral O sonho 2 585 03/09/2010 - 01:37 Português
Poesia/Geral Atenta 4 595 11/07/2009 - 19:50 Português
Poesia/Geral As pedras 7 546 11/05/2009 - 21:08 Português
Poesia/Geral És estátua 11 533 10/30/2009 - 22:25 Português
Poesia/Geral A resposta 4 397 10/25/2009 - 23:50 Português
Poesia/Geral O meu maestro 9 508 10/25/2009 - 15:52 Português
Poesia/Geral A eternidade do tempo 7 541 10/24/2009 - 20:25 Português
Poesia/Geral Um Propósito 4 413 10/20/2009 - 19:01 Português
Poesia/Geral Paladar 11 535 10/19/2009 - 22:58 Português
Prosas/Outros Uma carta para alguém- 2º Momento 1 455 10/19/2009 - 03:25 Português
Poesia/Dedicado Dedicatória " O dessasombro" 7 655 10/18/2009 - 22:09 Português
Poesia/Geral Poeta sem talento 6 466 10/17/2009 - 12:22 Português
Poesia/Geral Hoje podia contar-te um segredo 8 463 10/16/2009 - 22:30 Português
Prosas/Outros Uma carta para alguém - 1º momento 1 497 10/16/2009 - 14:55 Português
Poesia/Geral A última viagem 3 532 10/16/2009 - 00:25 Português
Poesia/Geral Ainda perto do Farol 2 418 10/15/2009 - 16:43 Português
Poesia/Geral Não me culpes 3 505 10/15/2009 - 01:37 Português