CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

A importância de estar …

A importância de estar presente,
Foi a que eu sempre quis ter, no
Extremo do que nunca vou ser,
Importa o esforço de não deixar

De fazer e do que tarda a vir,
O vencer do desejo, do desejo
De vencer resta a impaciência,
Na medida do comprido do bico,

-De alguma vez ter voz, como sendo
Minha. -A importância – e mesquinho
Eu também, que em breve morrerei
Humilhado, envergonhado sim,

Por não ter, nem qualquer simbólico
Preço, nem valor para indústria a
Granel, no mercado prestamista
Valho zero, nada a retalho, pouco

Sirvo, nada mais que um Bordalo
No fundo da caneca, sendo vinho
De Pias tinto, carrascão corrente,
Bom copo até para padre, na missa.

O importante é ser lembrada breve,
Terminando a homilia de joelhos,
Como homem o normal que a mim
Me obrigo, com princípio meio, fim.

A importância é estar presente apenas
Na expressão plástica de que viver
É uma realidade externa, presa “ad-
-aeternum” à consciência vascular táctil,

De existir sem estar realmente vivo,
Presente nos restos que são palavras,
Semelhanças que nunca deixei de ter,
Com quem de maneira alguma eu fui.

Joel Matos (12 Fevereiro 2023)

https://namastibet.wordpress.com
http://joel-matos.blogspot.com

Submited by

sexta-feira, novembro 24, 2023 - 09:17

Ministério da Poesia :

Your rating: None Average: 5 (1 vote)

Joel

imagem de Joel
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 1 semana 3 dias
Membro desde: 12/20/2009
Conteúdos:
Pontos: 41974

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Joel

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Geral Por onde passo não há s’trada. 30 184 02/18/2024 - 20:21 Português
Poesia/Geral Sonhei-me sonhando, 17 200 02/12/2024 - 16:06 Português
Ministério da Poesia/Geral A alegria que eu tinha 23 169 12/11/2023 - 20:29 Português
Ministério da Poesia/Geral Notas de um velho nojento 7 208 12/06/2023 - 21:30 Português
Ministério da Poesia/Geral (Creio apenas no que sinto) 17 115 12/02/2023 - 10:12 Português
Ministério da Poesia/Geral Vamos falar de mapas 15 295 11/30/2023 - 11:20 Português
Ministério da Poesia/Geral São como nossas as lágrimas 9 232 11/28/2023 - 11:11 Português
Poesia/Geral Entrego-me a quem eu era, 28 323 11/28/2023 - 10:47 Português
Ministério da Poesia/Geral O Homem é um animal “púbico” 11 188 11/26/2023 - 18:59 Português
Ministério da Poesia/Geral A essência do uso é o abuso, 1 348 11/25/2023 - 11:02 Português
Ministério da Poesia/Geral Insha’Allah 2 184 11/24/2023 - 12:43 Português
Ministério da Poesia/Geral No meu espírito chove sempre, 12 208 11/24/2023 - 12:42 Português
Ministério da Poesia/Geral Os destinos mil de mim mesmo. 21 222 11/24/2023 - 12:42 Português
Poesia/Geral “Daqui-a-nada” 20 735 11/24/2023 - 11:17 Português
Ministério da Poesia/Geral Cada passo que dou 0 324 11/24/2023 - 09:27 Português
Ministério da Poesia/Geral Quem sou … 0 288 11/24/2023 - 09:26 Português
Ministério da Poesia/Geral Ricardo Reis 0 69 11/24/2023 - 09:24 Português
Ministério da Poesia/Geral A dança continua 0 208 11/24/2023 - 09:23 Português
Ministério da Poesia/Geral A importância de estar … 0 108 11/24/2023 - 09:17 Português
Ministério da Poesia/Geral Se eu fosse eu 0 103 11/24/2023 - 09:15 Português
Ministério da Poesia/Geral Má Casta 0 229 11/24/2023 - 09:14 Português
Ministério da Poesia/Geral Neruda Passáro 0 150 11/24/2023 - 09:12 Português
Ministério da Poesia/Geral Pouco sei, pouco faço 0 96 11/24/2023 - 09:11 Português
Ministério da Poesia/Geral Do que tenho dito … 0 229 11/24/2023 - 09:09 Português
Ministério da Poesia/Geral Com’um grito 0 124 11/24/2023 - 09:08 Português