CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

NO JARDIM DOS SENTIMENTOS

Quantos corações a cultivar
Sorrisos que estão florescendo
Amizade sincera a cultivar
Canteiros de sonhos vão nascendo
Carinhos que nascem como jasmim
Olhares apaixonados entre canteiros
Se arranca o ódio a semente ruim
Do amor sincero se faz seleiro
Quantos amores em pétalas coloridas
Saudades em formato de uma flor
Jardim de sentimento perfumam a vida
Dando ao coração mais beleza e cor
Conquistas plantadas entre os espaços
Sementes lançadas ao fértil solo
Cravos que nascem como o abraço
Violetas sensíveis que pedem um colo
Orvalho que pela manhã a rosa dá um beijo
O sol pela tarde brilha apaixonado
Pelas flores radiante de desejo
Vem ao jardim num sorriso iluminado
Entre flores uma brisa envolvente
A noite um sereno que cativa
Faz se ao jardim belo e atraente
Flor sentimental amante e sempre viva
Chove amor para loira morena ou mulata
O beija-flor voa na imensidão
Faz as rosas lindas uma serenata
Se torna o poeta da mais perfeita inspiração


 

Submited by

terça-feira, março 1, 2011 - 20:29

Ministério da Poesia :

No votes yet

VERGINIA CARDOSO

imagem de VERGINIA CARDOSO
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 10 anos 17 semanas
Membro desde: 02/19/2011
Conteúdos:
Pontos: 143

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of VERGINIA CARDOSO

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Ministério da Poesia/Amor NO JARDIM DOS SENTIMENTOS 0 713 03/01/2011 - 20:29 Português
Ministério da Poesia/Geral SERIA APENAS UM BONECO DE BARRO 0 626 02/26/2011 - 17:36 Português
Ministério da Poesia/Geral CHEGARÁ À PRÓXIMA ESTAÇÃO 0 444 02/25/2011 - 23:22 Português
Ministério da Poesia/Amor CHOVE CHUVA DE AMOR 0 1.152 02/25/2011 - 22:00 Português
Poesia/Geral NUMA NOITE DE LUAR 3 754 02/25/2011 - 21:55 Português
Poesia/Geral Um amarelo no infinito 1 587 02/24/2011 - 23:37 Português
Ministério da Poesia/Amor AMAR FAZ BEM 0 602 02/24/2011 - 20:43 Português
Ministério da Poesia/Geral EM MEIO AO TEMPORAL 0 722 02/24/2011 - 20:38 Português
Ministério da Poesia/Geral O ESPETÁCULO DA VIDA 0 478 02/24/2011 - 20:34 Português
Ministério da Poesia/Geral AO DEPARAR COM MEU PRÓPRIO EU 0 456 02/24/2011 - 20:22 Português
Ministério da Poesia/Fantasia O UNIVERSO POÉTICO 0 522 02/24/2011 - 19:41 Português
Ministério da Poesia/Geral UM PEQUENO CRISTAL 0 526 02/23/2011 - 22:37 Português
Ministério da Poesia/Geral A VIDA EM PÁGINAS 0 609 02/23/2011 - 22:32 Português
Ministério da Poesia/Amor AMOR DO TAMANHO DO UNIVERSO 0 740 02/23/2011 - 20:37 Português
Ministério da Poesia/Geral A DESGRAÇA DA CACHAÇA 0 647 02/23/2011 - 20:34 Português
Ministério da Poesia/Geral ANTES QUE EU VÁ 0 407 02/23/2011 - 20:31 Português
Ministério da Poesia/Geral A BEIRA DO CAMINHO 0 516 02/23/2011 - 20:25 Português
Ministério da Poesia/Geral QUERIA APENAS LHE CHAMAR DE PAI 0 508 02/23/2011 - 20:22 Português
Ministério da Poesia/Geral QUEM É AQUELE MENINO 0 613 02/22/2011 - 17:35 Português
Ministério da Poesia/Geral ACORDA-TE PARA AVIDA 0 864 02/22/2011 - 14:17 Português
Ministério da Poesia/Amor NAS TELAS DO CORAÇÃO 0 463 02/22/2011 - 14:08 Português
Ministério da Poesia/Amor NAS TELAS DO CORAÇÃO 0 520 02/22/2011 - 14:08 Português
Ministério da Poesia/Geral NA PASSARELA DA VIDA 0 682 02/21/2011 - 20:04 Português
Ministério da Poesia/Amor AMOR A MEDIDA CERTA AO CORAÇÃO 0 616 02/21/2011 - 19:57 Português
Ministério da Poesia/Geral MATEMÁTICA DE DEUS 0 489 02/21/2011 - 18:58 Português