CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

CRONICA DO AMOR LOUCO

     Não existe poesia na tua ausência. Os meus olhos percorrem o espaço e não encontram um porto seguro. Não há respostas. Não há palavras.

     Não me venha falar em amor quando não há nada mais que

     O teu sorriso encontra a verdade em minhas lágrimas.

     É o meu coração. Não passa de um velho tolo que alimenta pombos na esperança que eles levem mensagens para quem eu ainda insisto em amar. Seria muito, então, pedir um novo coração? Ou quem sabe, um sorriso desses de liquidação, para ver se consigo passar mais um dia nesse fingir em ser feliz? Quem saber ser feliz como os outros aparentam ser?

     Sem chance para o amuletos; meu coração se perde na crença de alcançar um amor que ainda teima em resistir aqui dentro. Como se apaga isso da vida da gente? Você consegue deletar um sentimento?

     Existe alguém por aí que, por um acaso, sabe como se faz para formatar um coração? Por que eu quero saber o que é o amor afinal? Um prêmio ou um jogo de roleta russa?

     Talvez o amor seja uma distorção no tempo espaço. Mas, não creio que Deus cometa a gafe de errar um endereço. Do contrário seríamos apostas num jogo de azar infinito. Seríamos uma equação mal resolvida, pequenos teoremas imersos em dúvida.

     O que sei? Que li a tua mão há algum tempo atrás e realmente vi o teu futuro. Só que menti para você e te fiz acreditar que não era sério tudo aquilo.

Submited by

quinta-feira, setembro 12, 2013 - 17:54

Prosas :

No votes yet

Daniel Kobra

imagem de Daniel Kobra
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 1 ano 49 semanas
Membro desde: 08/20/2013
Conteúdos:
Pontos: 859

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Daniel Kobra

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Amor deixa 0 1.400 06/21/2018 - 17:54 Português
Poesia/Dedicado Esses dias... 0 1.313 06/18/2018 - 12:41 Português
Fotos/Pessoais Fazendo musica... por aí 0 800 06/18/2018 - 12:22 Português
Fotos/Pessoais Detalhes 0 1.153 06/18/2018 - 12:21 Português
Fotos/Pessoais Palcos da vida - V 0 1.114 06/18/2018 - 12:20 Português
Fotos/Pessoais Palcos da vida - IV 0 1.006 06/18/2018 - 12:20 Português
Fotos/Pessoais Palcos da vida III 0 1.129 06/18/2018 - 12:19 Português
Fotos/Pessoais retrato 0 1.833 06/15/2018 - 20:51 Português
Poesia/Amor eu desejo... 0 896 06/15/2018 - 12:41 Português
Fotos/Pessoais Nos palcos da vida - II 0 900 06/15/2018 - 12:37 Português
Fotos/Pessoais Nos palcos da vida 0 980 06/15/2018 - 12:36 Português
Poesia/Pensamentos O Retorno 2 1.175 06/14/2018 - 18:38 Português
Prosas/Outros NÃO É NÃO! 0 1.067 06/14/2018 - 18:31 Português
Fotos/Pessoais Calçadas, ruas e praças 0 1.292 06/14/2018 - 18:12 Português
Fotos/Pessoais Sob as luzes 0 857 06/14/2018 - 18:11 Português
Fotos/Outros Por ai 0 1.215 06/14/2018 - 18:10 Português
Fotos/Pessoais Nos palcos da vida 0 1.250 06/14/2018 - 18:09 Português
Prosas/Outros ICARO (Crônica) 0 1.833 10/14/2014 - 15:25 Português
Poesia/Tristeza AUSÊNCIA 0 1.655 10/10/2014 - 15:57 Português
Prosas/Outros 4.4 (crônica) 0 1.372 10/10/2014 - 15:48 Português
Prosas/Outros UM TEXTO (crônica) 0 1.294 10/10/2014 - 15:24 Português
Poesia/Fantasia LUA INVEJOSA 0 1.424 10/07/2014 - 20:30 Português
Prosas/Contos NOSSA ETERNA FOME DE AFETO GENUÍNO 0 1.832 10/06/2014 - 19:10 Português
Prosas/Outros QUAL É O TEU SIGNO? (crônica) 0 1.090 10/03/2014 - 21:25 Português
Prosas/Contos A GRANDE FESTA DO PORCOS 0 2.128 10/02/2014 - 13:20 Português