CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

As Outras

Quando a Lurdes surge sem avisar é como os sismos (lá estou eu a "sismar" com os sismos). Não avisam, mas quando entram fazem estragos. Não passou a mão pela cabeça do Elias, ele aos saltos e a cauda em hélice que o fazia desequilibrar. Ela é doida por ele e nem o viu sequer. A coisa é grave! Chorava de tal maneira que o rímel com que disfarçava as brancas do cabelo, faziam-na parecer a Tina Turner.

Benedita: que se passa? Morreu alguém? Estás doente?

Lurdes:.....não...ic....foi o Lecas. Deixou-me....ic...pela ex-mulher - Choro, choro, choro - eu sabia...ic...passava a vida a falar dela e ela a vida com ele...ic...

Benedita: que esperavas de um homem com esse nome? Lecas? Faz lembrar um meia-leca em que tudo é metade. Tu sempre foste uma "metade" e a ex outra, só que a metade dela é uma fatia maior, não necessariamente a melhor, geralmente não o é, mas os "meias-lecas" não são inteiros. Deixam tudo a meio ou para trás.

Lurdes: é sempre a mesma coisa, estou farta!...ic...a ex dele era sempre a melhor, até a descascar batatas, mesmo que nunca tenha descascado nenhuma. E tudo lhe faz lembrar ela, até nomes de detergentes, tudo serve.....ic...e até os defeitos dela são qualidades, enquanto que eu só tenho defeitos...iicc...

Chora e o rímel espalhado pelo rosto, parece uma Cabo-Verdiana, só se vêem os olhos verdes.

Benedita: minha amiga, conheço bem esses estranhos seres, se conheço...mas ouve-me com atenção: tu também irás ser a mulher-obsessão de alguém algures, basta que sejas a ex.

Lurdes: ai Benedita....ic, não te importas que fique a dormir aqui esta noite?

Elias: eu cedo-te o meu lugar favorito!! É todo teu!

Lurdes: ai Elias, se todos os homens fossem uns cães como tu...ic..

Submited by

domingo, fevereiro 21, 2010 - 03:06

Prosas :

No votes yet

Benedita

imagem de Benedita
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 9 anos 48 semanas
Membro desde: 02/03/2010
Conteúdos:
Pontos: 537

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Benedita

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Videos/Perfil 969 0 1.112 11/24/2010 - 23:07 Português
Fotos/ - 3497 0 1.862 11/24/2010 - 00:54 Português
Prosas/Pensamentos Muitos Cavalos 0 1.236 11/19/2010 - 00:03 Português
Prosas/Tristeza Pascola 0 1.269 11/19/2010 - 00:03 Português
Prosas/Contos O Prédio 0 1.065 11/19/2010 - 00:03 Português
Prosas/Contos O Joel Disse 0 967 11/19/2010 - 00:02 Português
Prosas/Contos As Outras 0 1.398 11/19/2010 - 00:02 Português
Prosas/Pensamentos Contra-Não 0 1.236 11/19/2010 - 00:02 Português
Prosas/Contos Mulheres Baixas 0 1.244 11/19/2010 - 00:02 Português
Prosas/Contos Fumo ou Vapor? 0 872 11/19/2010 - 00:02 Português
Prosas/Contos Soraya 0 1.288 11/19/2010 - 00:02 Português
Prosas/Contos Hiper Activo 0 939 11/19/2010 - 00:02 Português
Prosas/Contos Dia dos Namorados 0 765 11/19/2010 - 00:02 Português
Prosas/Contos Despedida 0 852 11/19/2010 - 00:02 Português
Prosas/Contos Que dia é Hoje? 0 499 11/19/2010 - 00:02 Português
Prosas/Contos A"S"sombra 0 842 11/19/2010 - 00:02 Português
Poesia/Pensamentos Lantejoulas 2 710 04/01/2010 - 19:20 Português
Poesia/Pensamentos Idoso Criminoso 3 783 04/01/2010 - 18:16 Português
Poesia/Pensamentos Paredes do Miocárdio 2 775 04/01/2010 - 18:12 Português
Poesia/Pensamentos A Parte de Trás do Meu Cão 3 576 03/30/2010 - 17:38 Português
Poesia/Pensamentos Cavalheira 4 1.001 03/30/2010 - 17:18 Português
Poesia/Pensamentos És Cólica 1 1.053 03/27/2010 - 17:39 Português
Poesia/Pensamentos Torre de Controlo 1 708 03/27/2010 - 17:38 Português
Poesia/Pensamentos Ninho 1 836 03/27/2010 - 17:35 Português
Poesia/Pensamentos Morte Lenta 4 665 03/26/2010 - 16:30 Português