CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

No bater de duas asas​ ...

No bater de duas asas

Solto, meu coração não bate certo,
Céleres, soltas as borboletas que haviam nele
Pararam de bater asas duras
Ou sou eu que não as ouço,
Ando distraído,

Anda distante minha audição,
Sussurras e não entendo,
Nómada ando eu, meu ouvido
Deserto, lamento não ouvir,
Preciso de ser arranjado

Mais lamento não ver nem falar tampouco,
Sonho é um canteiro que separa
Do mundo imaginário o real que é agora
E o estar longe não é cenário
Que se enrola e desdobra ao contrário,

Tal é a minha facilidade de sentir outro lado
No lado de cá onde meu coração não está,
O celeiro das borboletas sem asas,
Celebro a facilidade de sentir o absoluto,
O armistício sem a salva de balas,

No bater de duas asas o voo
E o azul não é cor nem é dor,
Solto, meu coração; já disse
-Não bate certo – precisa de ser amarrado,
Antes que o roube de mim, a morte e a derrota.

Jorge Santos 06/2018
http://namastibetpoems.blogspot.com

Submited by

segunda-feira, agosto 6, 2018 - 17:43

Ministério da Poesia :

Your rating: None Average: 5 (1 vote)

Joel

imagem de Joel
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 1 semana 3 dias
Membro desde: 12/20/2009
Conteúdos:
Pontos: 40650

Comentários

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Joel

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Geral A Morte não é Bem-Vinda ... 1 117 03/22/2020 - 16:33 Português
Ministério da Poesia/Geral O avesso do espelho... 5 56 03/01/2020 - 21:02 Português
Poesia/Geral O Amor é uma nação em risco, 0 69 03/01/2020 - 20:45 Português
Poesia/Geral A síndrome de Savanah 0 60 03/01/2020 - 20:26 Português
Ministério da Poesia/Geral O Estado da Dúvida 2 96 01/24/2020 - 21:05 Português
Ministério da Poesia/Geral Patchwork... 0 148 01/08/2020 - 14:05 Português
Ministério da Poesia/Geral Vivo do oficio das paixões 0 83 01/08/2020 - 13:55 Português
Ministério da Poesia/Geral Como morre um Rei de palha... 0 83 01/08/2020 - 13:50 Português
Ministério da Poesia/Geral "Sic est vulgus" 0 123 01/08/2020 - 12:47 Português
Ministério da Poesia/Geral Quantos Césares fui eu !!! 0 81 01/08/2020 - 12:40 Português
Ministério da Poesia/Geral Nada se parece comigo 0 102 01/08/2020 - 12:34 Português
Ministério da Poesia/Geral Pedra, tesoura ou papel..."Do que era certo" 0 91 01/08/2020 - 12:27 Português
Ministério da Poesia/Geral Sou "O-Feito-Do-Primeiro-Vidente" 0 71 01/08/2020 - 12:11 Português
Ministério da Poesia/Geral Morri lívido e nu ... 0 108 01/08/2020 - 12:03 Português
Ministério da Poesia/Geral Ladram cães à distância, Mato o "Por-Matar" ... 0 114 01/08/2020 - 11:45 Português
Ministério da Poesia/Geral Excerto “do que era certo” 0 123 01/08/2020 - 11:38 Português
Ministério da Poesia/Geral Rua dos Douradores 30 ... 0 138 01/08/2020 - 11:32 Português
Ministério da Poesia/Geral A Rua ao meu lado ou O Valor do riso... 0 72 01/08/2020 - 11:24 Português
Ministério da Poesia/Geral Absurdo e Sem-Fim… 0 104 01/08/2020 - 11:17 Português
Ministério da Poesia/Geral Sonho sem fim, nem fundo ... 0 100 01/08/2020 - 11:01 Português
Poesia/Geral Da significação aos sonhos ... 0 114 01/08/2020 - 10:54 Português
Poesia/Geral Deus Ex-Machina, “Anima Vili” ... 0 82 01/08/2020 - 10:44 Português
Poesia/Geral Feliz como poucos … 0 105 01/08/2020 - 10:32 Português
Ministério da Poesia/Geral As estrelas, os Estrôncios e os Sonhos. 39 889 11/28/2019 - 12:37 Português
Ministério da Poesia/Geral Dreaming Of A Better World 122 418 11/10/2019 - 19:37 Português