CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Rapaz de Pedra

Vivia sorridente,
O belo rapaz de pedra.
Desconhecendo o porquê de contente,
Sorria sempre por qualquer merda...

Petrificava ao som do vento,
Tentava sentir o ar que passava.
Chorava com mau tempo,
Quando uma gota nele respingava.

Era esta a verdadeira alegria,
Cada vez que o rapaz chorava.
A beleza de um dia,
Em que a chuva o molhava.

Esperando uma aurora radiante,
Em que a chuva deixa-se de ser motivo.
Aguardava expectante,
Que numa lágrima, se visse um sorriso.

Chorou-lhe o céu em resposta,
Espairecendo o sofrimento.
As lágrimas penetraram a sua rocha,
Nascendo-lhe um flor por dentro.

Sentiu-se verdadeiramente vivo,
Com alegria pura e constante.
Agora tudo faria sentido.
Viver seria o mais importante.

Enraizava-se no seu interior,
Protegida pelo corpo rochoso.
Uma adoração... uma espécie de amor.
Um sentimento impiedoso.

Cresceram as raízes dentro do rochedo,
Entre palavras doces e habituação.
Lado a lado com o medo,
Que tudo fosse apenas ilusão.

Transformaram-se as raízes em veias,
Cada pétala num novo sentimento
O aroma em ideias.
Que se desgastaram ao longo do tempo.

A flor era matreira,
(Talvez involuntariamente)
Tornou fixa a ideia
Que fugir a faria contente.

Um dia sem se aperceber,
(Porque ingénuo é o que ele era)
Fugiu uma flor sem nada a dizer
Ficando apenas um Rapaz de Pedra

E porque era um Rapaz de Pedra,
Decidiu não chorar mais,
Sorriria sempre por qualquer merda!
Viessem chuvas... sois... ou vendavais... 

Submited by

segunda-feira, agosto 8, 2011 - 19:58

Poesia :

No votes yet

nydomizuki

imagem de nydomizuki
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 8 anos 7 semanas
Membro desde: 08/08/2011
Conteúdos:
Pontos: 69

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of nydomizuki

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Gótico Os Contos de Joana Morta - O tal dia 3 622 08/11/2011 - 00:30 Português
Prosas/Contos Varmmore 0 467 08/08/2011 - 22:07 Português
Prosas/Contos Batem à Porta 0 497 08/08/2011 - 20:27 Português
Poesia/Gótico Coelhinho, Coelhinho 0 634 08/08/2011 - 20:04 Português
Poesia/Alegria Cegueta 0 564 08/08/2011 - 20:00 Português
Poesia/Amor Rapaz de Pedra 0 531 08/08/2011 - 19:58 Português
Poesia/Pensamentos Bater de trombas 0 538 08/08/2011 - 19:55 Português
Poesia/Gótico Os Contos de Joana Morta - Um pequeno Passeio (Parte II) 0 506 08/08/2011 - 19:42 Português
Poesia/Gótico Os Contos de Joana Morta - Um pequeno Passeio (Parte I) 0 456 08/08/2011 - 19:41 Português
Poesia/Gótico Os Contos de Joana Morta - A Flor 0 529 08/08/2011 - 19:40 Português
Poesia/Gótico Os Contos de Joana Morta - Joana Morta 0 512 08/08/2011 - 19:39 Português
Poesia/Gótico Os Contos de Joana Morta - O Primeiro passo para a liberdade 0 583 08/08/2011 - 18:35 Português
Poesia/Alegria Peixe Palhaço 0 1.244 08/08/2011 - 14:02 Português
Poesia/Gótico Os Contos de Joana Morta - O Acrodar 0 450 08/08/2011 - 13:58 Português