CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Soraya

TRIM TRIM TRIM

Benedita: está? Sim, está. Eu vou ver se está.

"É para ti, Elias". Voz de cadela. Quem será? A Galga Afegã dificilmente suponho que seja, ele deixou de se perfumar há mais de um mês.

Benedita: Elias! É para ti! Estás com algodão nos ouvidos?

Elias: quem é, caramba? Estou a ver um programa sobre caça. Ao menos pergunta quem é, sim?

Arregaça as beiças, vejo-lhe os dentes, remexe-se por debaixo da manta às bolinhas e corações e esmurra a cabeça no braço do sofá. Está mal humorado, o cão. Rosna como quem soluça.

Benedita: desculpe, ele pergunta quem quer saber dele.

Soraya: é a Soraya, conheci-o ontem no beco dos gatos.

Benedita: afinal és cadela ou gata?

Soraya: sou cadela, é claro. Não me misturo!

O Elias não morrerá facilmente, por não ter ponto de curiosidade. Parece um penedo ali no sofá, sem ansiedade, distraído com um programa de caça, a manta no dorso e aquecedor alapado ao pêlo.

Benedita: ELIAS! Por favor, vem ao telefone! Não sejas mal educado como as crias dos teus amigos!

Elias: Bolas, Benedita, eu sei lá quem é a Soraya. Não conheci ninguém ontem e muito menos pus as patas no beco dos gatos...

Leva ao focinho um biscoito de queijo. Deve ter bebido o animal e depois fica com a memória de um queijo. Dá sempre o número de telefone e para quê? Elas não resistem ao seu charme e ele resiste aos avanços delas. Bom, vai-me obrigar a inventar e recordar-me do sabor a sabão na língua.

Benedita: Soraya? ele diz que não te conhece e está adoentado, convulsões no estômago, uma perna dormente e com soluços. Deve ser engano, menina Soraya.

Soraya: conhece sim. Elogiou-me as botas brancas acima dos joelhos e o meu top com brilhantes cor-de-rosa e vermelhos. Depois declarou-se, que estava apaixonado. E francamente senhora dona do Elias: Elias não há muitos, lá bobis e fofinhos, etc há-os como gatos ao luar. Enfim, são todos iguais, são todos uns cães!

Benedita: peço desculpa por ele Soraya, mas ele teve uma grande depressão há pouco tempo, por causa de um osso de estimação desaparecido. Não o leves a mal.

Soraya: pois pois - desligou.

Voltei ao sofá onde Elias permanecia intacto e indiferente, como quem é casado. Deliciava-se com os leões a estriparem gazelas. Mudei de canal. Adiantou de muito...agora são humanos a explodirem uns nos outros...

Não rosnou e nem me olhou pelo canto do olho.

Benedita: sabes Elias, és um cão!

Submited by

sábado, fevereiro 20, 2010 - 00:19

Prosas :

No votes yet

Benedita

imagem de Benedita
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 8 anos 26 semanas
Membro desde: 02/03/2010
Conteúdos:
Pontos: 537

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Benedita

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Videos/Perfil 969 0 879 11/24/2010 - 23:07 Português
Fotos/ - 3497 0 1.147 11/24/2010 - 00:54 Português
Prosas/Pensamentos Muitos Cavalos 0 1.047 11/19/2010 - 00:03 Português
Prosas/Tristeza Pascola 0 1.019 11/19/2010 - 00:03 Português
Prosas/Contos O Prédio 0 849 11/19/2010 - 00:03 Português
Prosas/Contos O Joel Disse 0 724 11/19/2010 - 00:02 Português
Prosas/Contos As Outras 0 1.140 11/19/2010 - 00:02 Português
Prosas/Pensamentos Contra-Não 0 1.061 11/19/2010 - 00:02 Português
Prosas/Contos Mulheres Baixas 0 1.076 11/19/2010 - 00:02 Português
Prosas/Contos Fumo ou Vapor? 0 606 11/19/2010 - 00:02 Português
Prosas/Contos Soraya 0 1.068 11/19/2010 - 00:02 Português
Prosas/Contos Hiper Activo 0 735 11/19/2010 - 00:02 Português
Prosas/Contos Dia dos Namorados 0 611 11/19/2010 - 00:02 Português
Prosas/Contos Despedida 0 584 11/19/2010 - 00:02 Português
Prosas/Contos Que dia é Hoje? 0 342 11/19/2010 - 00:02 Português
Prosas/Contos A"S"sombra 0 598 11/19/2010 - 00:02 Português
Poesia/Pensamentos Lantejoulas 2 482 04/01/2010 - 19:20 Português
Poesia/Pensamentos Idoso Criminoso 3 540 04/01/2010 - 18:16 Português
Poesia/Pensamentos Paredes do Miocárdio 2 538 04/01/2010 - 18:12 Português
Poesia/Pensamentos A Parte de Trás do Meu Cão 3 377 03/30/2010 - 17:38 Português
Poesia/Pensamentos Cavalheira 4 750 03/30/2010 - 17:18 Português
Poesia/Pensamentos És Cólica 1 824 03/27/2010 - 17:39 Português
Poesia/Pensamentos Torre de Controlo 1 498 03/27/2010 - 17:38 Português
Poesia/Pensamentos Ninho 1 657 03/27/2010 - 17:35 Português
Poesia/Pensamentos Morte Lenta 4 442 03/26/2010 - 16:30 Português