CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

ANÁLISE DE COMPORTAMENTOS DO SER HUMANO

A Infopédia, num artigo sobre “Psicologia do Comportamento”, diz o seguinte: O psicólogo americano John Broadus Watson (1878-1958) foi considerado o pai do comportamentalismo ao publicar, em 1913, o artigo "Psicologia vista por um behaviorista" que declarava a psicologia como um ramo puramente objectivo e experimental das ciências naturais, com a finalidade de prever e controlar o comportamento. Watson era um defensor da importância do meio ambiente, na determinação de todo o comportamento humano (oposto à hereditariedade) e acreditava que toda a aprendizagem era o resultado daquilo que ele designava por hábitos. (sic)
Até aqui estou de acordo, embora sempre estivesse convencida (e talvez esteja, ainda, balouçando entre as duas) de que o comportamento é, também, hereditário.  Acredito em desvios dessa hereditariedade, durante a formação da personalidade, na criança, desvios esses  provocados por estímulos  ao longo desse período. Contudo, defendo que, para avaliarmos diferenças relativamente aos diversos comportamentos de cada pessoa, teríamos de ter – a servir de base à nossa avaliação – um padrão aceitável por e para todos e isso não é, quanto a mim, possível, dada a formação de cada indivíduo,  seja moral que cultural.  Opiniões sobre o que é diferente variam de pessoa para pessoa  e tornam-se bastante polémicas.  Basicamente, seria necessário começarmos por saber quando podemos considerar determinado comportamento anormal , relativamente a um padrão altamente questionável e isso implica estudos de vária ordem, que podemos não ter.  Prefiro ir por um lado simplista, que justifique a minha relutância em aceitar que alguém, como eu, com conhecimentos elementares sobre essa matéria, julgue determinados comportamentos, desde que esses mesmos comportamentos não prejudiquem a tranquilidade e o bem estar dos outros.

É costume ler, ou mesmo ouvir, críticas de avaliação de comportamentos que geram em mim um certo mal-estar. Quando se comenta, seja positiva que negativamente, uma determinada atitude ou um determinado comportamento, cada pessoa fá-lo tendo como ponto de referência “o seu padrão”. Ora isso estará, em minha opinião, errado.  E estará errado porque carecerá da avaliação dum todo relacionado com o indivíduo cujo comportamento se comenta, pois nem sempre temos um conhecimento profundo dos seus porquês, da sua personalidade, do seu carácter, da sua formação - seja moral que académica – da sua vida, da sua cultura, etc., etc..  Sabermos quão pesada terá sido determinada carga psicológica que, eventualmente, o tenha levado a reagir a um estímulo desta ou daquela maneira, não é tarefa fácil, pelo que deveremos deixar que seja avaliada por peritos nessa matéria, muito embora, mesmo esses, nem sempre estejam de acordo entre eles.

Cada indivíduo é uma caixa fechada com surpresas que, muitas vezes, nos deixam de boca aberta, por causa de comportamentos seus inesperados. Mas eu não estou à altura de julgá-los. A menos que tais comportamentos prejudiquem a vida dos outros. Daí resulta a minha permanente tentativa de não julgar, de não conjecturar, mas confesso que nem sempre é possível devido a este meu lado Virginiano, do qual não gosto.

Maria Letra

Submited by

terça-feira, dezembro 4, 2012 - 02:54

Prosas :

Average: 5 (1 vote)

Maria Letra

imagem de Maria Letra
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 5 semanas 2 dias
Membro desde: 11/20/2012
Conteúdos:
Pontos: 2218

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Maria Letra

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Prosas/Outros LENTAMENTE... MUITO LENTAMENTE... 2 3.227 12/07/2019 - 21:01 Português
Poesia/Poetrix SE TU AMAS A CRIANÇA 0 958 03/10/2019 - 12:34 Português
Poesia/Desilusão BASTA DE GENTE A MORRER 0 628 03/10/2019 - 12:27 Português
Poesia/Poetrix SOU CONTRA! 0 965 03/10/2019 - 12:10 Português
Poesia/Poetrix É TEMPO DE AGIR 0 1.522 03/08/2019 - 21:13 Português
Poesia/Geral SABER SPERIOR 0 715 03/08/2019 - 20:09 Português
Poesia/Geral MULHR_VOCÊ_É_DIVINA! 0 615 03/08/2019 - 19:32 Português
Poesia/Geral PARA ALÉM DO SUPORTÁVEL 0 812 02/27/2019 - 22:37 Português
Críticas/Outros BAILE DE MÁSCARAS PERMANENTE 0 1.452 02/26/2019 - 00:35 Português
Poesia/Poetrix PRAGA DE CHACAIS 0 831 02/26/2019 - 00:20 Português
Poesia/Soneto TERMOS ESTRAMBÓTICOS 0 1.018 02/24/2019 - 11:14 Português
Poesia/Soneto VALES PELO QUE TENS 0 971 02/24/2019 - 11:07 Português
Poesia/Geral VOOS ALTOS 0 1.065 02/24/2019 - 10:53 Português
Poesia/Meditação SEGUIREI... 0 1.656 12/31/2018 - 11:46 Português
Poesia/Amor TU VIVI IN ME - (Revizione della traduzione: Carla Ghezzo) 0 994 12/28/2018 - 16:22 Português
Poesia/Poetrix QUE FUTURO? 0 1.058 12/16/2018 - 06:14 Português
Poesia/Intervenção O QUE QUERO ESTE NATAL 0 1.211 12/15/2018 - 23:12 Português
Poesia/Intervenção QUERIA O NATAL ASSIM 0 1.048 12/15/2018 - 08:44 Português
Poesia/Geral CORAGEM DE SER 0 960 12/15/2018 - 08:39 Português
Poesia/Geral EXEMPLO DE UM TAUTOGRAMA 0 1.572 12/10/2018 - 22:39 Português
Poesia/Meditação O ALÉM E EU 0 962 12/10/2018 - 19:24 Português
Poesia/Geral NATUREZA EU TE VENERO 0 1.509 12/10/2018 - 17:49 Português
Poesia/Meditação LUTA CONTRA O TEMPO 0 736 12/03/2018 - 23:12 Português
Poesia/Poetrix PUNIÇÃO POR TRAIÇÃO... 0 1.263 11/30/2018 - 18:13 Português
Poesia/Poetrix UNIÃO PERFEITA 0 1.090 11/30/2018 - 17:43 Português