CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Minha Mulher Morta (Tendência dos Três M's)

rabiscam-se projectos de vida
riscam-se nomes pela morte
ora vivem como desaparecem
os dias de alguma sorte

contam-se anos, alguns contam dias
aqui não existe hora marcada
como os filmes no cinema
quando chega é sempre inesperada e
deixa os vivos num bom dilema

o que tivemos para contar
afinal não foi muito, foi mesmo nada
morreu também com a mulher estendida
que pela morte foi arrastada

tornam-se inúteis as memórias fotografadas
o telefone toca e do outro lado não falas
se chamo o teu nome e tu não ouves
se te peço amor e não respondes

a qualquer hora pode chegar
que fosse esta a hora eu não esperava
agora estendida pela morte arrastada
procuro-me no teu eterno olhar
fechado

minha mulher morta:
mulher, morte a minha
minha morte, mulher:
Morte, mulher minha

Hugo Sousa

Submited by

quinta-feira, março 20, 2008 - 09:11

Poesia :

No votes yet

HugoSousa

imagem de HugoSousa
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 9 anos 38 semanas
Membro desde: 03/09/2008
Conteúdos:
Pontos: 243

Comentários

imagem de Henrique

Re: Minha Mulher Morta (Tendência dos Três M's)

Uma história da vida!!!

:-)

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of HugoSousa

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Fotos/ - Eu há uns bons aninhos. 0 737 11/24/2010 - 00:34 Português
Fotos/ - Outro eterno amor. 0 707 11/24/2010 - 00:34 Português
Fotos/ - 119 0 901 11/24/2010 - 00:34 Português
Fotos/ - 118 0 785 11/24/2010 - 00:34 Português
Fotos/ - 117 0 967 11/24/2010 - 00:34 Português
Prosas/Outros Árvore de Sanguessugas - III / Companhia de Sensações - I 0 453 11/18/2010 - 23:39 Português
Prosas/Outros Árvores de Sanguessugas - I 0 559 11/18/2010 - 23:39 Português
Poesia/Geral Não Sei, O Medo 0 585 11/17/2010 - 19:29 Português
Poesia/Geral Vou Continuar 0 683 11/17/2010 - 19:29 Português
Poesia/Geral Por Vezes Sim 1 368 02/25/2010 - 23:31 Português
Poesia/Geral Minha Mulher Morta (Tendência dos Três M's) 1 489 02/25/2010 - 23:30 Português
Prosas/Outros Hoje Não 1 598 02/24/2010 - 14:27 Português
Prosas/Outros Dói-lhe Os Dentes - Parte I 1 747 02/24/2010 - 14:26 Português
Prosas/Outros Dói-lhe Os Dentes - Parte II 1 575 02/24/2010 - 14:26 Português
Prosas/Outros Gostamos De Cerejas, Arranca-me Os Olhos 1 656 02/24/2010 - 14:22 Português
Prosas/Outros Mataram-me-te 1 803 02/24/2010 - 14:21 Português
Prosas/Outros Companhia de Sensações - II 1 424 02/24/2010 - 14:15 Português
Prosas/Outros Árvore de Sanguessugas - IV 1 651 02/24/2010 - 14:14 Português
Poesia/Geral Sonhos Altos 1 474 02/24/2010 - 02:54 Português
Poesia/Geral Nem No Cochão Existem Dias 1 417 02/24/2010 - 02:53 Português
Poesia/Geral Sopro 1 403 02/24/2010 - 02:53 Português
Poesia/Geral Anti 1 845 02/24/2010 - 02:49 Português
Poesia/Geral Resto 1 452 02/24/2010 - 02:48 Português
Poesia/Geral Morreu O Titulo 1 451 02/24/2010 - 02:47 Português
Poesia/Geral Na Desistência Está A Virtude Quando Nada Vale A Pena 1 470 02/24/2010 - 02:46 Português