CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

incondicionalmente

“… tivesse eu as capacidades de um deus, mesmo dos da antiguidade, de um Zeus, de um Júpiter ou mesmo de um Marte ou até mesmo, porque não, duma Diana… tivesse eu os poderes de tudo demonstrar sem ter de provar, ou seja, bastar ser e não ter de provar que sou o que sou ou quem sou… tivesse eu toda essa força mágica e logo seria a mais pura prova do que há muito persigo: seria o Amor transformado em entrega, seria o Amor pleno, aquele que vive de si mesmo para se bastar e na totalidade se entregar… o Amor que deixaria de o ser para passar ao patamar superior do estatuto da fórmula única da vida plena que é Amar… passamos tempos e tempos sem sabermos o que é isso do Amor ou como é que se Ama e um dia, sem sabermos como, tudo surge ali, à nossa frente, sereno, demonstrativo da nossa anterior ignorância e dizendo-nos bem no nosso interior que o Amor está aqui dentro de cada um de nós e, como tal, livre de ser entregue ao próximo… e é nesse momento, quando o Amor sai de dentro de nós e o entregamos a alguém que ele se transforma numa dádiva e assim, de uma forma tão simples, passamos a Amar… esta entrega, esta forma de se estar na vida, pressupõe a inexistência de condições incluindo o não retorno, ou seja, amar mesmo que não nos amem… essa é a única forma de provar a nós mesmos que estamos a Amar e não tão pobremente apenas a gostar… é por isso que estou sempre a falar do mesmo, a batalhar todo o tempo na tentativa de demonstrar, sem ter de provar, que Amar é a minha forma de ser… tentar provar que se ama é uma forma de se negar a si mesmo porque quem ama não precisa de se afirmar: entrega-se, apenas… entrego-me a ti nas mais pequeninas coisas, mesmo até nos elementos que não são visíveis mas que existem, que estão lá, em ti, vindas de mim… entrego-me a ti sem perder a minha identidade, sem deixar de ser eu mesmo mas o que sou o transmito, o envio, o entrego em totalidade… entrego-me a ti em serenidade, em luz, em paz, em harmonia, com força, com garra, com espírito e alegria… entrego-me a ti num sorriso, num toque, numa palavra, numa frase… entrego-me a ti num beijo, num corpo, numa alma, com a totalidade do meu eu… entrego-me a ti tal como sou, impuro talvez, mas com doçura, em humildade e sem qualquer altivez… entrego-me a ti por amor…”

Joaquim Nogueira

Submited by

segunda-feira, setembro 22, 2008 - 12:15

Prosas :

No votes yet

lobices

imagem de lobices
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 9 anos 34 semanas
Membro desde: 08/11/2008
Conteúdos:
Pontos: 316

Comentários

imagem de Henrique

Re: incondicionalmente

Texto bem escrito, bem enquadrado no tema!

:-)

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of lobices

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Videos/Perfil 163 0 1.194 11/24/2010 - 21:48 Português
Fotos/ - 521 0 1.688 11/23/2010 - 23:35 Português
Fotos/ - Amanhecer a leste do meu quintal 0 948 11/23/2010 - 23:35 Português
Fotos/ - Candeeiro em vertigem de luz 0 1.102 11/23/2010 - 23:35 Português
Fotos/ - Disneyland - subir o rio 0 1.356 11/23/2010 - 23:35 Português
Fotos/ - O Jardim dos Sonhos - Disneyland 0 1.256 11/23/2010 - 23:35 Português
Fotos/ - O Palácio das Fadas - Disneyland 0 1.006 11/23/2010 - 23:35 Português
Prosas/Romance BUSCA 0 1.024 11/18/2010 - 23:08 Português
Prosas/Romance Tenho frio 0 1.084 11/18/2010 - 23:05 Português
Prosas/Romance Carta eterna 0 806 11/18/2010 - 22:57 Português
Prosas/Romance Carta 0 836 11/18/2010 - 22:47 Português
Prosas/Romance Tela 0 812 11/18/2010 - 22:45 Português
Prosas/Romance Parir 0 863 11/18/2010 - 22:45 Português
Prosas/Romance Ida 0 939 11/18/2010 - 22:45 Português
Prosas/Romance Binário 0 679 11/18/2010 - 22:45 Português
Prosas/Romance acordar 0 1.073 11/18/2010 - 22:45 Português
Prosas/Romance meu avô 0 882 11/18/2010 - 22:45 Português
Prosas/Romance subentender 0 928 11/18/2010 - 22:40 Português
Prosas/Romance a lenda do arvoredo castanho 0 831 11/18/2010 - 22:40 Português
Prosas/Romance terra 0 868 11/18/2010 - 22:40 Português
Prosas/Romance emoções 0 880 11/18/2010 - 22:40 Português
Prosas/Romance desenho 0 749 11/18/2010 - 22:40 Português
Prosas/Romance despido 0 878 11/18/2010 - 22:40 Português
Fotos/Natureza Rosa do meu quintal 1 1.046 09/07/2010 - 00:41 Português
Fotos/Natureza Rosas de Sintra 1 1.607 09/07/2010 - 00:27 Português