CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Borralho de um instante

Anunciada a hora
No borralho de um instante
A aurora acorda
No movimento das gotas
Descaídas nos joelhos
Esquecidos no chão

Os róseos dedos
Marcam um tempo
Nos moldes do vento
Inconsciente aragem
Nos ombros da contusão
Que se esvai num acto de coragem

Fica sepultada
Pois é chegada a hora
Proclamada
Em que a alma se abraça
Numa nova senda
Longe do eterno sono
Da inquietação

Aconchegada na obediência
Do silêncio que a guia
Com beijos latentes
No saliente destino
Uma nova era reitera

Submited by

quinta-feira, janeiro 28, 2010 - 19:57

Poesia :

No votes yet

AnaCoelho

imagem de AnaCoelho
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 6 anos 6 semanas
Membro desde: 11/14/2008
Conteúdos:
Pontos: 1789

Comentários

imagem de jopeman

Re: Borralho de um instante

é hora de um fiapo de luz

sempre boa a tua poesia

bjos

imagem de Librisscriptaest

Re: Borralho de um instante

"No saliente destino
Uma nova era reitera"
O renascer das cinzas, como fénix!
Sempre requintada!
Beijinho em ti Ana
Inês

imagem de MarneDulinski

Re: Borralho de um instante

LINDO POEMA, GOSTEI!
Meus parabéns,
Marne

imagem de Larry

Re: Borralho de um instante

Parabéns! Que sensibilidade! Beijos!

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of AnaCoelho

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Meditação Densidade do olhar 2 1.229 03/15/2018 - 08:38 Português
Poesia/Amor Contigo aprendi a sonhar 2 1.272 03/15/2018 - 08:37 Português
Poesia/Meditação Onde as nuvens pousam 1 747 11/07/2015 - 10:14 Português
Poesia/Meditação Lágrimas quentes 0 1.003 12/22/2012 - 19:02 Português
Poesia/Amor Juntos galgaremos as margens 0 1.339 12/20/2012 - 01:10 Português
Poesia/Aforismo Há uma pauta aberta 0 918 10/08/2012 - 05:36 Português
Poesia/Intervenção Fazer das letras os gestos 0 1.597 07/21/2012 - 20:14 Português
Poesia/Meditação Os vales da realidade 3 767 07/09/2012 - 07:10 Português
Poesia/Meditação Um oásis que flutua 0 523 06/25/2012 - 15:33 Português
Poesia/Dedicado Não há lábios nem lágrimas 0 1.067 06/24/2012 - 11:16 Português
Poesia/Meditação Num grito estagnado 1 1.052 06/21/2012 - 17:21 Português
Poesia/Amizade Amigo...preenchimento do verbo amar 1 1.034 06/20/2012 - 19:54 Português
Poesia/Meditação Cadências cálidas 1 861 06/14/2012 - 09:10 Português
Poesia/Meditação Esquina da palavra 1 1.601 06/13/2012 - 07:40 Português
Poesia/Intervenção Pura ilusão cega 3 943 04/15/2012 - 16:35 Português
Poesia/Meditação Esquina de cada utopia 1 1.183 01/06/2012 - 16:32 Português
Poesia/Meditação Os braços sonham ser asas 0 1.578 12/31/2011 - 00:49 Português
Poesia/Meditação Mar de nada 1 1.242 12/11/2011 - 18:44 Português
Poesia/Meditação Traição do destino 0 1.197 12/04/2011 - 21:41 Português
Poesia/Meditação Caminho aberto 0 1.128 11/30/2011 - 21:23 Português
Poesia/Meditação Desígnios da vida 0 998 11/29/2011 - 20:06 Português
Poesia/Amor Amor entre poetas 2 2.145 10/20/2011 - 12:08 Português
Poesia/Dedicado Agora Setembro Renasce 0 2.544 09/23/2011 - 04:35 Português
Poesia/Meditação Os argumentos de um poema 0 1.860 09/22/2011 - 02:49 Português
Poesia/Meditação EXCERTOS DA ALMA 1 1.655 09/19/2011 - 14:25 Português