CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

FASTOS DAS METAMORPHOSES III

O precipicio de Phaetonte

(Fragmento traduzido do Livro II)

Porém leve era o pezo, era diverso
D'aquelle, que os Ethontes conheciam:
Quaes sem lastro bastante os curvos lenhos
São das ferventes ondas sacudidos;
Tal, co'a leveza insolita pulando,
Parece que vasio o carro foge.
Eis a quadriga rapida percebe
Que os passos lhe não rege a mão de um nume:
Eis salta impetuosa, e deixa o trilho,
E bate o campo azul por nova estrada:
Treme Phaetonte, e como as redeas torça,
E qual seja o caminho elle não sabe,
E inda, sabendo, não domára os brutos.
Pela primeira vez se escandeceram
Os gélidos Triões co'a etherea flama,
E banhar-se no pégo em vão tentaram.
Do pólo glacial visinha a serpe,
D'antes molle de frio, e não terrivel,
Ganhou no extranho ardor braveza extranha.
Diz-se, oh Bootes, que a tremer fugiste,
Bem que és tardio, e te retenha o carro:
Vê jazer muito ao longe o mar, e as terras,
O misero Phaetonte; amarellece,
E subito pavor lhe agita os membros:
Seus olhos em luz tanta encontram noute:
Triste ! quizera já não ter tocado
O coche de seu pae: já se arrepende
De conhecer quem é: de haver podido
O effeito conseguir do rogo incauto.

Submited by

domingo, novembro 1, 2009 - 19:47

Poesia Consagrada :

No votes yet

Bocage

imagem de Bocage
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 12 anos 11 semanas
Membro desde: 10/12/2008
Conteúdos:
Pontos: 1162

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Bocage

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia Consagrada/Geral GLOSAS LV 2 1.838 02/27/2018 - 09:20 Português
Poesia Consagrada/Geral APÓLOGOS IX 1 1.826 03/24/2011 - 17:43 Português
Fotos/ - bocage 0 4.363 11/23/2010 - 23:36 Português
Poesia Consagrada/Geral FASTOS DAS METAMORPHOSES XIII 0 3.587 11/19/2010 - 15:56 Português
Poesia Consagrada/Geral FASTOS DAS METAMORPHOSES XIV 0 3.252 11/19/2010 - 15:56 Português
Poesia Consagrada/Geral FASTOS DAS METAMORPHOSES XV 0 2.981 11/19/2010 - 15:56 Português
Poesia Consagrada/Geral FASTOS DAS METAMORPHOSES XVI 0 3.863 11/19/2010 - 15:56 Português
Poesia Consagrada/Geral FASTOS DAS METAMORPHOSES XVII 0 3.536 11/19/2010 - 15:56 Português
Poesia Consagrada/Geral FASTOS DAS METAMORPHOSES XVIII 0 3.736 11/19/2010 - 15:56 Português
Poesia Consagrada/Geral FASTOS DAS METAMORPHOSES XIX 0 3.156 11/19/2010 - 15:56 Português
Poesia Consagrada/Geral FASTOS DAS METAMORPHOSES XX 0 3.631 11/19/2010 - 15:56 Português
Poesia Consagrada/Geral FASTOS DAS METAMORPHOSES III 0 2.786 11/19/2010 - 15:56 Português
Poesia Consagrada/Geral FASTOS DAS METAMORPHOSES IV 0 3.943 11/19/2010 - 15:56 Português
Poesia Consagrada/Geral FASTOS DAS METAMORPHOSES V 0 3.417 11/19/2010 - 15:56 Português
Poesia Consagrada/Geral FASTOS DAS METAMORPHOSES VI 0 3.847 11/19/2010 - 15:56 Português
Poesia Consagrada/Geral FASTOS DAS METAMORPHOSES VII 0 3.213 11/19/2010 - 15:56 Português
Poesia Consagrada/Geral FASTOS DAS METAMORPHOSES VIII 0 3.615 11/19/2010 - 15:56 Português
Poesia Consagrada/Geral FASTOS DAS METAMORPHOSES IX 0 3.338 11/19/2010 - 15:56 Português
Poesia Consagrada/Geral FASTOS DAS METAMORPHOSES X 0 3.399 11/19/2010 - 15:56 Português
Poesia Consagrada/Geral FASTOS DAS METAMORPHOSES XI 0 3.198 11/19/2010 - 15:56 Português
Poesia Consagrada/Geral FASTOS DAS METAMORPHOSES XII 0 4.207 11/19/2010 - 15:56 Português
Poesia Consagrada/Geral EPISODIOS TRADUZIDOS VIII 0 1.437 11/19/2010 - 15:56 Português
Poesia Consagrada/Geral EPISODIOS TRADUZIDOS IX 0 1.386 11/19/2010 - 15:56 Português
Poesia Consagrada/Geral EPISODIOS TRADUZIDOS X 0 1.715 11/19/2010 - 15:56 Português
Poesia Consagrada/Geral EPISODIOS TRADUZIDOS XI 0 2.646 11/19/2010 - 15:56 Português