CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

A VOLTA POR CIMA

A VOLTA POR CIMA (CRONICA)

            Acredito que já perdi a conta das vezes em que despertei já reclamando da vida. Aqui mesmo, nesse site, publiquei textos que representavam o momento em que vivia. Sangrei linhas e mais linhas expondo minha situação. Talvez seja a sina daqueles que adoram histórias contarem para o mundo suas desventuras e conquistas. Não sei. Mas, acho que é da natureza humana reclamar.
          
           Pois bem, deixei de reclamar da vida. Em algum momento, nestes últimos dois anos, acabei descobrindo que "viver" é muito mais simples do que se imagina. E é bom! Como é bom poder acordar e sair para a rua, caminhar até o local de destino, conversar com as pessoas, ouvir a opinião alheia. Como é bom estar vivo!

            Mas isso não aconteceu de uma hora para outra. Passei muito tempo buscando a solução estampada em algum rosto, pintada em algum muro, disfarçada em algum atendimento bancário. Cansei de procurar pistas para ser feliz. Deixei de lado as crenças infundadas que "felicidade" está atrelada a posses, a status, poder.

             Conheci pessoas que acreditaram nisso. E por isso acabaram experimentando uma realidade diferente da almejada. De nada adiantou mentir, agir com indiferença, brincar com os sentimentos alheios. No final das contas - ou melhor, no início do acerto de contas, a vida acaba se encarregando desse tipo de gente e do seu comportamento.

             Não guardo comigo qualquer tipo de referência amigável a pessoas que agem dessa forma. São seres que insistem em acreditar que são o centro do universo. São calculistas e tratam seus pares e qualquer um que se aproxime, como lixo.

             Bem, quando me deparei com esse tipo de situação em minha vida, quando tive contato com este tipo de ser, fui enganado a ponto de acreditar que tudo estava acontecendo de uma forma justa e correta. Porém, com o tempo, a lógica mostrou que tudo não passava de uma armadilha. Fui tolo, um objeto nas mãos de uma pessoa vazia. O tempo passou e acabei por me deparar com a pergunta derradeira: continuo ou não? Resolvi continuar e, com muito sacrifício e fé, superei aquele que foi o meu maior obstáculo e a minha maior prova.

             Por que estou escrevendo sobre isso? Talvez por que acho necessário dizer que para toda a situação que se apresenta como insolúvel existe uma alternativa, uma possibilidade.

             Acredite: para cada situação que se apresente como "fundo do poço" sempre há a possibilidade de uma volta por cima! ;)

Submited by

quinta-feira, junho 26, 2014 - 15:20

Prosas :

No votes yet

Daniel Kobra

imagem de Daniel Kobra
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 1 ano 49 semanas
Membro desde: 08/20/2013
Conteúdos:
Pontos: 859

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Daniel Kobra

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Amor deixa 0 1.393 06/21/2018 - 17:54 Português
Poesia/Dedicado Esses dias... 0 1.308 06/18/2018 - 12:41 Português
Fotos/Pessoais Fazendo musica... por aí 0 794 06/18/2018 - 12:22 Português
Fotos/Pessoais Detalhes 0 1.133 06/18/2018 - 12:21 Português
Fotos/Pessoais Palcos da vida - V 0 1.107 06/18/2018 - 12:20 Português
Fotos/Pessoais Palcos da vida - IV 0 1.001 06/18/2018 - 12:20 Português
Fotos/Pessoais Palcos da vida III 0 1.121 06/18/2018 - 12:19 Português
Fotos/Pessoais retrato 0 1.817 06/15/2018 - 20:51 Português
Poesia/Amor eu desejo... 0 876 06/15/2018 - 12:41 Português
Fotos/Pessoais Nos palcos da vida - II 0 893 06/15/2018 - 12:37 Português
Fotos/Pessoais Nos palcos da vida 0 974 06/15/2018 - 12:36 Português
Poesia/Pensamentos O Retorno 2 1.168 06/14/2018 - 18:38 Português
Prosas/Outros NÃO É NÃO! 0 1.063 06/14/2018 - 18:31 Português
Fotos/Pessoais Calçadas, ruas e praças 0 1.286 06/14/2018 - 18:12 Português
Fotos/Pessoais Sob as luzes 0 833 06/14/2018 - 18:11 Português
Fotos/Outros Por ai 0 1.206 06/14/2018 - 18:10 Português
Fotos/Pessoais Nos palcos da vida 0 1.243 06/14/2018 - 18:09 Português
Prosas/Outros ICARO (Crônica) 0 1.828 10/14/2014 - 15:25 Português
Poesia/Tristeza AUSÊNCIA 0 1.649 10/10/2014 - 15:57 Português
Prosas/Outros 4.4 (crônica) 0 1.365 10/10/2014 - 15:48 Português
Prosas/Outros UM TEXTO (crônica) 0 1.278 10/10/2014 - 15:24 Português
Poesia/Fantasia LUA INVEJOSA 0 1.417 10/07/2014 - 20:30 Português
Prosas/Contos NOSSA ETERNA FOME DE AFETO GENUÍNO 0 1.825 10/06/2014 - 19:10 Português
Prosas/Outros QUAL É O TEU SIGNO? (crônica) 0 1.085 10/03/2014 - 21:25 Português
Prosas/Contos A GRANDE FESTA DO PORCOS 0 2.122 10/02/2014 - 13:20 Português