CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

AS METAMORFOSES, Murilo Mendes

O modernismo, no Brasil, atraiu diversos escritores. Épocas difíceis em que as palavras, fora do contexto conservador, não obtinham aceitação. No entanto, os modernistas - apesar das vaias durante a Semana da Arte Moderna, em 1922 - forçaram e conseguiram seu lugar na literatura brasileira. Dentre eles, Murilo Mendes se destacou como palavra renovadora em nosso viés poético. Metamorfoses, desde o título, trata desse avanço, trazendo não só nossos compassos e andamentos, como temas novos à nossa poética: rompeu amarras e soube transcender aspectos e dicções. Obra inconteste, é leitura obrigatória não só para os amantes da boa - e profunda - poesia, como para os adeptos de novas visões sobre a literatura.

Submited by

domingo, julho 12, 2009 - 01:00

Críticas :

No votes yet

PedroDuBois

imagem de PedroDuBois
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 6 anos 47 semanas
Membro desde: 03/15/2009
Conteúdos:
Pontos: 1484

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of PedroDuBois

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Geral CONFUSÕES 1 1.334 02/27/2018 - 12:02 Português
Poesia/Geral AVESSOS 3 1.373 02/27/2018 - 12:01 Português
Fotos/ - Foto 0 3.868 11/24/2010 - 00:39 Português
Críticas/Livros Brisa em Bizâncio, Fernando José Karl 0 1.610 11/19/2010 - 02:39 Português
Críticas/Livros HOMEM NO ESCURO, Paul Auster 0 2.248 11/19/2010 - 02:39 Português
Críticas/Livros AS METAMORFOSES, Murilo Mendes 0 2.451 11/19/2010 - 02:39 Português
Críticas/Livros MATERIA DE POESIA, Manoel de Barros 0 2.497 11/19/2010 - 02:39 Português
Críticas/Livros A ARTE DA PRUDÊNCIA, Baltasar Gracián 0 2.769 11/19/2010 - 02:39 Português
Poesia/Geral PRÊMIOS 0 1.917 11/18/2010 - 16:22 Português
Poesia/Geral ÚNICA TESTEMUNHA 0 1.512 11/17/2010 - 23:56 Português
Poesia/Geral A CASA DIVERSA 0 1.606 11/17/2010 - 23:54 Português
Poesia/Geral CORDAS 0 1.608 11/17/2010 - 23:46 Português
Poesia/Geral ENTREVISTO 0 2.220 11/17/2010 - 23:43 Português
Poesia/Geral (DO QUE SEI) 0 2.735 11/17/2010 - 23:25 Português
Poesia/Geral O COLETOR DE RUÍNAS 0 1.245 11/17/2010 - 23:25 Português
Poesia/Geral BREVES 3 1.747 07/16/2010 - 11:32 Português
Poesia/Geral RELEMBRANÇAS 0 1.061 07/13/2010 - 12:46 Português
Poesia/Geral AMARES 1 1.680 07/10/2010 - 00:13 Português
Poesia/Geral MAR ABERTO 0 1.439 07/09/2010 - 19:00 Português
Poesia/Geral A ÁRVORE PELA RAÍZ 1 1.139 04/29/2010 - 01:06 Português
Poesia/Geral ANDAR 5 1.793 04/28/2010 - 02:28 Português
Poesia/Geral BAILAR 4 1.434 04/26/2010 - 04:12 Português
Poesia/Geral ARES DA TERRA 2 1.441 04/23/2010 - 21:45 Português
Poesia/Geral LIBERDADE 3 1.301 04/21/2010 - 19:56 Português
Poesia/Geral PEDRAS 2 1.103 04/18/2010 - 17:30 Português