CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Cantam mais uma vez…

Aprofunda no peito devagar, o corpo descaído no sono da insónia que o crepúsculo trouxe nas asas do sonho…
A romper o silêncio, o chilrear das gaivotas, cantam ao mar cantigas antigas nas valsas onduladas que muito bem sabem bailar…
Ao horizonte a erguer-se na ponta do oceano o tom laranja que o sol pinta ao despertar.
Esvoaçam pelo céu nuvens cinza nos ombros do vento para lá das emoções caladas…
Lentamente, o branco desce na silhueta inerte ao som da despedida escondida pelo largo olhar humedecido no sal da praia solitária.
Escorrem pelo peito, vagarosamente a ponta dos dedos que sentem os compassos do coração…o renascimento…a íris bebe com sôfrega sede todo o bafo das águas transparentes do extenso mar verde-água com vagões de luz.
Lavradas as arestas da noite, a lua despede-se envergonhada nas pontas dilatadas de um novo dia…
Os lábios finos, trémulos, deixam rasgar um tímido sorriso, leve, vindo nas alas abertas das penas que vestem as amigas marinhas…cantam mais uma vez…encantam todas as pontas da utopia em que o corpo se reergue na harmoniosa batida que lateja pelas veias florescidas nos vértices alucinados, beijados pelo firme fundamento vestido de paz…

Resposta a um desafio aqui:
http://eternofemenino.ning.com/forum/topics/uma-nova-foto-em-desafio

Submited by

domingo, fevereiro 28, 2010 - 14:27

Prosas :

No votes yet

AnaCoelho

imagem de AnaCoelho
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 6 anos 6 semanas
Membro desde: 11/14/2008
Conteúdos:
Pontos: 1789

Comentários

imagem de mariacarla

Re: Cantam mais uma vez…

Cantam mais uma vez... ao nascer do novo dia. Ao renascer num novo dia!

Beijinho

Carla

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of AnaCoelho

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Meditação Densidade do olhar 2 1.231 03/15/2018 - 08:38 Português
Poesia/Amor Contigo aprendi a sonhar 2 1.274 03/15/2018 - 08:37 Português
Poesia/Meditação Onde as nuvens pousam 1 749 11/07/2015 - 10:14 Português
Poesia/Meditação Lágrimas quentes 0 1.004 12/22/2012 - 19:02 Português
Poesia/Amor Juntos galgaremos as margens 0 1.340 12/20/2012 - 01:10 Português
Poesia/Aforismo Há uma pauta aberta 0 919 10/08/2012 - 05:36 Português
Poesia/Intervenção Fazer das letras os gestos 0 1.598 07/21/2012 - 20:14 Português
Poesia/Meditação Os vales da realidade 3 768 07/09/2012 - 07:10 Português
Poesia/Meditação Um oásis que flutua 0 525 06/25/2012 - 15:33 Português
Poesia/Dedicado Não há lábios nem lágrimas 0 1.069 06/24/2012 - 11:16 Português
Poesia/Meditação Num grito estagnado 1 1.055 06/21/2012 - 17:21 Português
Poesia/Amizade Amigo...preenchimento do verbo amar 1 1.043 06/20/2012 - 19:54 Português
Poesia/Meditação Cadências cálidas 1 863 06/14/2012 - 09:10 Português
Poesia/Meditação Esquina da palavra 1 1.602 06/13/2012 - 07:40 Português
Poesia/Intervenção Pura ilusão cega 3 946 04/15/2012 - 16:35 Português
Poesia/Meditação Esquina de cada utopia 1 1.184 01/06/2012 - 16:32 Português
Poesia/Meditação Os braços sonham ser asas 0 1.580 12/31/2011 - 00:49 Português
Poesia/Meditação Mar de nada 1 1.243 12/11/2011 - 18:44 Português
Poesia/Meditação Traição do destino 0 1.199 12/04/2011 - 21:41 Português
Poesia/Meditação Caminho aberto 0 1.129 11/30/2011 - 21:23 Português
Poesia/Meditação Desígnios da vida 0 1.003 11/29/2011 - 20:06 Português
Poesia/Amor Amor entre poetas 2 2.146 10/20/2011 - 12:08 Português
Poesia/Dedicado Agora Setembro Renasce 0 2.546 09/23/2011 - 04:35 Português
Poesia/Meditação Os argumentos de um poema 0 1.862 09/22/2011 - 02:49 Português
Poesia/Meditação EXCERTOS DA ALMA 1 1.657 09/19/2011 - 14:25 Português