CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

CONFUSÕES

As confusões como referências
aos eternizados espíritos aventureiros
prometem ações desmedidas
e ligações a cobrar informam
sobre o andamento dos negócios
com que o corpo se mantém
na crista da onda
das vaidades
e o estilo
se apresenta no olhar
sombrio do personagem
aberto aos estremecimentos
das almas desconsideradas
...

(Pedro Du Bois, POETAS EM OBRAS, Vol. I, fragmento)

Submited by

segunda-feira, setembro 7, 2009 - 21:42

Poesia :

Your rating: None (1 vote)

PedroDuBois

imagem de PedroDuBois
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 6 anos 18 semanas
Membro desde: 03/15/2009
Conteúdos:
Pontos: 1484

Comentários

imagem de Joel

das almas desconsideradas

das almas desconsideradas

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of PedroDuBois

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Geral CONFUSÕES 1 1.148 02/27/2018 - 12:02 Português
Poesia/Geral AVESSOS 3 1.199 02/27/2018 - 12:01 Português
Fotos/ - Foto 0 3.640 11/24/2010 - 00:39 Português
Críticas/Livros Brisa em Bizâncio, Fernando José Karl 0 1.412 11/19/2010 - 02:39 Português
Críticas/Livros HOMEM NO ESCURO, Paul Auster 0 2.082 11/19/2010 - 02:39 Português
Críticas/Livros AS METAMORFOSES, Murilo Mendes 0 2.282 11/19/2010 - 02:39 Português
Críticas/Livros MATERIA DE POESIA, Manoel de Barros 0 2.238 11/19/2010 - 02:39 Português
Críticas/Livros A ARTE DA PRUDÊNCIA, Baltasar Gracián 0 2.569 11/19/2010 - 02:39 Português
Poesia/Geral PRÊMIOS 0 1.797 11/18/2010 - 16:22 Português
Poesia/Geral ÚNICA TESTEMUNHA 0 1.315 11/17/2010 - 23:56 Português
Poesia/Geral A CASA DIVERSA 0 1.473 11/17/2010 - 23:54 Português
Poesia/Geral CORDAS 0 1.461 11/17/2010 - 23:46 Português
Poesia/Geral ENTREVISTO 0 2.058 11/17/2010 - 23:43 Português
Poesia/Geral (DO QUE SEI) 0 2.612 11/17/2010 - 23:25 Português
Poesia/Geral O COLETOR DE RUÍNAS 0 1.049 11/17/2010 - 23:25 Português
Poesia/Geral BREVES 3 1.588 07/16/2010 - 11:32 Português
Poesia/Geral RELEMBRANÇAS 0 966 07/13/2010 - 12:46 Português
Poesia/Geral AMARES 1 1.546 07/10/2010 - 00:13 Português
Poesia/Geral MAR ABERTO 0 1.329 07/09/2010 - 19:00 Português
Poesia/Geral A ÁRVORE PELA RAÍZ 1 1.028 04/29/2010 - 01:06 Português
Poesia/Geral ANDAR 5 1.644 04/28/2010 - 02:28 Português
Poesia/Geral BAILAR 4 1.303 04/26/2010 - 04:12 Português
Poesia/Geral ARES DA TERRA 2 1.339 04/23/2010 - 21:45 Português
Poesia/Geral LIBERDADE 3 1.139 04/21/2010 - 19:56 Português
Poesia/Geral PEDRAS 2 929 04/18/2010 - 17:30 Português