CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

A ARTE DA PRUDÊNCIA, Baltasar Gracián

A prudência, aprendemos, deve ser exercida com parcimônia. Nem tanto. Nem tão pouca. No entanto, com o passar dos anos, dizemos, deixamos de apreciar a imprudência - como prova de vitalidade - e passamos a cultivar a prudência, afinal, nem tudo é o que parece. A arte vem de longa data e a obra referenciada dela trata com os excessos próprios da época em que foi escrita. Hoje, talvez a maioria das colocações sejam desprezadas: quer como meio de vida, quer como meio de sobrevivência na extensa e "livre" floresta que permeia as relações de negócios. "Gênio e engenho"; "Levar as coisas com reticência"; "Saber subtrair-se";"Pensar e repensar"; "Não desprezar o mal por ser pouco". Esses aforismos, por si só, dão bem a medida de como deviam se portar as pessoas à época, para sobreviverem. Afinal, o autor viveu no Século XVII. Assim, mesmo que apenas o consideremos por suas alternâncias (bem, mal, bom, mau, etc), est'A Arte da Prudência permanece atual, porque como civilização muito ainda teremos que evoluir.

Submited by

terça-feira, julho 14, 2009 - 00:49

Críticas :

No votes yet

PedroDuBois

imagem de PedroDuBois
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 6 anos 43 semanas
Membro desde: 03/15/2009
Conteúdos:
Pontos: 1484

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of PedroDuBois

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Geral CONFUSÕES 1 1.322 02/27/2018 - 12:02 Português
Poesia/Geral AVESSOS 3 1.352 02/27/2018 - 12:01 Português
Fotos/ - Foto 0 3.844 11/24/2010 - 00:39 Português
Críticas/Livros Brisa em Bizâncio, Fernando José Karl 0 1.592 11/19/2010 - 02:39 Português
Críticas/Livros HOMEM NO ESCURO, Paul Auster 0 2.228 11/19/2010 - 02:39 Português
Críticas/Livros AS METAMORFOSES, Murilo Mendes 0 2.438 11/19/2010 - 02:39 Português
Críticas/Livros MATERIA DE POESIA, Manoel de Barros 0 2.480 11/19/2010 - 02:39 Português
Críticas/Livros A ARTE DA PRUDÊNCIA, Baltasar Gracián 0 2.755 11/19/2010 - 02:39 Português
Poesia/Geral PRÊMIOS 0 1.901 11/18/2010 - 16:22 Português
Poesia/Geral ÚNICA TESTEMUNHA 0 1.496 11/17/2010 - 23:56 Português
Poesia/Geral A CASA DIVERSA 0 1.595 11/17/2010 - 23:54 Português
Poesia/Geral CORDAS 0 1.593 11/17/2010 - 23:46 Português
Poesia/Geral ENTREVISTO 0 2.209 11/17/2010 - 23:43 Português
Poesia/Geral (DO QUE SEI) 0 2.727 11/17/2010 - 23:25 Português
Poesia/Geral O COLETOR DE RUÍNAS 0 1.224 11/17/2010 - 23:25 Português
Poesia/Geral BREVES 3 1.729 07/16/2010 - 11:32 Português
Poesia/Geral RELEMBRANÇAS 0 1.052 07/13/2010 - 12:46 Português
Poesia/Geral AMARES 1 1.663 07/10/2010 - 00:13 Português
Poesia/Geral MAR ABERTO 0 1.431 07/09/2010 - 19:00 Português
Poesia/Geral A ÁRVORE PELA RAÍZ 1 1.124 04/29/2010 - 01:06 Português
Poesia/Geral ANDAR 5 1.787 04/28/2010 - 02:28 Português
Poesia/Geral BAILAR 4 1.412 04/26/2010 - 04:12 Português
Poesia/Geral ARES DA TERRA 2 1.432 04/23/2010 - 21:45 Português
Poesia/Geral LIBERDADE 3 1.278 04/21/2010 - 19:56 Português
Poesia/Geral PEDRAS 2 1.084 04/18/2010 - 17:30 Português