CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Aconteço "por-acontecer"

Fui destinado a acontecer, ou
Afinal que acontecimento
Diferente sou eu, se há nele, no fundo
Não o destino que me caiba

“Acontecer”. Não aconteceu
Nada a mim de meu, apenas
Fui destinado a ser comum, só eu no final,
Tudo é de outros e não creio

Ser mais do que ouso, dispo-me
Do que uso e do que não me serve,
Excepto o ruído do campo, tão leve e
Único indício que me distingue

De outros que acontecem fugaz,
Como gado validado de gente,
Fui destinado a acontecer desigual,
Eterno o sonho em que sinto que a vida,

"Acontece-por-acontecer", devagar...
Renuncio ao sonho, descrevendo-o
E à minha nudez sem talento,
Espontânea embora estranha.

Foi destinada a ser e sobretudo,
Mas não sei quando ou quanto
Talento valho no talho do logro, sendo
Talhante eu próprio de mim mesmo,

Tenho coração de touro e carne
De "Lord" mas ainda assim de
Alguém que, no lugar dele mesmo
O tem, sem saber que tem esse

Único bem, que é meu e nem me serve,
Talvez tenha eu um outro e outro,
E pense não ter nenhum aqui dentro,
Embora saiba o que é ter não

Coração d'outra gente, colado
Que nem meu ao corpo, se o
Mesmo sinto como sendo eu
pouco, até na dor que ocupo

E outros têm e não eu, culpo
Um coração que não
É meu de todo, é do mundo inteiro,
Coração que a todos

Dei, todavia não tenho
Nenhum batendo de momento,
De verdade junto ao peito,
E isso não me dói tampouco,

"Aconteço-por-acontecer",
Fui destinado a não ser final,
Comum ponto.

Joel Matos 05/2019
Http://joel-matos.blogspot.com

Submited by

quinta-feira, outubro 17, 2019 - 19:14

Ministério da Poesia :

Your rating: None Average: 5 (1 vote)

Joel

imagem de Joel
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 1 dia 1 hora
Membro desde: 12/20/2009
Conteúdos:
Pontos: 40551

Comentários

imagem de Joel

Renuncio ao sonho,

Renuncio ao sonho, descrevendo-o
E à minha nudez sem talento,
Espontânea embora estranha.

imagem de Joel

Renuncio ao sonho,

Renuncio ao sonho, descrevendo-o
E à minha nudez sem talento,
Espontânea embora estranha.

imagem de Joel

Renuncio ao sonho,

Renuncio ao sonho, descrevendo-o
E à minha nudez sem talento,
Espontânea embora estranha.

imagem de Joel

Renuncio ao sonho,

Renuncio ao sonho, descrevendo-o
E à minha nudez sem talento,
Espontânea embora estranha.

imagem de Joel

Renuncio ao sonho,

Renuncio ao sonho, descrevendo-o
E à minha nudez sem talento,
Espontânea embora estranha.

imagem de Joel

Renuncio ao sonho,

Renuncio ao sonho, descrevendo-o
E à minha nudez sem talento,
Espontânea embora estranha.

imagem de Joel

Renuncio ao sonho,

Renuncio ao sonho, descrevendo-o
E à minha nudez sem talento,
Espontânea embora estranha.

imagem de Joel

Renuncio ao sonho,

Renuncio ao sonho, descrevendo-o
E à minha nudez sem talento,
Espontânea embora estranha.

imagem de Joel

Renuncio ao sonho,

Renuncio ao sonho, descrevendo-o
E à minha nudez sem talento,
Espontânea embora estranha.

imagem de Joel

Renuncio ao sonho,

Renuncio ao sonho, descrevendo-o
E à minha nudez sem talento,
Espontânea embora estranha.

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Joel

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Ministério da Poesia/Geral As estrelas, os Estrôncios e os Sonhos. 39 689 11/28/2019 - 11:37 Português
Ministério da Poesia/Geral Dreaming Of A Better World 122 202 11/10/2019 - 18:37 Português
Poesia/Geral Escrevo o que ninguém escuta ... 108 344 10/22/2019 - 14:40 Português
Poesia/Geral Supondo-me desperto 85 984 10/22/2019 - 14:39 Português
Ministério da Poesia/Geral Venho de uma pequena ciência, 148 288 10/22/2019 - 14:38 Português
Ministério da Poesia/Geral Indigno eu, 92 225 10/22/2019 - 14:37 Português
Ministério da Poesia/Geral Aconteço "por-acontecer" 87 205 10/22/2019 - 14:35 Português
Ministério da Poesia/Geral Hino ao amanhã 99 255 10/22/2019 - 14:34 Português
Ministério da Poesia/Geral Ânsias ...lais de guia... 92 229 10/22/2019 - 14:33 Português
Ministério da Poesia/Geral Doce manifesto da vida 50 140 10/22/2019 - 14:32 Português
Ministério da Poesia/Geral Pra'lém do sonhar comum ... 80 221 10/22/2019 - 14:03 Português
Poesia/Geral Ranho e linho... 79 359 10/22/2019 - 14:01 Português
Ministério da Poesia/Geral Sonhar é cabelo, 58 167 10/22/2019 - 14:00 Português
Ministério da Poesia/Geral Tudo em mim 40 128 10/18/2019 - 23:52 Português
Ministério da Poesia/Geral É hoje o dia… 301 582 07/12/2019 - 11:47 Português
Ministério da Poesia/Geral Sendo eu outro 77 750 06/10/2019 - 17:56 Português
Ministério da Poesia/Geral Meu cabelo é água e pêlo, sonho é sentir vê-lo… 37 553 06/10/2019 - 17:03 Português
Ministério da Poesia/Geral Sou feliz porque não escrevo… 49 593 06/10/2019 - 14:28 Português
Poesia/Geral O triunfo dos relógios ... 167 24.311 06/07/2019 - 19:02 Português
Ministério da Poesia/Geral O meu préstimo… 250 566 06/07/2019 - 18:59 Português
Ministério da Poesia/Geral (Busco a eternidade-num-saco-vazio) 265 597 06/07/2019 - 18:55 Português
Ministério da Poesia/Geral Pois tudo o que se move é sagrado. 368 1.131 05/23/2019 - 19:40 Português
Ministério da Poesia/Geral Minha voz não vê … 232 1.214 05/22/2019 - 18:48 Português
Ministério da Poesia/Geral (Ouçam-me, pra que eu possa…) 123 632 05/22/2019 - 14:34 Português
Ministério da Poesia/Geral Sou um homem complicado… 156 556 05/22/2019 - 08:22 Português