CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Lantejoulas

O Adérito descalça a areia pequena e lantejoula dos colarinhos da blusa ao areal reflecte o sol, expõe a luz, o Adérito encerra os olhos com as mangas do vestido de tafetá da areia azul reflectida nos olhos do peixe que nada, nada faz, esconde nas meias a lantejoula do Adérito e pesca o cabelo fino de brilho luminoso perfumado de pequenos céus escondidos por jocosas nuvens, figuras que o vento lá em cima desenha e molda o algodão dos ares. A lantejoula espreme tecidos nos corpos vestidos de água fria de olhar tão frio, o peixe ignora o isco brilhante de dedos de sol. Atira as lantejoulas, Adérito! Atira-as e esquece-as, elas não são as tuas escamas, por ti não emanam luzinhas que acendeste e as deixas acesas até as confundires com o sol que te queima a sanidade. Cai, Adérito! Cai no isco real que o peixe distraiu para ti e nada, nada para longe da areia onde deixei o meu vestido de lantejoulas.

Submited by

quarta-feira, março 31, 2010 - 22:56

Poesia :

No votes yet

Benedita

imagem de Benedita
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 9 anos 20 semanas
Membro desde: 02/03/2010
Conteúdos:
Pontos: 537

Comentários

imagem de Henrique

Re: Lantejoulas

Bom poema!!!

:-)

imagem de mariacarla

Re: Lantejoulas

Que bom seria deitar para bem longe um vestido de lantejoulas! Perder e esquecer... bem... a esta hora estou a divagar!

Gosto de acabar de te ler e sorrir cá por dentro, entendes?!

Beijinho

Carla

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Benedita

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Videos/Perfil 969 0 996 11/24/2010 - 23:07 Português
Fotos/ - 3497 0 1.723 11/24/2010 - 00:54 Português
Prosas/Pensamentos Muitos Cavalos 0 1.144 11/19/2010 - 00:03 Português
Prosas/Tristeza Pascola 0 1.149 11/19/2010 - 00:03 Português
Prosas/Contos O Prédio 0 954 11/19/2010 - 00:03 Português
Prosas/Contos O Joel Disse 0 860 11/19/2010 - 00:02 Português
Prosas/Contos As Outras 0 1.254 11/19/2010 - 00:02 Português
Prosas/Pensamentos Contra-Não 0 1.141 11/19/2010 - 00:02 Português
Prosas/Contos Mulheres Baixas 0 1.163 11/19/2010 - 00:02 Português
Prosas/Contos Fumo ou Vapor? 0 776 11/19/2010 - 00:02 Português
Prosas/Contos Soraya 0 1.195 11/19/2010 - 00:02 Português
Prosas/Contos Hiper Activo 0 835 11/19/2010 - 00:02 Português
Prosas/Contos Dia dos Namorados 0 695 11/19/2010 - 00:02 Português
Prosas/Contos Despedida 0 723 11/19/2010 - 00:02 Português
Prosas/Contos Que dia é Hoje? 0 416 11/19/2010 - 00:02 Português
Prosas/Contos A"S"sombra 0 709 11/19/2010 - 00:02 Português
Poesia/Pensamentos Lantejoulas 2 600 04/01/2010 - 19:20 Português
Poesia/Pensamentos Idoso Criminoso 3 693 04/01/2010 - 18:16 Português
Poesia/Pensamentos Paredes do Miocárdio 2 642 04/01/2010 - 18:12 Português
Poesia/Pensamentos A Parte de Trás do Meu Cão 3 479 03/30/2010 - 17:38 Português
Poesia/Pensamentos Cavalheira 4 878 03/30/2010 - 17:18 Português
Poesia/Pensamentos És Cólica 1 937 03/27/2010 - 17:39 Português
Poesia/Pensamentos Torre de Controlo 1 577 03/27/2010 - 17:38 Português
Poesia/Pensamentos Ninho 1 752 03/27/2010 - 17:35 Português
Poesia/Pensamentos Morte Lenta 4 559 03/26/2010 - 16:30 Português