CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

SÚPLICA Á PRIMAVERA

Abre o manto Primavera
Sobre o chão que me viu nascer
Não negues ao meu coração que espera
as flores ver crescer...
Pede ao sol seu hálito ardente
Que alivie o pensamento sombrio
da sombra que sou
Me faça esquecer o tempo fugente
Que os céus ouçam o eco do meu grito vazio.
E me dê um pouco do brilho que a vida
me tirou.

Primavera que te hospedas no meu peito
Quando a oliveira já ostenta o candeio
Nas horas solitárias já sem jeito
Quando ainda aninho o amor no seio.
Estende-me os braços
Traz-me o calor do sol que fecunda a terra
Reconforta meu coração da tristeza que encerra.
Leva aos ausentes de quem lembro meus abraços.

Primavera faz sonhar quem vive
O pouco que tenho... é pouco é nada!
Traz-me a primavera que já tive
Antes que se renda o dia e eu cansada.
Volte eu a a relembrar e a pousar a vista,
esquecendo os dias de viver já gastos.
Aos anos que passam, não há quem resista!
Não voltarão os sonhos castos
que eram como uma benção ou alento,
e já se dissipam como água que corre.
Não sei se acredito ou se invento
Mas enquanto o coração não morre
sonhar será meu doce entendimento.

natalia nuno
rosafogo

Submited by

quinta-feira, abril 5, 2012 - 16:47

Poesia :

No votes yet

natalianuno

imagem de natalianuno
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 1 semana 3 dias
Membro desde: 12/17/2009
Conteúdos:
Pontos: 686

Comentários

imagem de natalianuno

Gratidão

Na Primavera o tempo se esquece, tudo renasce por entre perfumes,
aromas e sonhos e assim às vezes ainda me sinto menina encantada.
Grata amiga pelas palavras carinhosas.

Bjs.

imagem de Nostalgia

Belíssimo poema. De arrepiar

Belíssimo poema. De arrepiar a pele.
A primavera é uma estação de esperança, e espero que essa esperança renasça, a cada dia que passa, para todos. Esperança de um dia bem passado, sem lembranças tristes ou acidentes. Tudo o resto são momentos que cada um esculpe ao seu jeito.
Força amiga natalianuno
Bjs

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of natalianuno

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Geral palavras d'água... 0 38 04/07/2019 - 13:18 Português
Poesia/Desilusão foi ao espelho e nunca mais voltou... 0 254 04/14/2016 - 17:46 Português
Poesia/Desilusão não matem os pássaros 0 213 04/14/2016 - 17:41 Português
Poesia/Desilusão pequena prosa poética 0 203 04/07/2016 - 00:11 Português
Poesia/Amor palavras por dizer... 0 245 04/05/2016 - 18:25 Português
Poesia/Amor passo o tempo a desejar-te 0 306 04/05/2016 - 18:18 Português
Poesia/Desilusão já não me sei... 2 352 04/05/2016 - 18:13 Português
Poesia/Geral tantas ilusões... 0 377 04/02/2016 - 17:29 Português
Poesia/Geral um resto de sonho... 0 534 01/25/2013 - 12:29 Português
Fotos/Cidades MOSCOVO-METRO 0 909 01/23/2013 - 01:13 Português
Fotos/História CHINA-MURALHA 0 965 01/23/2013 - 01:06 Português
Poesia/Meditação sonho dum momento só meu 6 515 01/23/2013 - 00:19 Português
Poesia/Geral desafio o silêncio 4 470 01/22/2013 - 00:58 Português
Poesia/Amor MEU AMOR 5 793 01/21/2013 - 16:36 Português
Poesia/Dedicado gosto de coisas simples 1 860 08/11/2012 - 20:19 Português
Poesia/Desilusão NO EXÍLIO DA MEMÓRIA 3 824 06/01/2012 - 19:44 Português
Poesia/Desilusão ESPELHO D'ÁGUA 1 652 04/26/2012 - 23:04 Português
Poesia/Tristeza ENTRE O SONHO E O VAZIO 5 561 04/19/2012 - 22:13 Português
Poesia/Geral GOTAS DE ORVALHO 3 611 04/17/2012 - 19:03 Português
Poesia/Geral ALGUÉM ME ABRIU OS BRAÇOS 4 415 04/17/2012 - 18:53 Português
Fotos/Monumentos CATEDRAL D'UOMO MILÃO 0 3.706 04/13/2012 - 15:27 Português
Fotos/Monumentos Catedral de Milão 0 891 04/13/2012 - 15:22 Português
Poesia/Geral HEI-DE SER LEMBRANÇA 4 461 04/11/2012 - 20:14 Português
Poesia/Geral SÚPLICA Á PRIMAVERA 2 448 04/11/2012 - 20:10 Português
Poesia/Geral RECOLHO AS PALAVRAS 4 681 04/11/2012 - 15:24 Português