CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Meu coração é lei

Meu coração é lei,

Só eu sei, qual a ruim lei,
Quase nem outra tem,
Meu coração sem dor
Nem boca, mas dói rindo,

Só eu sei não, o porquê
Nem o como, de tal dor,
Que não se paga por lei,
Da vontade, nem é humana,

Tanto outra, nem real esta
A seja eu sei, só eu sei,
Meu mal é ser eu e eu só
Heis o quão leal à ruim lei,

É o rei coração meu, rindo
Me dói, chorar me mata,
Só não sei se isso basta
Pra apagar a dor em mim,

Que me bata Santo ofício,
Pau, aguilhão de manada,
Corno de boi, só eu sei quanto
De mim hei-de doar ao céu,

Meu coração é lei, porque não
Pode ser outra coisa em vida,
Me dói partido, foge de mim
Quando inteiro, mata dentro

De mim quando comparo no peso
De um saco vazio ao que fui e
Sou, rindo me dói, dormindo
Me traz à memória uma perdida

Praia na foz de "Búzio-meio"...

Joel Matos (04/2018)
http://joel-matos.blogspot.com

Submited by

quarta-feira, abril 18, 2018 - 17:35

Poesia :

Your rating: None (1 vote)

Joel

imagem de Joel
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 4 horas 41 minutos
Membro desde: 12/20/2009
Conteúdos:
Pontos: 40692

Comentários

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

obrigado pela leitura

obrigado pela leitura

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Joel

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Geral Na minha terra não há terra, 0 94 06/02/2020 - 16:16 Português
Poesia/Geral A sucessão dos dias e a sede de voyeur ... 0 41 06/02/2020 - 16:09 Português
Poesia/Geral O Amor é uma nação em risco, 1 332 05/03/2020 - 00:37 Português
Ministério da Poesia/Geral Ninguém me distingue de quem sou eu ... 1 135 04/20/2020 - 23:34 Português
Ministério da Poesia/Geral A um Deus pouco divino … 1 188 04/19/2020 - 12:02 Português
Poesia/Geral “Hic sunt dracones”, A dor é tudo … 4 348 04/15/2020 - 16:25 Português
Poesia/Geral A Morte não é Bem-Vinda ... 2 296 04/15/2020 - 15:46 Português
Poesia/Geral Objectos próximos, 0 426 04/15/2020 - 12:06 Português
Poesia/Geral Daniel Faria, excerto “Do que era certo” 0 371 04/15/2020 - 11:58 Português
Ministério da Poesia/Geral O avesso do espelho... 5 166 03/01/2020 - 21:02 Português
Poesia/Geral A síndrome de Savanah 0 209 03/01/2020 - 20:26 Português
Ministério da Poesia/Geral O Estado da Dúvida 2 169 01/24/2020 - 21:05 Português
Ministério da Poesia/Geral Patchwork... 0 262 01/08/2020 - 14:05 Português
Ministério da Poesia/Geral Vivo do oficio das paixões 0 250 01/08/2020 - 13:55 Português
Ministério da Poesia/Geral Como morre um Rei de palha... 0 163 01/08/2020 - 13:50 Português
Ministério da Poesia/Geral "Sic est vulgus" 0 229 01/08/2020 - 12:47 Português
Ministério da Poesia/Geral Quantos Césares fui eu !!! 0 183 01/08/2020 - 12:40 Português
Ministério da Poesia/Geral Nada se parece comigo 0 195 01/08/2020 - 12:34 Português
Ministério da Poesia/Geral Pedra, tesoura ou papel..."Do que era certo" 0 191 01/08/2020 - 12:27 Português
Ministério da Poesia/Geral Sou "O-Feito-Do-Primeiro-Vidente" 0 149 01/08/2020 - 12:11 Português
Ministério da Poesia/Geral Morri lívido e nu ... 0 209 01/08/2020 - 12:03 Português
Ministério da Poesia/Geral Ladram cães à distância, Mato o "Por-Matar" ... 0 234 01/08/2020 - 11:45 Português
Ministério da Poesia/Geral Excerto “do que era certo” 0 224 01/08/2020 - 11:38 Português
Ministério da Poesia/Geral Rua dos Douradores 30 ... 0 238 01/08/2020 - 11:32 Português
Ministério da Poesia/Geral A Rua ao meu lado ou O Valor do riso... 0 146 01/08/2020 - 11:24 Português