CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

PEDRAS

Revejo as ruas da infância
recobertas de pedras
contidas em formas geométricas

como devia ter sido
a minha vida: traçada
em estágios milimétricos

prefiro trilhar caminhos
em estradas tortuosas de pedregulhos
que saltam sob as rodas
dos carros em movimento

de concreto, a pedra no sapato.

(Pedro Du Bois, REENCAMINHADO)

Submited by

quarta-feira, abril 14, 2010 - 18:12

Poesia :

No votes yet

PedroDuBois

imagem de PedroDuBois
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 6 anos 46 semanas
Membro desde: 03/15/2009
Conteúdos:
Pontos: 1484

Comentários

imagem de Susan

Re: PEDRAS

Olá Pedro , gostei deste interessante não querer caminhar sobre a simétrica perfeita doa paralelepípedos...
Já que nossos caminhos são por vezes curvas.
Abraços
Susan

imagem de PedroDuBois

Re: PEDRAS

Oi Susan, é verdade, somos recurvadas figuras tentadas em linhas retas. Barrocos, creio. Abraços, Pedro.

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of PedroDuBois

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Geral CONFUSÕES 1 1.331 02/27/2018 - 12:02 Português
Poesia/Geral AVESSOS 3 1.372 02/27/2018 - 12:01 Português
Fotos/ - Foto 0 3.867 11/24/2010 - 00:39 Português
Críticas/Livros Brisa em Bizâncio, Fernando José Karl 0 1.608 11/19/2010 - 02:39 Português
Críticas/Livros HOMEM NO ESCURO, Paul Auster 0 2.247 11/19/2010 - 02:39 Português
Críticas/Livros AS METAMORFOSES, Murilo Mendes 0 2.450 11/19/2010 - 02:39 Português
Críticas/Livros MATERIA DE POESIA, Manoel de Barros 0 2.495 11/19/2010 - 02:39 Português
Críticas/Livros A ARTE DA PRUDÊNCIA, Baltasar Gracián 0 2.769 11/19/2010 - 02:39 Português
Poesia/Geral PRÊMIOS 0 1.913 11/18/2010 - 16:22 Português
Poesia/Geral ÚNICA TESTEMUNHA 0 1.512 11/17/2010 - 23:56 Português
Poesia/Geral A CASA DIVERSA 0 1.606 11/17/2010 - 23:54 Português
Poesia/Geral CORDAS 0 1.607 11/17/2010 - 23:46 Português
Poesia/Geral ENTREVISTO 0 2.219 11/17/2010 - 23:43 Português
Poesia/Geral (DO QUE SEI) 0 2.734 11/17/2010 - 23:25 Português
Poesia/Geral O COLETOR DE RUÍNAS 0 1.243 11/17/2010 - 23:25 Português
Poesia/Geral BREVES 3 1.746 07/16/2010 - 11:32 Português
Poesia/Geral RELEMBRANÇAS 0 1.058 07/13/2010 - 12:46 Português
Poesia/Geral AMARES 1 1.678 07/10/2010 - 00:13 Português
Poesia/Geral MAR ABERTO 0 1.439 07/09/2010 - 19:00 Português
Poesia/Geral A ÁRVORE PELA RAÍZ 1 1.138 04/29/2010 - 01:06 Português
Poesia/Geral ANDAR 5 1.793 04/28/2010 - 02:28 Português
Poesia/Geral BAILAR 4 1.432 04/26/2010 - 04:12 Português
Poesia/Geral ARES DA TERRA 2 1.441 04/23/2010 - 21:45 Português
Poesia/Geral LIBERDADE 3 1.301 04/21/2010 - 19:56 Português
Poesia/Geral PEDRAS 2 1.098 04/18/2010 - 17:30 Português