CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Carta

“...a carta que escrevo aqui e agora é o que "eu" sinto e penso da vida e não "serve"
para todos... não há respostas definitivas e únicas para todos nós... vivemos
num mundo de desafectos em vez de vivermos num de afectos... vivemos num mundo
onde o sentirmo-nos bem com a nossa própria identidade é já tão dificil que
usamos estas identidades "falsas" para podermos falar e ouvir... já nos falta a "coragem" de enfrentarmos os outros, de olharmos os olhos uns dos outros e dizermos a quem estiver na nossa frente o que sentimos, o que pensamos, o que queremos, o que temos, o que podemos ser e, principalmente, o que podemos dar... a vida já vai longa para mim e já vivi muito e quase tudo o que um homem pode viver... passei de tudo um pouco e os anos foram-me tornando "duro" e um
pouco "sóbrio" perante as bebedeiras da vida... a vida não é fácil e tudo o que a vida nos dá é pouco porque queremos sempre mais e melhor... passamos a vida a lutar por um lugar ao sol e esquecemos
o quanto bom é refrescarmo-nos numa sombra... passamos o tempo a "querer", passamos o tempo a "desejar", passamos o tempo a "ter", a "possuir", a "querer ter ainda mais"... esquecemo-nos de dar!... e, um dia, ficamos de mãos vazias e ficamos sem nada e lamentamos termos ficado
sem tudo o que haviamos tido... que desgraça enorme... perdi tudo, inclusivé o amor!... tudo o
que tinhamos se foi... e passamos a ser uns eternos infelizes!... errado!... nunca tivemos nada!... porque não somos donos de nada!... nada temos!... nada possuimos!... nada é nosso!... só dando é possivel ser feliz!... desejar tudo de bom para o outro!... darmo-nos aos outros de todas as formas, de todas as maneiras... não pretender sermos amados... amar somente... a felicidade está em amar, tão somente em amar e sentir que amar é estar feliz consigo mesmo... amar sem posse nem destino... amar incondicionalmente... não chorar sobretudo porque é preferivel sorrir e mesmo que por dentro a alma se parta aos bocadinhos que nos reste um sorriso nos lábios para dar aos
outros... foi isso que aprendi ao fim de muitos anos... não fui, não sou nem quero ser dono do que quer que seja... quero olhar e desejar que todos estejam melhor do que eu... escolho o melhor para o meu semelhante... ao fazer isto faço-o com alegria, com gosto e sou feliz!... é esta a resposta: não há caminhos para a felicidade... esta, a felicidade em si mesma, é o verdadeiro caminho... não interessa que estradas havemos de percorrer, o que interessa é caminhar com a certeza de que "escolher" o melhor para o outro é a base do meu bem estar... sentir que com essa "escolha" eu estou a caminhar e não à procura do caminho... estas palavras não "servem" para todos, eu sei... mas não sei outras... tudo o que possais ler nos meus escritos é uma mistura de credulidade e de incredulidade... é uma mistura de fé e de raiva... é uma mistura de sim e de não... pela simples razão que precisamos dessa "balança" para o nosso equilíbrio... mas, o cerne da questão está lá, nas entrelinhas e estas são as que acabo de escrever... não sei se era "isto" que querias ouvir, se era esta a "mão" que precisavas...
acredita que é a única que tenho e dei-te o que tinha: tempo, palavras e um desejo firme de felicidade para ti, meu irmão!...

Submited by

domingo, abril 19, 2009 - 17:55

Prosas :

No votes yet

lobices

imagem de lobices
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 8 anos 6 semanas
Membro desde: 08/11/2008
Conteúdos:
Pontos: 316

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of lobices

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Videos/Perfil 163 0 826 11/24/2010 - 22:48 Português
Fotos/ - 521 0 1.176 11/24/2010 - 00:35 Português
Fotos/ - Amanhecer a leste do meu quintal 0 566 11/24/2010 - 00:35 Português
Fotos/ - Candeeiro em vertigem de luz 0 533 11/24/2010 - 00:35 Português
Fotos/ - Disneyland - subir o rio 0 1.081 11/24/2010 - 00:35 Português
Fotos/ - O Jardim dos Sonhos - Disneyland 0 829 11/24/2010 - 00:35 Português
Fotos/ - O Palácio das Fadas - Disneyland 0 715 11/24/2010 - 00:35 Português
Prosas/Romance BUSCA 0 765 11/19/2010 - 00:08 Português
Prosas/Romance Tenho frio 0 923 11/19/2010 - 00:05 Português
Prosas/Romance Carta eterna 0 518 11/18/2010 - 23:57 Português
Prosas/Romance Carta 0 659 11/18/2010 - 23:47 Português
Prosas/Romance Tela 0 637 11/18/2010 - 23:45 Português
Prosas/Romance Parir 0 664 11/18/2010 - 23:45 Português
Prosas/Romance Ida 0 728 11/18/2010 - 23:45 Português
Prosas/Romance Binário 0 515 11/18/2010 - 23:45 Português
Prosas/Romance acordar 0 806 11/18/2010 - 23:45 Português
Prosas/Romance meu avô 0 693 11/18/2010 - 23:45 Português
Prosas/Romance subentender 0 669 11/18/2010 - 23:40 Português
Prosas/Romance a lenda do arvoredo castanho 0 580 11/18/2010 - 23:40 Português
Prosas/Romance terra 0 680 11/18/2010 - 23:40 Português
Prosas/Romance emoções 0 690 11/18/2010 - 23:40 Português
Prosas/Romance desenho 0 548 11/18/2010 - 23:40 Português
Prosas/Romance despido 0 666 11/18/2010 - 23:40 Português
Fotos/Natureza Rosa do meu quintal 1 750 09/07/2010 - 01:41 Português
Fotos/Natureza Rosas de Sintra 1 1.104 09/07/2010 - 01:27 Português