DURA LEX! SED LEX!

Dura Lex! Sed Lex!
A primeira condenação imposta a qualquer cidadão.
Todavia. um mundo de interrogações paira no ar:
Quem de direito a inventou?

Quem de direito a aprova ou a faz aplicar?
Mas ela faz-se cumprir, de modo fácil, ou não,
sem lugar pra admitir a mais leve compaixão.
Os parágrafos... enfim! Dão "pano pra muita manga".
Por vezes a culpa anula, outras vezes acumula
males maiores a cada caso.
Mas... insisto eu: quem de verdade e direito
está à altura de julgar cada lei?
Vejo pouco de perfeito - sem medo de exagerar -
em muitos que a inventam, em muitos que a aprovam,
ou a fazem aplicar.

Num mundo em cujos sistemas, mais corruptos que sãos,
fazem pesar grandes penas nos ombros dos cidadãos
a eles sujeitos...
vejo leis contrárias à lei do Amor, males com muitas virtudes
e bens com muitos defeitos.
E, com pavor, assisto a tanta injustiça na lei imposta,
submissa ao poder de cada estado,
que já não sei se lutar traz benefícios de vulto
a um futuro que, oculto, me parece amordaçado.
Mas, pra esse mal, não sai lei.
É duma injustiça tremenda.Cada um que se defenda!

Maria Letr@

1985-04-24


Submited by

Sábado, Noviembre 24, 2012 - 22:31

Poesia :

Sin votos aún

Maria Letra

Imagen de Maria Letra
Desconectado
Título: Membro
Last seen: Hace 3 días 17 horas
Integró: 11/20/2012
Posts:
Points: 2676

Add comment

Inicie sesión para enviar comentarios

other contents of Maria Letra

Tema Título Respuestas Lecturas Último envíoordenar por icono Idioma
Prosas/Tristeza VIOLÊNCIA DOMÉSTICA - ATÉ QUANDO? 0 147 11/30/2023 - 00:01 Portuguese
Poesia/General AO SABOR DAS MARÉS 0 280 10/29/2023 - 10:30 Portuguese
Prosas/Otros DEMOCRATICAMENTE... LETRA-SEM-TRETA! 0 625 07/09/2023 - 19:46 Portuguese
Poesia/General COMO VIVI A PANDEMIA 0 387 07/09/2023 - 19:37 Portuguese
Poesia/General AGARRA A VIDA 0 218 07/09/2023 - 19:33 Portuguese
Poesia/Amor ELOS DE AMOR 0 287 06/27/2023 - 18:51 Portuguese
Poesia/Meditación SINTO FRIO 0 445 06/27/2023 - 18:22 Portuguese
Poesia/Meditación ESPERO_POR_TI_MADRUGADA 3 1.781 06/26/2023 - 19:54 Portuguese
Poesia/Tristeza O FLAGELO DA PERDA 2 1.138 06/26/2023 - 19:48 Portuguese
Poesia/Meditación ETERNA BUSCA 0 294 06/10/2023 - 15:54 Portuguese
Poesia/Desilusión PRECE À VIDA 0 706 02/03/2023 - 20:51 Portuguese
Poesia/Dedicada QUANDO JULGARES-ME É UM ERRO 0 513 02/03/2023 - 12:57 Portuguese
Poesia/General ONDE COMEÇA A ESPERA 0 530 02/03/2023 - 12:52 Portuguese
Poesia/General QUEM NÃO ESTIVER BEM... QUE SE MUDE! 0 502 11/27/2022 - 23:18 Portuguese
Poesia/Pensamientos OS MEUS QUERERES 0 603 11/27/2022 - 21:47 Portuguese
Poesia/Meditación SÃO PENAS...PARTES DE MIM 0 501 11/27/2022 - 21:32 Portuguese
Prosas/Otros O EXCEPCIONAL INTÉRPRETE MUSICAL DIMASH QUDAIBERGEN 0 734 11/26/2022 - 23:57 Portuguese
Prosas/Otros O CUSCAS QUER IR AO QATAR 0 1.206 11/26/2022 - 23:51 Portuguese
Poesia/Tristeza TOXIMUNDO 0 526 11/25/2022 - 22:07 Portuguese
Críticas/Varios AINDA O IDOSO CARENCIADO 0 713 11/25/2022 - 17:42 Portuguese
Poesia/Meditación O OBVERSO DO UNIVERSO 0 646 11/25/2022 - 17:15 Portuguese
Poesia/General CORRIDA EM DIRECÇÃO À META 0 552 11/24/2022 - 16:37 Portuguese
Poesia/General CAMINHADA DE AMOR 0 711 11/24/2022 - 16:19 Portuguese
Poesia/Tristeza O MUNDO ESTÁ DOENTE 0 824 11/24/2022 - 13:29 Portuguese
Poesia/General NA MIRA DE GENTE FALSA 0 1.036 06/13/2021 - 20:41 Portuguese