CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

A"S"sombra

"Silbéria!! Ó Silbéria!!!!". O vizinho da janela para a mulher. Uma vez por semana atira a chave do carro à Silvéria. Deve ser esquecida uma vez por semana e ele não se exausta de abrir a janela e cordas vocais. A hora é igual às outras, seis e trinta e cinco. Onde irá tão cedo? Insónias? Apenas o dia não é regular, o do dia do esquecimento. Aquilo tira-me o sono para o resto do dia. O Elias, mesmo perturbado com o marido preocupado, salta da cama e acabo por ter sombra ainda antes de o sol nascer. Tropeço nela desorientando-me cada esforço. A sombra segue-me, ladra e enfurece-se quando a calco.

Benedita: porque tens sempre que andar atrás de mim? Não te preocupes que não vou sair de casa. Vai para a cama, sim? É muito cedo, vai lá!

Elias: não te esqueças da chave do carro!

Benedita: eu alguma vez me esqueço? És meu marido agora? Vá, não necessito de nenhum suporte de memória e muito menos de uma sombra de quatro pernas...seis...

Elias: não te esqueces, porque sou eu que tas entrego com este lindo focinho. Pior ainda: todos os dias te esqueces também da chave de casa, deves pensar que é um utensílio de cozinha.

Benedita: está bem, está bem...queres uma medalha ou um busto em bronze em tua honra? Vai-te deitar e deixa as chaves na cozinha que daqui a duas horas faço-te o pequeno-almoço. A chave do carro para cortar o pão e a de casa para barrar a manteiga.

Elias: ok ok ok...arfff!

Submited by

quarta-feira, fevereiro 10, 2010 - 22:48

Prosas :

No votes yet

Benedita

imagem de Benedita
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 9 anos 19 semanas
Membro desde: 02/03/2010
Conteúdos:
Pontos: 537

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Benedita

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Videos/Perfil 969 0 995 11/24/2010 - 23:07 Português
Fotos/ - 3497 0 1.723 11/24/2010 - 00:54 Português
Prosas/Pensamentos Muitos Cavalos 0 1.143 11/19/2010 - 00:03 Português
Prosas/Tristeza Pascola 0 1.147 11/19/2010 - 00:03 Português
Prosas/Contos O Prédio 0 953 11/19/2010 - 00:03 Português
Prosas/Contos O Joel Disse 0 858 11/19/2010 - 00:02 Português
Prosas/Contos As Outras 0 1.254 11/19/2010 - 00:02 Português
Prosas/Pensamentos Contra-Não 0 1.141 11/19/2010 - 00:02 Português
Prosas/Contos Mulheres Baixas 0 1.163 11/19/2010 - 00:02 Português
Prosas/Contos Fumo ou Vapor? 0 773 11/19/2010 - 00:02 Português
Prosas/Contos Soraya 0 1.195 11/19/2010 - 00:02 Português
Prosas/Contos Hiper Activo 0 832 11/19/2010 - 00:02 Português
Prosas/Contos Dia dos Namorados 0 694 11/19/2010 - 00:02 Português
Prosas/Contos Despedida 0 720 11/19/2010 - 00:02 Português
Prosas/Contos Que dia é Hoje? 0 416 11/19/2010 - 00:02 Português
Prosas/Contos A"S"sombra 0 707 11/19/2010 - 00:02 Português
Poesia/Pensamentos Lantejoulas 2 600 04/01/2010 - 19:20 Português
Poesia/Pensamentos Idoso Criminoso 3 693 04/01/2010 - 18:16 Português
Poesia/Pensamentos Paredes do Miocárdio 2 637 04/01/2010 - 18:12 Português
Poesia/Pensamentos A Parte de Trás do Meu Cão 3 477 03/30/2010 - 17:38 Português
Poesia/Pensamentos Cavalheira 4 877 03/30/2010 - 17:18 Português
Poesia/Pensamentos És Cólica 1 935 03/27/2010 - 17:39 Português
Poesia/Pensamentos Torre de Controlo 1 577 03/27/2010 - 17:38 Português
Poesia/Pensamentos Ninho 1 751 03/27/2010 - 17:35 Português
Poesia/Pensamentos Morte Lenta 4 557 03/26/2010 - 16:30 Português