CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Somos apenas pó

O que estamos nós a fazer afinal?

Se continuarmos o mais certo
É acordarmos metamorfoseados em pó!
Bastaria o vento soprar calmamente
Num dia infeliz,
E um pouco ou tudo de nós
Desvaneceria no tempo…

As estrelas brilhantes do Delta
Contaram-me o fim deste amor,
O avizinhar da ausência dos teus sentimentos.
Sofri a desilusão de te perceber
Imperfeito,
Incoerente!

Senti os poros abertos da minha pele
Absorverem tamanho tormento…
O meu coração grita ainda
De uma raiva invulgar!
Arrancaste despreocupado
Um pequeno grão que trazia
Alojado em mim,
E eu era apenas e ainda incertezas!

Gostaria nunca mais aparentar o que não sou.
Insisto a ser mais do que se vê!
É que por momentos
Sucumbi à minha própria fraqueza.
Feri-me com o veneno dos outros…

Renasci porque, entretanto, pereci!

Submited by

segunda-feira, outubro 12, 2009 - 01:13

Poesia :

No votes yet

MartaBaptista

imagem de MartaBaptista
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 9 anos 28 semanas
Membro desde: 07/05/2009
Conteúdos:
Pontos: 219

Comentários

imagem de MarneDulinski

Re: Somos apenas pó

MartaBaptista!

Somos apenas pó

Gostaria nunca mais aparentar o que não sou.
Insisto a ser mais do que se vê!
É que por momentos
Sucumbi à minha própria fraqueza.
Feri-me com o veneno dos outros…

Renasci porque, entretanto, pereci!
LINDO POEMA, GOSTEI MUITO!
MarneDulinski

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of MartaBaptista

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Videos/Perfil 591 0 620 11/24/2010 - 22:52 Português
Videos/Perfil 590 0 625 11/24/2010 - 22:52 Português
Fotos/ - 1411 0 1.155 11/24/2010 - 00:39 Português
Prosas/Outros Crónica incompleta: A linha do Douro 0 469 11/18/2010 - 23:51 Português
Poesia/Geral Eu sou feita também dos pássaros 5 495 03/18/2010 - 19:32 Português
Poesia/Geral Eu estou aqui! 3 396 03/18/2010 - 19:12 Português
Poesia/Geral A direcção do rio 5 370 03/14/2010 - 16:30 Português
Poesia/Geral O farol 3 423 03/09/2010 - 02:42 Português
Poesia/Geral O sonho 2 533 03/09/2010 - 02:37 Português
Poesia/Geral Atenta 4 530 11/07/2009 - 20:50 Português
Poesia/Geral As pedras 7 501 11/05/2009 - 22:08 Português
Poesia/Geral És estátua 11 417 10/30/2009 - 23:25 Português
Poesia/Geral A resposta 4 346 10/26/2009 - 00:50 Português
Poesia/Geral O meu maestro 9 455 10/25/2009 - 16:52 Português
Poesia/Geral A eternidade do tempo 7 497 10/24/2009 - 21:25 Português
Poesia/Geral Um Propósito 4 361 10/20/2009 - 20:01 Português
Poesia/Geral Paladar 11 484 10/19/2009 - 23:58 Português
Prosas/Outros Uma carta para alguém- 2º Momento 1 416 10/19/2009 - 04:25 Português
Poesia/Dedicado Dedicatória " O dessasombro" 7 598 10/18/2009 - 23:09 Português
Poesia/Geral Poeta sem talento 6 425 10/17/2009 - 13:22 Português
Poesia/Geral Hoje podia contar-te um segredo 8 410 10/16/2009 - 23:30 Português
Prosas/Outros Uma carta para alguém - 1º momento 1 458 10/16/2009 - 15:55 Português
Poesia/Geral A última viagem 3 491 10/16/2009 - 01:25 Português
Poesia/Geral Ainda perto do Farol 2 341 10/15/2009 - 17:43 Português
Poesia/Geral Não me culpes 3 471 10/15/2009 - 02:37 Português