CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Sou um homem complicado…

 

Sou um homem complicado, pondo
De lado a saudade do que queria,
Escondo o que penso da abdicação
E o que quero é um santo remédio,
Que dê combate ao absurdo que sou

E queria para deixar de existir o que
Quero por encanto e enquanto falar
A saudade tão alto que não haja
Maneira de ouvir não pensar, se quero

O impossível que continuo a querer
Por teimosia e nao por bom senso
Ou a incapacidade de ter saudade de tudo,
Pois sinto saudade do sorriso, pondo

De lado a razão, com que não lido,luto…
Sou um homem complicado, ponto,
Como se não fosse a consciência alheia
Oscilante e variável por direito cível

E alienável a condição de fazedora
De espelhos e fantasma de laboratório
Queria para deixar de existir, o processo
De ser Deus trazido pra escrita,

Quem sabe a minha vinda depois de viver,
Explicando tão concreta porém abstracta, tinta…

Jorge Santos (03/09/2015)
http://namastibetpoems.blogspot.com

Submited by

sexta-feira, fevereiro 23, 2018 - 12:09

Ministério da Poesia :

Your rating: None Average: 5 (1 vote)

Joel

imagem de Joel
Online
Título: Membro
Última vez online: há 18 minutos 22 segundos
Membro desde: 12/20/2009
Conteúdos:
Pontos: 40615

Comentários

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Joel

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Ministério da Poesia/Geral O Gebo e o Sonho. 10 152 03/21/2018 - 18:08 Português
Ministério da Poesia/Geral Noção de tudo ser menor que nada 10 355 03/21/2018 - 18:02 Português
Ministério da Poesia/Geral O ruído da rua… 10 100 03/21/2018 - 18:00 Português
Ministério da Poesia/Geral O resto do monólogo… não irias entende-lo 10 152 03/21/2018 - 17:58 Português
Ministério da Poesia/Geral No espaço entre o “desrumo” e a senda 10 153 03/21/2018 - 17:48 Português
Ministério da Poesia/Geral Não é Fácil… 10 132 03/21/2018 - 17:45 Português
Ministério da Poesia/Geral O Futuro 10 129 03/21/2018 - 17:43 Português
Ministério da Poesia/Geral Homem Anão. 10 136 03/21/2018 - 17:41 Português
Ministério da Poesia/Geral Não tenho medo de morrer agora 10 97 03/21/2018 - 17:29 Português
Ministério da Poesia/Geral Quando eu… 10 414 03/21/2018 - 17:24 Português
Ministério da Poesia/Geral Definição de esperança… 10 182 03/21/2018 - 17:22 Português
Ministério da Poesia/Geral Não sei que vida… 10 83 03/21/2018 - 17:18 Português
Ministério da Poesia/Geral Ao menos que sobre o D’antes… 10 234 03/21/2018 - 17:16 Português
Ministério da Poesia/Geral Nem sei que vento… 10 136 03/21/2018 - 17:14 Português
Ministério da Poesia/Amor xtrangeiro 10 1.230 03/21/2018 - 17:12 Português
Ministério da Poesia/Aforismo fiel 10 1.634 03/21/2018 - 17:10 Português
Ministério da Poesia/Aforismo Ver de 10 1.426 03/21/2018 - 17:08 Português
Poesia/Geral Quando olho não me conheço… 10 358 03/21/2018 - 17:01 Português
Ministério da Poesia/Geral Deus que Acabe com isto tudo 10 236 03/21/2018 - 16:59 Português
Ministério da Poesia/Aforismo Expiração 10 1.191 03/21/2018 - 16:54 Português
Ministério da Poesia/Geral maré minga 10 1.486 03/21/2018 - 16:52 Português
Ministério da Poesia/Geral O meu pensamento é uma cidade fantasma, 10 165 03/21/2018 - 16:47 Português
Ministério da Poesia/Geral Talvez o sonho do mar seja o meu pensamento. 10 309 03/21/2018 - 16:45 Português
Ministério da Poesia/Geral Pudesse eu… 10 159 03/21/2018 - 16:43 Português
Ministério da Poesia/Geral Não sei se meu… 10 227 03/21/2018 - 16:41 Português