Que fique este jeito

Que fique este jeito

Cara coroa. Faz tudo em uma boa.
Dardos, estribos. Manifesta ser à toa.
Moinho de vento, poema em um lamento.
As marcas de vida. Não mexa na ferida.
Passagem, viagem, corrida e estrada.
Desejo, fissura, carinho encantado.
As marcas do tempo, sumiço.
Candeias e sinos, meninos.
Pensamentos soltos.
Quantos olhares loucos
Sem sofrimento ou dor,
Sem amor, sem clamor.
Cantigas calientes e versos proeminentes.
Que fique este jeito
Assim livre e satisfeito.
Que fique este jeito!

Texto de Teresa Azevedo, cuja obra encontra-se à venda no site www.clubedeautores.com.br

Pintura de Vincent Willem van Gogh -  pintor pós-impressionista neerlandês, frequentemente considerado um dos maiores de todos os tempos e conhecido por seus fracassos segundo a sociedade e tempo em que viveu.

Submited by

Saturday, May 31, 2014 - 10:56

Poesia :

No votes yet

teresaazevedo

teresaazevedo's picture
Offline
Title: Membro
Last seen: 2 years 6 days ago
Joined: 09/16/2010
Posts:
Points: 608

Comments

teresaazevedo's picture

Seu comentário

Você é uma linda Débora.
Beijos,

deborabenvenuti's picture

Que fique este jeito

Não é necessário mudar nada. Que fique esse jeito.Gostei.
Beijo

Add comment

Login to post comments

other contents of teresaazevedo

Topic Title Replies Views Last Postsort icon Language
Poesia/Sadness Simples assim 0 1.030 05/25/2018 - 20:42 Portuguese
Poesia/Passion Dono dos meus caprichos 0 827 05/25/2018 - 20:15 Portuguese
Poesia/Passion Dono dos meus caprichos 0 909 05/25/2018 - 20:15 Portuguese
Poesia/General O êxtase do poeta é a poesia 0 1.026 11/06/2015 - 11:34 Portuguese
Poesia/General Poeta é gente diferente 0 1.172 11/06/2015 - 11:32 Portuguese
Poesia/General Nós eremitas 0 1.024 11/06/2015 - 11:31 Portuguese
Poesia/General Ser coletivo 0 1.264 11/05/2015 - 18:08 Portuguese
Poesia/General Transcendemos corpos e emoções 0 1.617 11/05/2015 - 18:06 Portuguese
Poesia/Meditation Ondulações 0 1.046 11/05/2015 - 18:04 Portuguese
Videos/Poetry Projeto Ondulações 2014 0 4.479 11/05/2015 - 08:02 Portuguese
Poesia/Sadness Batem as asas do adeus 1 1.820 07/29/2014 - 01:08 Portuguese
Poesia/Poetrix Crescer sim, beber não! 1 1.304 07/26/2014 - 00:30 Portuguese
Poesia/General Miscelânea poética 1 1.739 07/17/2014 - 23:58 Portuguese
Poesia/Aldravias Aldravia 1 0 2.005 07/17/2014 - 16:36 English
Poesia/General Tarde, mormaço 1 1.343 07/13/2014 - 23:57 Portuguese
Poesia/General Descortine-os 0 1.243 07/12/2014 - 18:42 Portuguese
Poesia/General Intocável 0 1.013 07/12/2014 - 18:01 Portuguese
Poesia/Text Files Como alcançar o inalcançável 0 1.697 07/11/2014 - 04:39 English
Poesia/Text Files Como alcançar o inalcançável 0 1.507 07/11/2014 - 04:39 English
Poesia/Text Files (Poesia coletiva, resultado do primeiro Sarau, produzida através de palavras que cada assistido falou) 0 1.578 06/27/2014 - 19:06 English
Poesia/Passion Casados em cópula 1 1.746 06/19/2014 - 00:12 Portuguese
Poesia/Disillusion Pássaro Errante 1 1.299 06/16/2014 - 03:15 Portuguese
Poesia/Fantasy Sonhei, tão somente sonhei 1 1.128 06/14/2014 - 19:28 Portuguese
Poesia/Passion Com a força dos temporais 1 1.267 06/12/2014 - 04:55 Portuguese
Poesia/Love Fragmento da poesia “Nós” 0 1.122 06/11/2014 - 06:21 Portuguese