CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Cavalheira

Olham-me como se tivesse as pernas no lugar das orelhas. Sou generosa e mais cavalheira que um cavalheiro. Levanto-me cedendo o meu lugar ao senhor grávido, ao senhor fora de prazo, ao senhor pesado de compras plásticas, ao senhor que comeu alho e aguardente. Levanto-me e empurro as costas daquele a quem dificultam seguir em frente, tropeça no meu calcanhar e sorrio-o acenando com a cabeça abraçada à indiferença grávida de batata cozida a murro.
Sou mais cavalheira que o cavalheiro que não cede lugar à senhora magra de murros, à senhora pesada de fome, à senhora que faz figas à morte, empurra-a, tropeça a reumática vestida de negro, vejo-a ceder à falha da foice atravessada na garganta.
Morre! Sua…sua…morte cavalheira!

Submited by

segunda-feira, março 29, 2010 - 18:16

Poesia :

No votes yet

Benedita

imagem de Benedita
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 10 anos 1 semana
Membro desde: 02/03/2010
Conteúdos:
Pontos: 537

Comentários

imagem de Henrique

Re: Cavalheira

Complexidade total!!!

:-)

imagem de mariacarla

Re: Cavalheira

"Sou generosa e mais cavalheira que um cavalheiro"

E poucos são os que notam...

Carla

imagem de Lapis-Lazuli

Re: Cavalheira

Sei lá...
Ès coisa...coisa que nos cospe em cima, que nos viola as mentiras tatuadas com letras que são verdades indiziveis escondidas dentro de nós.
Não és poesia, és coisa...cáustica,agridoce e malagueta, és especiaria não sei quê que tempera sentimentos daquilo que se respira para lá da frase feita.
Morre! Sua...sua...cavalheira!
Mas morre afogada em tinta e brinda-nos com sangue destes momentos singulares!
Colossal...uma vénia cavalheira...e vou-te dizer fantástica, porque não me ocorre além disto!!!
Bravo senhora!!!

imagem de Anita

Re: Cavalheira

Excelentes e pensadas palavras em expressivas ideias.

Saudações, Anita

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Benedita

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Videos/Perfil 969 0 1.132 11/24/2010 - 22:07 Português
Fotos/ - 3497 0 1.883 11/23/2010 - 23:54 Português
Prosas/Pensamentos Muitos Cavalos 0 1.259 11/18/2010 - 23:03 Português
Prosas/Tristeza Pascola 0 1.290 11/18/2010 - 23:03 Português
Prosas/Contos O Prédio 0 1.082 11/18/2010 - 23:03 Português
Prosas/Contos O Joel Disse 0 991 11/18/2010 - 23:02 Português
Prosas/Contos As Outras 0 1.425 11/18/2010 - 23:02 Português
Prosas/Pensamentos Contra-Não 0 1.246 11/18/2010 - 23:02 Português
Prosas/Contos Mulheres Baixas 0 1.258 11/18/2010 - 23:02 Português
Prosas/Contos Fumo ou Vapor? 0 901 11/18/2010 - 23:02 Português
Prosas/Contos Soraya 0 1.303 11/18/2010 - 23:02 Português
Prosas/Contos Hiper Activo 0 964 11/18/2010 - 23:02 Português
Prosas/Contos Dia dos Namorados 0 781 11/18/2010 - 23:02 Português
Prosas/Contos Despedida 0 871 11/18/2010 - 23:02 Português
Prosas/Contos Que dia é Hoje? 0 508 11/18/2010 - 23:02 Português
Prosas/Contos A"S"sombra 0 861 11/18/2010 - 23:02 Português
Poesia/Pensamentos Lantejoulas 2 732 04/01/2010 - 18:20 Português
Poesia/Pensamentos Idoso Criminoso 3 809 04/01/2010 - 17:16 Português
Poesia/Pensamentos Paredes do Miocárdio 2 789 04/01/2010 - 17:12 Português
Poesia/Pensamentos A Parte de Trás do Meu Cão 3 591 03/30/2010 - 16:38 Português
Poesia/Pensamentos Cavalheira 4 1.013 03/30/2010 - 16:18 Português
Poesia/Pensamentos És Cólica 1 1.077 03/27/2010 - 16:39 Português
Poesia/Pensamentos Torre de Controlo 1 741 03/27/2010 - 16:38 Português
Poesia/Pensamentos Ninho 1 866 03/27/2010 - 16:35 Português
Poesia/Pensamentos Morte Lenta 4 693 03/26/2010 - 15:30 Português